Menu
2019-06-06T08:39:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
tem espaço pra mais

Mais um unicórnio: brasileira Loggi confirma aporte de US$ 150 mi e agora é avaliada em US$ 1 bi

Ao contrário de outras iniciativas do mesmo setor, como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da empresa são envios de documentos e comércio eletrônico

6 de junho de 2019
8:36 - atualizado às 8:39
loggi
Ao contrário de empresas como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da Loggi são envios de documentos e comércio eletrônico. - Imagem: Loggi/ Divulgação/ Instagram

O setor de entregas vai tão bem no País que vem dele o mais novo unicórnio. A startup Loggi confirmou ter recebido uma nova rodada de investimentos de US$ 150 milhões, liderada pela SoftBank e pela Microsoft.

Com o aporte, a empresa passou a ser avaliada por fundos estrangeiros (como GGV, Fifth Wall e Velt Partners, também participaram da rodada de investimentos) em US$ 1 bilhão. 

Ao contrário de empresas como iFood e Rappi, que voltam sua operação a entregas expressas, o forte da Loggi são envios de documentos e comércio eletrônico. A empresa atua também na entrega de refeições com parceiros específicos, como McDonald’s, por exemplo, numa área menor.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Os recursos, segundo a startup, serão utilizados para desenvolver o time de pesquisa e desenvolvimento da Loggi. Em comunicado, a empresa diz que pretende montar uma equipe com mais de mil funcionários na área de tecnologia - em especial, em inteligência artificial e robótica.

Ao todo, hoje a startup tem cerca de 700 pessoas. Num futuro próximo, almeja chegar a 1,5 mil.

Entrega no dia seguinte

Outro objetivo da empresa é promover, para todo o território brasileiro, o que chama de "entrega no dia seguinte" - o usuário faz uma compra pela internet em um dia e recebe o produto no próximo.

Hoje, a empresa faz 100 mil entregas diárias no País, único mercado no qual atua - em 2017, realizava metade disso. Nos próximos cinco anos, a meta é de chegar a até 5 milhões de entregas diárias.

Atualmente, a Loggi consegue enviar entregas a partir de 23 cidades ou macrorregiões brasileiras, com 25 mil entregadores espalhados pelo País.

Sexta vez é ainda melhor?

ALoggi já levantou seis rodadas de aportes, cuja soma chega a US$ 295 milhões. Entre os investidores da empresa, há ainda fundos como Monashees, Kaszek Ventures e Qualcomm Ventures.

Em outubro, o Vision Fund, também liderado pelo grupo japonês, aportou US$ 100 milhões na startup brasileira. Foi o primeiro investimento da japonesa no País, antes de iniciar o Innovation Fund, que vai aportar US$ 5 bilhões em startups latinas nos próximos anos.

A reportagem do jornal Estadão informa que procurou pela SoftBank, que não comentou o novo investimento.

Sem surpresas

Para o empreendedor Felipe Matos, autor do livro 10 Mil Startups, o movimento não surpreende - estudos recentes, como o realizado pelo Distrito Fintech, já apontavam a empresa como potencial unicórnio.

"É algo que demonstra a força do uso de tecnologia no setor de entregas no Brasil, que ainda tem muito o que crescer", diz Matos.

O especialista lembra que a empresa é o terceiro unicórnio que surge do setor - o iFood e o Rappi, que é colombiano,  também ocupam espaço das entregas.

Na visão de Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), o investimento mostra que o setor de entregas "está longe de estar saturado" e que a "era dos unicórnios no Brasil só começou".

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Mercados hoje

Exterior animado embala alta do Ibovespa na abertura; dólar vai a R$ 4,08

Mercados internacionais estão otimistas com o andamento das negociações entre Estados Unidos e China e a vitória do partido Conservador no Reino Unido

em são paulo

Natura conclui maior instalação de painéis solares orgânicos

Foram colocados 1.580 painéis numa área de aproximadamente 1.800 metros quadrados, capazes de gerar 201 KWh por dia, segundo a companhia

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

impasse

China ainda não confirmou acordo comercial com EUA

Comunicado mostra imprevisibilidade de um processo de negociação que abala os mercados financeiros mundiais desde meados do ano passado

melhora no indicador

‘Prévia’ do PIB avança 0,17% em outubro

IBC-Br considera a trajetória das variáveis da agropecuária, indústria e serviços, além de impostos sobre produtos

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

No radar: 33º recorde na bolsa e fraude na Via Varejo

O Ibovespa bateu seu 33º recorde neste ano ontem e o dólar fechou abaixo de R$ 4,10. Entre as empresas o destaque é a Via Varejo, que deixou todo mundo de cabelo em pé ao confirmar uma fraude bilionária. Combina bem com o clima de sexta-feira 13. O que você precisa saber hoje: Mercados • O […]

Hora de dar tchau

BNDES avalia vender sua fatia na Petrobras em oferta que pode chegar a R$ 24 bi

Intenção do banco é vender toda a fatia que detém hoje da petroleira, ou seja, 10% do total de ações ordinárias emitidas pela Petrobras via oferta pública de ações

avanço no paraná

Ânima compra UniCuritiba por R$ 130 milhões

Dono de conceito máximo do MEC (nota 5) e prestes a completar 70 anos de história, o UniCuritiba é a quinta maior instituição privada da região Sul

voltando atrás

Sob pressão, relator propõe reduzir fundo eleitoral para R$ 2 bilhões

Comissão Mista do Orçamento, formada por deputados e senadores, aprovou na semana passada relatório de Domingos Neto que prevê R$ 3,8 bilhões para o fundo usado para financiar as campanhas eleitorais

Novidades no setor

Ford pode investir R$ 1,4 bi na Bahia, afirma sindicato

Segundo o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, o que o presidente da Ford América do Sul, Lylle Watters, pediu na semana passada, em reunião com os trabalhadores, “é a precarização da mão de obra”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements