🔴 [TESTE GRÁTIS] 30 DIAS DE ACESSO A SÉRIE RENDA IMOBILIÁRIA – LIBERE AQUI

Ricardo Gozzi
ESQUENTA DOS MERCADOS

Somente uma catástrofe desvia o Ibovespa de acumular alta na semana; veja o que pode atrapalhar essa perspectiva

Ibovespa acumula alta de pouco mais de 2,5% na semana; repercussão de relatório da Petrobras e desempenho de ações de tecnologia em Wall Street estão no radar

chuva, arco-íris
Ibovespa vislumbra réstia de céu azul em momento de instabilidade na bolsa. Imagem: Shutterstock

O Ibovespa caminha para encerrar a semana em alta, vislumbrando uma réstia de céu azul em um momento de grande instabilidade nas bolsas de todo o mundo.

Depois de ter fechado em alta de 0,65% na véspera, o Ibovespa acumula alta de pouco mais de 2,5% na semana.

Em uma sexta-feira sem grandes catalisadores previstos, somente algo muito bombástico será capaz de desviar o principal índice da bolsa brasileira de encerrar a semana no azul.

No cenário local, não há indicadores econômicos relevantes previstos e a temporada de balanços corporativos vai começar a ganhar ritmo apenas na semana que vem.

Ibovespa repercute hoje os dados de produção da Petrobras

A Petrobras (PETR3; PETR4) ultimamente não dá sossego. A companhia divulgou ontem seu relatório de produção referente ao segundo trimestre.

E o resultado não foi bom. A produção caiu tanto na comparação com o mesmo período do ano passado quanto em relação ao primeiro trimestre de 2022.

Como o mercado já estava fechado quando o relatório veio à tona, a expectativa é de que os investidores repercutam o resultado apenas na sessão de hoje.

Por se tratar de um peso-pesado do Ibovespa, uma turbulência no setor não está descartada. Algum contrapeso pode ser interposto pela leve alta observada nas cotações internacionais do petróleo.

Bolsas estrangeiras não ajudam hoje

No que depender do humor dos investidores estrangeiros, o Ibovespa anda de lado hoje.

Na Europa, as bolsas de valores operam em leve alta apesar de as prévias dos índices de gerentes de compra nos países da região sinalizarem uma queda da atividade econômica em julho.

O movimento mantém em segundo plano os riscos de recessão depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter iniciado ontem seu primeiro ciclo de aperto monetário desde 2011.

Enquanto isso, os índices futuros de Wall Street sinalizam abertura em queda. O movimento é mais acentuado no Nasdaq, pressionado pelo resultado trimestral de Snap.

A empresa reportou queda nas receitas com anúncios digitais, sinalizou corte de custos e não divulgou projeções financeiras.

Como resultado, a ação da Snap caía quase 30% no pré-mercado na manhã de hoje em Nova York.

Convenções partidárias avançam no fim de semana

No campo político, com o Congresso Nacional em recesso, os olhos se voltam para as convenções partidárias.

Ciro Gomes (PDT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já tiveram suas candidaturas homologadas por seus respectivos partidos.

No sábado, será a vez de o Avante oficializar a candidatura de André Janones à presidência.

A confirmação da candidatura do presidente Jair Bolsonaro pelo PL está marcada para o domingo.

Agenda econômica

Exterior

  • Zona do euro: PMIs de serviços e industrial em julho (5h)
  • EUA: prévia do PMI de serviços em julho (10h45)

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies