🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
VAI SACUDIR, VAI ABALAR

Dando um Tchan na carteira: Hurst promete ganhos reais de 15% ao ano com investimento em clássicos do axé; entenda

A plataforma oferece as composições e fonogramas do ritmo baiano com projeção de um retorno médio de “sacudir e abalar” em 48 meses

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
20 de janeiro de 2022
17:42
Foto do Grupo É o Tchan
Imagem: Divulgação

Já imaginou obter um retorno de IPCA +15% ao ano investindo em músicas do É o Tchan? Esse é o melhor cenário possível para um brasileiro, afinal por aqui o axé é praticamente patrimônio nacional e o gosto por investimentos que oferecem rentabilidade acima da média também não fica atrás.

E a melhor parte desse cenário é que ele não é apenas hipotético. A Hurst Capital, primeira empresa brasileira a estruturar operações com royalties musicais, adquiriu os direitos de 766 composições e 257 fonogramas de axé que estarão disponíveis para investimento no próximo mês.

Para quem ainda não sabe como funciona esse tipo de investimento, a Músicas do Brasil, braço musical da fintech especializada em investimentos alternativos, adquire ativos reais - como os direitos de obras musicais - e repassa esses recebíveis a investidores.

No caso das composições e fonogramas do ritmo baiano - que inclui clássicos para animar qualquer festa como "A Nova Loira do Tchan” e “Dança da cordinha” - a projeção é de um retorno médio de “sacudir e abalar” em 48 meses, com IPCA + 15,17% ao ano, líquido de fees e bruto de impostos, em um prazo de 48 meses. 

Olha a onda, olha a onda do streaming

“O axé é um gênero que o brasileiro procura muito na internet. E o Brasil tem uma margem grande de crescimento nas plataformas de streaming musical”, comenta, em nota, o CEO da Hurst, Arthur Farache.

Os dados sustentam a sua afirmação: segundo a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), o Brasil registrou um incremento de 37,1% em streaming e de 24,5% no geral em 2020.

Mesmo com os prejuízos causados pela pandemia, durante aquele ano o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) arrecadou e repassou R$ 947,9 milhões a compositores, intérpretes, músicos e editoras.

Dança investidor, dança loirinha

Os sucessos incluídos no lote são composições de Pierre Onassis e de Dito de Carvalho. Além do É o Tchan e outros clássicos do axé já mencionados, a operação também conta as obras famosas em outros ritmos, como “Tindolelê” e “Ilariê”, na voz de Xuxa, e “A Grande Família", famosa pela abertura do seriado homônimo.

O valor mínimo para investimento é de R$ 10 mil e quem quiser participar da festa poderá aplicar nos royalties musicais até o dia 10 de fevereiro.

Mas é importante relembrar que, apesar do tom festivo, há riscos específicos para este tipo de ativo. A Hurst recomenda que os investidores considerem ameaças ligadas a:

  • venda futura, que pode ultrapassar o prazo indicado ou ocorrer a um preço mais baixo;
  • alterações no cenário econômico brasileiro que tragam significativas quedas de receita para os indivíduos ou atrapalhem a captação de recursos e investimento para eventos culturais e artísticos;
  • pirataria e falsificação, especialmente quanto ao risco de surgirem novos métodos de falsificação com efeitos adversos na geração de receita do portfólio musical;
  • e mudanças nas política de remuneração do ECAD, que pode alterar suas taxas de cobrança e distribuição de royalties a depender de movimentos do mercado.

Compartilhe

Exclusivo Seu Dinheiro

Até 1.000% de alta no longo prazo: saiba qual é a criptomoeda que pode subir exponencialmente com o The Merge de Ethereum

4 de setembro de 2022 - 10:00

Atualização histórica de Ethereum será concluída no próximo dia 15 de setembro, trazendo mais eficiência à rede e crescimento para cripto que está entre as principais do mundo

A XERIFE ESTÁ DE OLHO

Fintwit sob investigação: CVM aumenta fiscalização sobre influenciadores de investimentos nas redes sociais

2 de setembro de 2022 - 10:48

Com um aumento intenso de postagens de dicas relativas a investimentos na bolsa de valores no Twitter, a CVM abriu uma investigação acerca do universo da Fintwit

Balanço do mês

Bolsa e fundos imobiliários passam por virada em agosto e ficam entre os melhores investimentos do mês; bitcoin volta para a lanterna

31 de agosto de 2022 - 19:49

Primeiro lugar, no entanto, ficou com os títulos prefixados, beneficiados pela perspectiva de que a taxa Selic finalmente deve parar de subir

SEXTOU COM O RUY

Você é um pequeno investidor? Descubra as vantagens que você tem sobre o resto do mercado e ainda não sabia

19 de agosto de 2022 - 6:40

Investidores institucionais muitas vezes são obrigados a abrir mão de oportunidades das quais nós, pequenos investidores, podemos obter ganhos vultosos

MATCH POINT

Serena Williams, das quadras para o mundo dos investimentos, traz boas lições para quem quer planejar a transição de carreira

10 de agosto de 2022 - 17:10

A atleta se dividia entre as quadras de tênis e o mundo dos investimentos nos últimos seis anos; ela ainda deve disputar o torneio US Open antes de se dedicar integralmente à atividade de empresária e investidora

FII do mês

Dupla de FIIs de logística domina lista dos fundos imobiliários mais recomendados para agosto; confira os favoritos de 10 corretoras

8 de agosto de 2022 - 11:01

Os analistas buscaram as oportunidades escondidas em todos os segmentos de FIIs e encontraram na logística os candidatos ideais para quem quer um show de desempenho

Expert XP 2022

Clima de eleições embala grande reencontro do mercado financeiro na Expert XP – e traz um dilema sobre o governo Bolsonaro

5 de agosto de 2022 - 13:08

Com ingressos esgotados, a Expert XP 2022 não pôde fugir do debate entre Lula e Bolsonaro, mas esqueceu-se da terceira via

A hora e a vez da renda fixa

Onde os brasileiros investem: CDBs ultrapassam ações no 1º semestre, e valor investido em LCIs e LCAs dispara

2 de agosto de 2022 - 18:40

Volume investido em CDBs pelas pessoas físicas superou o valor alocado em ações no período; puxado pelo varejo, volume aplicado por CPFs cresceu 2,8% no período, totalizando R$ 4,6 trilhões

BALANÇO DO MÊS

Bitcoin e Ibovespa têm as maiores altas do mês e reduzem as perdas no ano; veja o ranking completo dos melhores investimentos de julho

29 de julho de 2022 - 19:10

Neste início de semestre, os humilhados foram exaltados, o dólar deu algum alívio, mas os títulos públicos atrelados à inflação continuaram apanhando

MULTIMERCADOS

Bolsa, juros, dólar ou commodities: o que comprar e o que vender segundo duas das principais gestoras de fundos brasileiras

26 de julho de 2022 - 20:59

Especialistas da Kinea e da Legacy Capital participaram do primeiro painel da Semana da Previdência da Vitreo e contaram suas visões para o cenário macroeconômico e os ativos de risco nos próximos meses

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar