Menu
2019-07-22T09:02:06+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
a bula do mercado

Mercado inicia semana sem drivers claros

Expectativa com BCE e ameaça de greve de caminhoneiros no radar

22 de julho de 2019
6:37 - atualizado às 9:02
selo bula do mercado
Imagem: Seu Dinheiro

Os ativos financeiros locais iniciam a semana sem drivers claros da direção a ser tomada em um momento de grande expectativa de investidores do mundo todo, especialmente com a proximidade das reuniões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), do Federal Reserve dos Estados Unidos (Fed) e do Banco Central do Brasil (BCB).

A decisão do BCE será conhecida ainda esta semana, mas as reuniões de política monetária do Fed e do BCB estão marcadas para a semana que vem, o que tende a manter os agentes do mercado financeiro em compasso de espera.

A expectativa é de que o BCE sinalize um corte de juro para setembro, mas declarações recentes de diretores do banco central da zona do euro deixaram aberta a porta para que algum alívio monetário seja anunciado já ao término da reunião desta semana.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Investidores ajustam posições

Enquanto os cortes esperados pelos principais bancos centrais do mundo não se concretizam, os investidores ajustam suas posições. As bolsas de valores asiáticas fecharam em queda generalizada hoje, ainda repercutindo o sinal negativo da sexta-feira em Wall Street, que também afetou o Ibovespa.

Na Europa, porém, os principais índices de ações abriram a semana com oscilações discretas, mas todos no azul, enquanto os índices futuros de Nova York também sinalizavam altas modestas.

Antes da abertura dos mercados por aqui, a pesquisa semanal Focus do Banco Central traz a expectativa de novas revisões nas estimativas do mercado para a inflação, o PIB e a taxa Selic. Nos Estados Unidos, o índice de atividade nacional do Fed regional de Chicago referente a junho também tem o potencial de orientar os primeiros movimentos dos mercados nesta segunda-feira.

Também é preciso ficar atento ao prosseguimento da temporada de balanços trimestrais em um momento no qual a política de guerra comercial de Donald Trump contra os principais parceiros comerciais dos EUA começa a cobrar a conta nos resultados financeiros de diversas companhias.

Por aqui, os ativos seguem à mercê da expectativa em torno de possíveis novidades referentes ao saque de contas ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Um anúncio sobre a medida foi adiado para algum momento desta semana em meio a pressões de empresários do setor de construção, uma vez que, da maneira como foi antecipada, a liberação do FGTS drenaria recursos do mercado de habitação, afetando principalmente o financiamento de obras do programa Minha Casa, Minha Vida. As ações das empresas de construção registram quedas acentuadas desde que a informação veio à tona.

Caminhoneiros ameaçam greve por tabela de frete

Mais iminente, no entanto, é a ameaça de uma nova greve de caminhoneiros no início desta semana em meio ao descontentamento com a tabela do frete divulgada no fim da semana passada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O preço do frete mínimo para o transporte rodoviário ficou muito abaixo do que esperavam os caminhoneiros.

Lembrando que os reflexos da paralisação de caminhoneiros entre maio e junho do ano passado só recentemente começaram a desaparecer da lista de justificativas para o fraco desempenho da economia no decorrer do último ano.

Enquanto isso, diante da escassez de notícias sobre a reforma da previdência por causa do recesso parlamentar, é prudente monitorar a repercussão negativa de uma série de disparates de autoria do presidente Jair Bolsonaro antes e durante uma entrevista para correspondentes estrangeiros no Brasil na última sexta-feira.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Posição gerou polêmica

Presidente da CCJ da Câmara diz que vai pautar PEC da regra de ouro na quarta-feira

Decisão atropela um entendimento feito entre Maia e a equipe econômica de esperar a proposta do governo para avançar na discussão no Parlamento

Seu Dinheiro na sua noite

A pergunta que não quer calar

Como jornalista, estou acostumado a fazer perguntas, mas de vez em quando me vejo em uma situação em que sou obrigado a respondê-las. Na sexta-feira à noite fui a Santos fazer uma palestra na faculdade onde estudei sobre a profissão e os livros que escrevi, inclusive o primeiro deles – que surgiu do meu trabalho […]

Paralelo à reforma principal

Presidente da comissão especial na Câmara quer votar reforma da Previdência dos militares nesta semana

Na reunião de terça-feira, marcada para as 14h, deve ser iniciada a discussão que antecede a votação

Amigos, amigos...

OCDE diz que Brasil já é um parceiro-chave da OCDE, que já está perto da organização

Diretor para a América Latina na Organização diz que o Brasil se destaca em pesquisas no sentido de competitividade global

vestuário na bolsa

IPO da C&A: começa hoje a reserva de ações da varejista

Faixa de preço dos papéis — que serão negociados sob o código CEAB3 — ficará entre R$ 16,50 e R$ 20,00; montante mínimo a ser solicitado é de R$ 3 mil

Saiu perdendo

Firjan diz que mudança nos royalties pode trazer perda de R$ 30 bilhões em 4 anos ao Rio de Janeiro

O Estado, maior produtor brasileiro de petróleo e gás natural do Brasil (60% do total), perderia R$ 6,4 bilhões por ano

Me segue!

Ex-ministro da Fazenda, Meirelles diz que grande mérito do atual governo é manter diretrizes econômicas de Temer, mas aponta erros

Secretário da Fazenda paulista afirmou que muitos dos pontos da MP da Liberdade Econômica foram traçados durante sua gestão no Ministério da Fazenda

admirável mundo novo

Economia digital vira gargalo para tributação

Na era dos aplicativos de serviços, impressoras 3D, robôs, moedas virtuais e marketplaces, o sistema tributário ficou obsoleto e tem tirado o sono do Fisco

mudança de cenário

Com queda nos juros, busca por crédito tem o maior crescimento em 9 anos

Desde janeiro, o aumento do número de pessoas que buscaram crédito foi de 10,3%, em relação a igual período do ano passado, segundo a Serasa Experian

dia de otimismo

Ações do Banco Inter sobem forte após possível parceria com Uber

No mês, as units ainda acumulam queda de 7%; segundo a Coluna Broadcast, conversas envolveriam a entrega pela empresa brasileira de estrutura para que a Uber possa oferecer serviços bancários

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements