Menu
2018-09-24T08:01:53+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Mercados

Cardápio dos mercados serve (de novo) pesquisa eleitoral e tensão EUA-China

Pesquisa mostra Haddad consolidado em segundo lugar e Bolsonaro na frente. Lá fora, segue a tensão comercial entre EUA e China

24 de setembro de 2018
7:53 - atualizado às 8:01
cardápio
No menu de hoje, pesquisa FSB/BTG traz subida de HaddadImagem: Shutterstock.com

A semana do investidor começa com um cardápio requentado - o mesmo que tem provocado indigestão nas últimas semanas. Os mercados devem reagir à divulgação de uma nova pesquisa eleitoral e ao avanço das tensões comerciais entre Estados Unidos e China.

O levantamento do Instituto FSB encomendado pelo BTG Pactual consolidou o petista Fernando Haddad na segunda colocação da corrida presidencial, com 23% das intenções de voto, alta de sete pontos percentuais em relação ao levantamento da semana passada. Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança com 33%, mas parou de crescer e ficou com o mesmo percentual da pesquisa anterior.

Ciro Gomes (PDT), que estava empatado tecnicamente com Haddad, caiu de 14% para 10%.  O candidato agora está empatado tecnicamente com Geraldo Alckmin (PSDB), que subiu dois pontos, de 6% para 8%.

O avanço de Haddad pode provocar certa tensão, mas nos últimos dias os investidores parecem ter se conformado com o cenário de polarização nas eleições. Na semana passada, o Ibovespa, principal índice da B3, teve alta de 5,32%, enquanto que o dólar recuou 2,75% e fechou a R$ 4,05 na sexta-feira.

Resta saber se o cenário internacional vai colaborar. Entra em vigor hoje a nova rodada de tarifas comerciais entre Estados Unidos e China. As novas tarifas dos EUA entram em vigor nesta segunda-feira, contra US$ 200 bilhões em produtos chineses. No mesmo dia, começa a vigorar a retaliação chinesa contra US$ 60 bilhões em produtos dos EUA.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Gestoras

JGP segue comprada em bolsa enquanto acompanha guerra de narrativas

Gestora discute tese de que a manufatura e o comércio global estão próximos ao fundo do poço e prestes a se recuperar

Mudança de coleção

Dona da Le Lis Blanc e Dudalina, a Restoque tenta pôr ordem na casa. O mercado está cético

Em meio a um processo de mudança de estratégia, a Restoque reportou mais um conjunto de resultados trimestrais desanimadores, o que faz suas ações chegarem às mínimas em três anos

Mudanças à vista

Desoneração da cesta básica vai acabar, diz Tostes Neto

Para compensar o gasto com tributo, o governo deve devolver dinheiro aos mais pobres como adicional aos programas sociais

Briga de gigantes

Softbank planeja criar rival japonesa para competir com gigantes como Google e Amazon

O grupo anunciou acordo para a fusão de uma de suas subsidiárias conhecida como Yahoo Japan com a empresa Line Corp. Com isso, as duas companhias podem criar mais um “super app”

olho na reforma tributária

Governo confirma que quer tributar dividendos

Plano faz parte do projeto de reduzir imposto de empresas e elevar sobre as Pessoas Físicas; deve entrar em fases posteriores da reforma tributária

pacote de medidas

Governo enviará ao Congresso proposta de reforma com imposto sobre consumo

Roteiro traçado pelo ministério prevê o envio da reforma ao Congresso em quatro etapas, que devem começar ainda em novembro e se estender até meados de 2020

com o caixa cheio

Neon recebe investimento de R$ 400 milhões do Banco Votorantim e do fundo General Atlantic

Recursos devem acelerar o crescimento da empresa e aumentar a densidade da marca nas capitais fora do eixo Rio-São Paulo

Bancos

Ação do Banco do Brasil é a preferida do Santander no setor

Em relatório sobre perspectivas para 2020, Santander lista os bancos que devem se beneficiar dentro de um cenário de recuperação da atividade

rumo ao topo?

TikTok chega a 1,5 bilhão de downloads – no ano, é o único entre os 5 mais baixados que não pertence ao Facebook

Rede social fundada pela startup chinesa ByteDance segue firme em sua popularização, impulsionada pelo mercado na Índia

Planos futuros

Em entrevista, relator admite que PEC emergencial deve ficar para o ano que vem

Parlamentar quer ainda que, quando haja superávit primário, o funcionalismo ganhe um bônus salarial equivalente a 5% dessa economia extra

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements