Menu
2020-05-20T15:02:26-03:00
Larissa Santos
Bilionários expertos

As jogadas de mestre de bilionários como Warren Buffett, George Soros e outros

Os bilionários que salvaram e multiplicaram seus patrimônios na vespéra de uma pandemia. Apostas em empresas como Disney, Amazon e Facebook são destaques.

20 de maio de 2020
14:53 - atualizado às 15:02
O megainvestidor Warren Buffett
O megainvestidor Warren Buffett - Imagem: Shutterstock

Na véspera da crise do coronavírus isolar metade do planeta, bilionários movimentaram o mercado de ações no fim de março. Seja em novas apostas ou escapando de quem estava prestes a dar prejuízo, esses investidores souberam proteger e multiplicar seu patrimônio.

Veja o levantamento do site Business Insider com informações da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos:

Warren Buffet e seu escudo protetor

Na última sexta-feira um comunicado da Berkshire Hathaway anunciou que havia vendido mais de 10 milhões de ações da Goldman Sachs no primeiro trimestre de 2020, ficando apenas com 1,9 milhão de ações, correspondentes a menos de 0,6% do capital da instituição financeira.

O Oráculo de Omaha também se protegeu da queda das empresas aéreas em meio à pandemia, vendendo sua participação em empresas do ramo. Jogada esperta: os balanços do 1 tri vieram com um prejuízo bilionário.

O conglomerado esquivou-se de ter que arcar com o estrago nas aéreas e arrecadou cerca de US$ 3 bilhões do acordo de venda da Goldman Sachs, que pagou 10% em dividendos para o bilionário, além garantir que ele possa comprar ações ordinárias com desconto no futuro.

George Soros apostou no lugar onde sonhos se tornam realidade

O fundo do bilionário, a Soros Fund Management, comprou em março uma participação de US$ 5 milhões da Disney.

O fundo também decidiu investir na Peloton, empresa americana de equipamentos para exercícios físicos. A participação de Soros aumentou mais de dez vezes, para 3 milhões de ações.

Não é só o George Soros que quer a Disney

A multinacional virou menina dos olhos de mais três bilionários que entraram com participações massivas na companhia.

O fundo Loeb, do bilionário Dan Loeb assumiu uma participação no valor de US$ 138 milhões na Disney. O americano também triplicou para 215 mil as ações na Amazon , avaliado no valor de US$ 419 milhões em março.

A Greenlight Capital construiu uma participação de US$ 11 milhões na empresa do Mickey e no conglomerado de Buffett, a Berkshire Hathaway.

Stanley Druckenmiller aumentou suas ações na Disney em US$ 3 milhões no 1 tri. Em tempo, o bilionário reduziu sua participação no Uber de 2,6 milhões para 400 e zerou na Snap.

Seth Klarman e David Tepper miraram na tecnologia

Conhecido como "o próximo Warren Buffett", Seth Klarman dono do Baupost Group comprou ações do Facebook no valor de US$ 330 milhões e do grupo pai do Google, a Alphabet no valor de US$ 350 milhões.

David Tepper também mergulhou no setor de tecnologia comprando participações de US$ 136 milhões no Twitter, US$ 96 milhões na Netflix e US$ 25 milhões na Microsoft e Tesla.

Você já conhece a trajetória dos 10 homens mais ricos do mundo? Acesse nosso ebook gratuito e se inspire nessas histórias de sucesso.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Entrevista

Vitreo não será “mais uma” plataforma de investimentos na concorrência com XP, diz CEO

Patrick O’Grady conta por que a Vitreo, que possui hoje R$ 4,5 bilhões e 60 mil clientes, decidiu entrar na disputa pelo território ocupado hoje por mais de duas dezenas de corretoras, bancos e fintechs

SEXTOU COM RUY

As grandes vencedoras na crise e o “vício” das perdedoras no lucro

O problema dessas empresas “reloginho” – com lucros estáveis e recorrentes – é que elas atraem acionistas que só conseguem pensar nos dividendos

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 33.884

O Brasil registrou 33.884 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 612.862 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Licença para gastar

Na crise financeira de 2008, as autoridades dos países desenvolvidos se encontraram diante de um dilema: era certo usar dinheiro público para salvar os bancos que estavam à beira da falência? Se por um lado eles foram os grandes culpados pelo próprio destino, por outro os efeitos colaterais de uma quebradeira no sistema financeiro afetariam […]

Recorde histórico

Em meio à pandemia, poupança tem captação líquida recorde de R$ 37,201 bilhões em maio

Este é o maior volume de depósitos líquidos em um único mês em toda a série histórica do BC, iniciada em janeiro de 1995

Bolsa imparável

Ibovespa sobe pelo quinto dia, desafiando até mesmo o tom mais cauteloso no exterior

O Ibovespa contrariou a tendência global e fechou em alta, aproximando-se do patamar dos 94 mil pontos. O tom mais cauteloso visto lá fora só foi sentido no mercado de câmbio, com o dólar à vista subindo e voltando a R$ 5,13

MP 936

Maia avalia que desoneração de folha evita mais desemprego na crise

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a prorrogação da desoneração da folha de pagamento até o fim de 2021, como proposto no texto da medida provisória 936 aprovada pela Câmara, vai evitar um impacto de R$ 10 bilhões nos custos de mão de obra de 17 setores

Efeito covid

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Diante de pandemia que deixou aéreas sem operação e impôs isolamento, as buscas por passagem aérea no Brasil atingiram o menor nível histórico no Google

Marink Martins: In GOLD we trust

Marink Martins vai apresentar o que se passa na mente dos principais investidores internacionais, condensando a avaliação de quem já esteve a frente da tesouraria de grandes bancos nos EUA e no Brasil.     Sem opções rentáveis na renda fixa, todos querem alternativas seguras. Agora, Marink Martins compartilha exclusivamente com você qual poderá ser a […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements