O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-21T13:04:12-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
MERCADOS HOJE

Bolsas no exterior operam em alta com balanços melhores que o esperado; feriado no Brasil mantém mercados fechados

Investidores também digerem inflação na zona do euro e número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA

21 de abril de 2022
11:54 - atualizado às 13:04
Selo de mercados que mostra um Touro e indica a alta do Ibovespa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

As bolsas americanas abriram em alta nesta quinta-feira (21), impulsionadas por balanços corporativos melhores que o esperado divulgados nesta manhã, antes da abertura dos negócios.

Pouco depois de meio-dia (horário de Brasília), porém, os índices de Nova York passaram a perder força, e o Nasdaq virou para o negativo. Por volta das 13h, o Dow Jones subia 0,25%, o S&P 500 operava perto da estabilidade, e o Nasdaq perdia 0,33%.

Os mercados brasileiros permanecem fechados hoje em razão do feriado de Tiradentes, mas reabrem amanhã.

Na Europa, as bolsas também seguiram uma toada em geral positiva, com o índice pan-europeu Stoxx 600 fechando em alta de 0,32%.

Por lá, balanços corporativos melhores que o esperado também impulsionaram as ações. O continente ainda teve que digerir dados de inflação elevados, atento aos desdobramentos da guerra da Ucrânia.

Na Ásia, as bolsas fecharam sem sinal único, com fortes perdas na China, onde o novo surto de covid-19 paralisou negócios e motivou novas medidas de restrição à circulação de pessoas. Investidores estão preocupados com a relutância do gigante asiático em adotar medidas de estímulos mais agressivas.

Inflação na Europa bate recorde, mas fica abaixo da prévia

O CPI da zona do euro, índice de preços ao consumidor, bateu a máxima histórica de 7,4% em março, superando o recorde anterior de 5,9% em fevereiro.

Mesmo assim, ficou abaixo da leitura preliminar e da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que era de 7,5%. O avanço mensal e a alta do núcleo da inflação também vieram abaixo das estimativas.

A inflação elevada intensifica as pressões sobre o Banco Central Europeu (BCE) para elevar as taxas de juros. A meta de inflação da zona do euro é de 2%.

Número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA recua

Nos Estados Unidos, o número de pedidos de auxílio-desemprego caiu 2 mil na semana, para 184 mil, mas ainda ficou acima da estimativa dos analistas consultados pelo The Wall Street journal, de 182 mil.

Balanços animam bolsas no exterior

A AT&T teve lucro líquido de US$ 5,16 bilhões no primeiro trimestre de 2022, uma queda de 35% ante o mesmo período do ano passado. Porém, o lucro líquido ajustado por ação ficou em US$ 0,77, bem acima da projeção de US$ 0,62 de analistas consultados pela FactSet, o que impulsionou a ação. Há pouco, subia 3,63%.

Já a American Airlines teve um prejuízo líquido de US$ 1,64 bilhão, superando a perda de US$ 1,25 bilhão de igual período do ano passado. Porém, o prejuízo ajustado por ação veio em US$ 2,32, menor do que a perda ajustada de US$ 2,39 por ação prevista pelos analistas consultados pela FactSet.

Além disso, a receita da empresa deu um salto anual de 122% no trimestre, a US$ 8,9 bilhões, superando levemente o consenso da FactSet, de US$ 8,79 bilhões. Há pouco, a ação da aérea subia 5,17%.

Já a Tesla permanece em alta após os números fortes divulgados ontem. Há pouco, os papéis da montadora de carros elétricos do bilionário Elon Musk avançavam 6,56%.

Na Europa, Nestlé, Akzo Nobel e Saipem apresentaram números melhores que o esperado e viram suas ações subirem. Já a Anglo American sofreu um tombo de 8,83% em suas ações após a divulgação de números operacionais fracos.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

CVM recua e libera distribuição de dividendos do fundo imobiliário Maxi Renda FII (MXRF11) com base no ‘lucro caixa’ — relembre o caso

A xerife do mercado de capitais reconheceu “a existência de obscuridade e contradição” na decisão original

Superou o trauma? Bitcoin (BTC) segue no patamar de US$ 30 mil; saiba se a maior criptomoeda do mundo sustentará esse nível

BTC terá também que superar os críticos às moedas digitais, que não pouparam esforços para injetar ainda mais medo nesse mercado já extremamente desorientado

CEO do JP Morgan leva cartão vermelho de acionistas e pode ficar sem bônus milionário, entenda a decisão rara

A desaprovação foi a primeira desde que o conselho do banco norte-americano enfrentou um voto negativo sobre compensações desde que as regras foram introduzidas, há mais de uma década

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Hapvida, Magazine Luiza e Nubank tombam, mas Ibovespa fecha o dia no azul; confira os destaques desta terça-feira

O maior apetite ao risco e a expectativa de manutenção no ritmo de alta no juro nos Estados Unidos ajudou o Ibovespa, que teve um dia de ganho

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa sustenta alta após susto inicial com Powell; dólar cai abaixo dos R$ 5

O Ibovespa fechou o dia longe das mínimas, mas o dólar caiu 2% com o apetite por risco no exterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies