Menu
2019-04-04T13:57:19+00:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Hoje não

Paulo Guedes cancela participação na CCJ da Câmara nesta terça-feira

Em nota, Ministério da Economia afirma que participação do ministro na comissão será mais produtiva a partir da definição do relator. Agenda é atualizada e Guedes participa do Conselho de Governo no Planalto

26 de março de 2019
11:49 - atualizado às 13:57
paulo-guedes
Paulo Guedes - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A esperada participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados ficou para outro dia. Guedes iria ter com os deputados às 14 horas desta terça-feira.

Em nota, o Ministério da Economia, afirma que “a ida do ministro da Economia à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator”.

A escolha do relator está a cargo do presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini (PSL-PR). Acontece que na semana passada, Francischini teria dito que só anunciaria o relator depois que Guedes comparecesse à comissão.

Ontem, o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, disse que Francischini teria garantido a escolha no nome para esta semana. Se isso de fato ocorrer, Guedes pode ir à CCJ na semana que vem.

Ainda de acordo com a nota do Ministério da Economia, “a equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estará à disposição para representar o ministro Paulo Guedes” na sessão de hoje da CCJ. A agenda oficial do ministro foi atualizada e ele participa, às 14h30, da 8° reunião do Conselho de Governo no Planalto, que reúne o presidente Jair Bolsonaro e seus ministros.

A desistência de Guedes deve gerar repercussão política negativa e abrir espaço para parlamentares da base e da oposição intensificarem as reclamações sobre a fraca interlocução do governo no Congresso.

A desistência também acontece menos de 24 hores depois de o porta-voz da Presidência anunciar que Bolsonaro iria buscar a paz na relação com o Congresso por meio da interlocução.

Para a quarta-feira, está prevista a participação de Guedes em sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, para tratar do endividamento dos Estados. Agenda ainda não oficialmente confirmada.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

expectativa

Consumidores esperam inflação de 5,4% em 12 meses a partir de maio, diz FGV

Fundação diz que, considerando-se o diferencial histórico entre as previsões dos consumidores e da inflação medida pelo IPCA, por exemplo, os números ainda compatíveis com uma inflação oficial na meta

vai aliviar

China anuncia corte de impostos para fabricantes de microchips

Medida visa ajudar setor em um momento de pressão dos Estados Unidos nas negociações comerciais

Botando os pontos nos is

Governo Bolsonaro altera Decreto de Armas após polêmica com fuzis

Decisão veio após a fabricante de armas Taurus divulgar que o decreto assinado pelo presidente dava margem para que pessoas comuns adquirissem o fuzil T4

vem modernização por aí

Scania fará novo aporte de R$ 1,4 bi na fábrica do ABC

Maior parte do novo montante será aplicada na modernização da fábrica – que no ano passado já foi totalmente remodelada – e na produção de veículos movidos a combustíveis alternativos

A agenda segue

Câmara desiste de esperar governo e avança com reforma tributária própria

Felipe Francischini convocou a votação para as 14h e espera liquidar o assunto ainda esta semana para deixar o caminho livre para o próximo estágio

Paciência zero

Maia diz que não aceitará ataques do executivo contra legislativo

Maia teve acesso a um material compartilhado pelo líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo, em um grupo do Whatsapp. A charge compartilhada associava a negociação do governo com o Congresso a sacos de dinheiro

tá (quase) liberado

Câmara aprova MP que autoriza investimento até 100% estrangeiro em aéreas

Medida volta com a franquia mínima de bagagem que pode ser despachada gratuitamente; texto deve ser analisado pelo Senado e votada nesta quarta-feira, 22

deu ruim

Maia rompe com líder do governo na Câmara após mensagem por WhatsApp

O presidente da Câmara criticou abertamente o líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo no final de uma reunião do colégio de líderes de partidos nesta terça-feira, 21.

dilema

Pode ser preciso cortar juros para cumprir meta de inflação, diz dirigente do Fed

James Bullard disse que a instituição pode considerar formas de recentralizar a inflação e as expectativas de inflação na meta de 2%

A Bula do Mercado

Mercado aposta em agenda positiva

Votação de medidas na Câmara cria um sentimento positivo em torno do andamento da reforma da Previdência

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements