Menu
2019-06-07T18:55:15+00:00
Pibinho de novo?

Itaú e Bradesco pioram projeção do PIB no 1º trimestre após dado industrial

Bancos também demonstraram temores com relação ao dinamismo da atividade econômica no segundo trimestre

3 de maio de 2019
16:39 - atualizado às 18:55
Gráfico de barras
Dados da indústria desanimaram os analistas do Itaú e do Bradesco - Imagem: Shutterstock

Após a queda da produção industrial em março, os dois maiores bancos privados do País - Bradesco e Itaú Unibanco - pioraram suas análises em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre.

Além disso, há temores com relação ao dinamismo da atividade econômica no segundo trimestre. O PIB do primeiro trimestre será divulgado no dia 30 deste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Itaú Unibanco foi mais assertivo quanto à estimativa para o PIB do primeiro trimestre. A projeção para o período de janeiro a março saiu de baixa de 0,1% para retração de 0,2%. A queda, se confirmada, será a primeira após oito trimestres de crescimento.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

O banco observa que o declínio de 1,3% da produção industrial de março na margem veio pior que o esperado (-0,7%), ressaltando que o movimento foi disseminado entre os componentes, sendo que somente nove das 26 atividades econômicas apresentaram alta no mês.

"Os primeiros indicadores coincidentes (confiança da indústria, utilização da capacidade instalada, dados semanais de comércio exterior, entre outros) sinalizam recuo de 0,5% da produção industrial em abril (variação mensal dessazonalizada). Nossa projeção para o PIB do primeiro trimestre aponta para queda de 0,2% na comparação trimestral dessazonalizada", dizem em nota os economistas do Itaú Luka Barbosa e Alexandre Gomes da Cunha.

Conforme o Bradesco, a queda da produção industrial em março, de 1,3% na margem, foi bem superior à esperada. "Com isso, a nossa estimativa de variação do PIB de -0,1% no primeiro trimestre tem um viés baixista", admite em relatório.

De acordo com o Bradesco, a indústria segue com pouco dinamismo, com o nível de produção próximo ao verificado em 2017.

"Adicionalmente, os indicadores coincidentes de abril disponíveis até o momento e a moderação do mercado de trabalho indicam que, por ora, a transição do primeiro para o segundo trimestre está ocorrendo em velocidade aquém da esperada."

A queda de 1,3% da produção industrial veio igual o piso das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast, bem como o recuo de 6,10% na comparação com março de 2018.

Ano

Apesar da visão negativa em relação às projeções para o PIB do primeiro trimestre, tanto o Itaú Unibanco quanto o Bradesco não alteraram por enquanto as estimativas para o dado fechado do ano. No Itaú, a expectativa para o PIB de 2019 continua sendo de alta de 1,3% e, no Bradesco, a previsão permanece em 1,9%, por ora.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

sem passagem de volta

Petrobrás e Uruguai firmam acordo sobre distribuidoras de gás

Estado uruguaio assumirá as operações da Conecta S.A. e a Distribuidora de Gas de Montevideo

a bula do mercado

Expectativa com Livro Bege deve manter ativos locais à deriva

Fed divulgará o documento às 15h

a volta por cima?

Oi quer ser uma empresa de fibra

Em recuperação judicial e com dívidas bilionárias, operadora dá uma guinada na sua estratégia e indica que pode vender seu negócio de telefonia móvel 

Será que volta?

Maia pede apoio de governadores a PEC para reinclusão de Estados na Previdência

“A gente vai precisar que o PT, PSB, PDT, PCdoB possam ajudar a aprovar a PEC paralela, senão vai acabar tendo obstrução de alguns pelos mesmos motivos que nós tivemos que tirar Estados e municípios da PEC da Previdência encaminhada pelo governo”, afirmou Maia

Seu Dinheiro na sua noite

Como será o amanhã?

Responda quem puder. Aliás, todas as suas decisões de investimento deveriam ter essa pergunta em mente. É com base no que será o amanhã, ou na ideia de cada um sobre o amanhã, que funciona o tal mercado financeiro. Bola de cristal, jogo de búzios, cartomante… Na canção que ficou famosa na voz da Simone, […]

De olhos bem abertos

CVM alerta que Robô Investe, página que possui mais de 22 mil seguidores no Facebook, possui atuação irregular

A comissão disse que recebeu uma série de denúncias em seu serviço de atendimento ao cidadão e verificou indícios de que os envolvidos vêm oferecendo serviço de análise de valores mobiliários

Colocando de volta?

Alcolumbre defende inclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência

“Nesse caso, se o relator da matéria, o senador Tasso, tem o desejo de incluir, se é o sentimento do Senado como Casa da Federação, eu espero que o Senado possa debater e incluir Estados e municípios na nova Previdência”, disse o presidente do Senado

DE OLHO NO GRÁFICO

Sinal amarelo no S&P, o futuro do Ibovespa e 14 ações

No vídeo de hoje, Fausto Botelho analisa o futuro dos papéis de B3, Banco do Brasil, Iguatemi, Itaúsa, Itaú Unibanco, Klabin, Kroton, Minerva, Odontoprev, Petrobras, Santander, Ultrapar e mais

Uma das cartas mais esperadas do mercado

Gestora SPX projeta corte no próximo Copom e acredita que Selic pode chegar a 5% ao ano

Apesar de estar mais positiva com Brasil, a carta fez ressalvas sobre o enfraquecimento das economias mundiais e disse para tomarmos cuidado com os “leões e o dragão” que estão à solta no mercado

Banco de serviços

Presidente do BNDES pede dois meses para explicar caixa-preta

Gustavo Montezano também esclareceu que BNDES vai acelerar venda de participações em empresas neste ano, mas que não tem um número para dar. Carteira soma R$ 110 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements