Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-23T17:52:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Plataformas de streaming

Apesar da ameaça da Disney Plus, Netflix deve ficar bem, dizem analistas de Wall Street

Números indicam que, ao menos por enquanto, assinantes não devem cancelar Netflix por outra plataforma e downloads do app se mantêm

23 de novembro de 2019
14:31 - atualizado às 17:52
Netflix x Disney
Imagem: Shutterstock

Apesar do lançamento bem-sucedido da Disney Plus, plataforma de streaming da empresa do Mickey, a Netflix deve ficar bem e seus investidores, por ora, não têm muito com que se preocupar.

Pelo menos essa é a visão de dois analistas de Wall Street, conforme reportou o site "Business Insider" na última sexta (22).

O analista Michael Olson, do banco de investimentos Piper Jaffray, conduziu um levantamento com 1.700 usuários domésticos da Netflix e concluiu que, embora o interesse na Disney Plus tenha aumentado, não parece que isso tenha ocorrido em detrimento da Netflix.

"Nós não vimos um aumento no percentual de usuários que planejam cancelar sua assinatura em favor da Disney Plus", escreveu Olson em nota a clientes.

O percentual de usuários que trocariam uma plataforma pela outra tem se mantido em um dígito, acrescentou o analista.

"Em outras palavras, a maioria dos assinantes da parece tender a manter múltiplas assinaturas de plataformas de streaming", concluiu.

A recomendação de Olson para as ações da gigante de streaming é "overweight" (acima do desempenho médio do mercado) e seu preço-alvo para os papéis é de US$ 400.

Na última sexta-feira, as ações da companhia fecharam em US$ 310,48. Ou seja, Olson espera uma valorização de quase 29% para as ações.

Downloads da Netflix ainda se mantêm

Outro analista otimista, embora não tanto quanto Olson, é Mark Kelley, do banco Nomura.

"Apesar do lançamento forte do Disney Plus, a tendência de downloads do app doméstico da Netflix continua dentro dos padrões históricos, mesmo com a desaceleração do crescimento anual da última semana", escreveu Kelley a clientes.

De acordo com os números apresentados pelo analista do Nomura, na semana após o lançamento do Disney Plus, os downloads do app da Netflix tiveram crescimento de 4% ante o mesmo período do ano anterior.

Mark Kelley tem recomendação "neutra" para as ações da gigantes de streaming, com preço-alvo de US$ 330. Ele alerta que a competição no segmento está só começando.

"Nós achamos que os investidores vão se manter cautelosos até que os resultados contem a mesma história. Nós nos mantemos neutros em Netflix dadas as preocupações acerca do valuation e intensidade de capital", acrescentou Kelley.

Em apenas 48 horas após seu lançamento nos Estados Unidos, na semana passada, a Disney Plus obteve mais de 10 milhões de assinaturas, levando as ações da Disney a subirem 6%.

A preocupação dos investidores é de que, com a grande concorrência que se desenha no segmento de streaming, com a entrada de gigantes como Disney e Apple, os assinantes mantenham apenas um número limitado de assinaturas, podendo trocar a Netflix por outras plataformas.

*Com informações do Business Insider

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Na onda do minério

Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina

A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana

Vídeos

Investir em IPOs vale a pena? Saiba as causas dessa febre do mercado

O ano de 2021 está mostrando a força do setor dos IPOs. São diversas empresas que abriram seu capital e fizeram sua oferta primária. Matheus Spiess, analista da Empiricus, explica neste vídeo sobre este cenário. Confira

desaceleração a caminho

Renda fixa: Por que a Evergrande derruba o Ibovespa, mas alivia o mercado de juros

Desempenho é oposto ao que se poderia esperar quando há pânico no mercado, diz especialista; contratos DIs para janeiro de 2022 caem de 7,09% para 7,08%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies