🔴 DÓLAR A 5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
PARA MANDAR O CURRÍCULO

Conheça as cinco empresas que pagam os melhores salários do mundo e saiba se alguma delas tem vagas abertas no Brasil

Com o efeito das demissões voluntárias, as empresas expandiram as faixas salariais, bônus e benefícios para atender às novas expectativas dos trabalhadores

empresas que pagam os melhores salários do mundo; microsoft
Imagem: Divulgação/Microsoft

O salário sempre foi um fator decisivo na mudança ou na hora de aceitar um emprego, em qualquer lugar do mundo. 

Mas um estudo recente da consultoria Robert Half apontou que, além da remuneração mensal, 93% das pessoas que estão à procura de emprego avaliam os benefícios oferecidos pelas empresas antes de aceitar uma proposta de trabalho. 

A partir desse pressuposto, o site de avaliação corporativa Workplace Comparably faz relatórios anuais sobre as remunerações das maiores empresas do mundo e sentimento dos funcionários dessas companhias. 

Neste ano, o destaque é a mudança de comportamento corporativo para a retenção e atração de pessoas. Impulsionadas pelo movimento “great resignation”, o que seria a onda de demissões voluntárias, as empresas expandiram as faixas salariais, bônus e benefícios para atender às novas expectativas dos trabalhadores. 

A pesquisa, que avalia as melhores companhias do mundo, leva em consideração pelo menos quatro fatores: 

  • Pagamento de salários considerados justos pelos colaboradores; 
  • Bônus anual; 
  • Frequência de aumentos salariais e/ou promoções de cargo;
  • Benefícios oferecidos

Por fim, o levantamento contou com mais de 15 milhões de avaliações anônimas de funcionários de 70 mil empresas de pequeno, médio e grande porte. Além disso, foi considerado o período entre setembro de 2021 e setembro de 2022. 

Confira a seguir as empresas que oferecem as melhores remunerações no mundo, de acordo com o estudo:

5. Google 

A gigante da tecnologia Google é a quinta empresa que melhor remunera os seus colaboradores. 

Segundo dados do site de empregos Glassdoor, os salários para os cargos de desenvolvimento de produtos e serviços do Google nos EUA ultrapassaram cerca de US$ 23 mil por mês. No Brasil, as remunerações mensais variam entre R$ 2 mil e R$ 38 mil. 

O levantamento do Workplace Comparably destaca que os salários pagos pela empresa são estabelecidos conforme a produtividade dos funcionários, “em um nível competitivo”, e que, em parte, é um dos fatores de motivação dentro da companhia. 

Se você tem interesse em trabalhar no Google, a empresa está com vagas abertas para as áreas de vendas, desenvolvimento de produtos, marketing e acessibilidade. Para se inscrever em uma das oportunidades, o profissional deve acessar a página da empresa no LinkedIn — clique aqui.  

4. Microsoft

A empresa de Bill Gates também não deixa a desejar quando o assunto é remuneração dos colaboradores. 

Contudo, o levantamento mostra que o diferencial da Microsoft é o oferecimento de benefícios como auxílios extras. 

"O salário é excelente e o pacote de benefícios flexível, além do padrão, é excelente (ou seja,  conta para gastar com hobbies, cuidados familiares, passear com cães etc.)", afirma um dos funcionários que participaram da pesquisa. 

No Brasil, a faixa salarial média da Microsoft varia entre R$ 2 mil e R$ 23 mil, a depender da área de atuação, segundo o Glassdoor.

Por aqui, a empresa está recrutando profissionais nas áreas de desenvolvimento de software, jurídico e vendas digitais, em todos os níveis de senioridade. As candidaturas podem ser feitas na página da Microsoft no LinkedIn — acesse aqui. 

3. Meta 

A Meta, dona do Facebook, está no pódio das empresas que pagam os melhores salários do mundo. 

Em questões de gênero  e diversidade, a empresa de Zuckerberg está entre as 10 melhores no ranking Workplace Comparably. Segundo o levantamento, cerca de 85% dos funcionários gostam do ambiente de trabalho. 

Nos EUA, a remuneração média, incluindo bônus anual, é de US$ 11,6 mil mensais. O seja, cada funcionário recebe, em média, cerca US$ 67 por hora trabalhada. 

No Brasil, a remuneração média varia entre R$ 2 mil e R$ 38 mil por mês, a depender do cargo exercido na empresa, segundo o Glassdoor. 

2. RingCentral

A RingCentral é uma empresa de software e a segunda melhor avaliada no requisito de remuneração. Contudo, a companhia não atua no território brasileiro. 

Cerca de 95% dos funcionários da empresa consideram o ambiente de trabalho positivo, de acordo com o levantamento.

Além disso, 84% dos respondentes afirmam que estão satisfeitos com o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional,resultado da jornada flexível e trabalho híbrido adotado pela empresa. 

Por fim, a remuneração média dos funcionários da RingCentral é de US$ 9 mil, incluindo possíveis bônus.

1. Adobe 

A Adobe é a empresa que melhor paga os seus funcionários no mundo, segundo a Workplace Comparably. 

A Adobe também está entre as 30 empresas em que os funcionários têm maior qualidade de vida e equilíbrio entre as questões pessoais e profissionais. Para 95% dos colaboradores que responderam a pesquisa, o ambiente de trabalho é positivo  — levando em consideração, a cultura de interação entre as equipes e feedbacks semanais com as lideranças.  

Os salários variam de um mínimo de US$ 58.944 a US$ 317.591, sendo que os cargos de diretor de engenharia e gerente de desenvolvimento de negócios têm as maiores remunerações. 

Assim como o Google e a Meta, a Adobe está com vagas abertas para atuação em São Paulo (SP). A empresa está recrutando profissionais, de nível júnior, para as áreas de vendas e jurídico e as candidaturas devem ser realizadas por meio da página da Adobe no LinkedIn — clique aqui. 

Por fim, as empresas SAP, Snap Inc., IBM e Uber também estão no ranking e ficaram entre as 50 melhores empresas. 

*Com informações de Business Insider

Compartilhe

Mayday

Boeing investiga qualidade dos 787 Dreamliner ainda não entregues

14 de junho de 2024 - 14:46

Companhia descobriu que fixadores foram instalados incorretamente nas carrocerias dos jatos

ABRIU O APETITE

Ação da dona do McDonald´s na América Latina amarga queda de 28% em NY em 2024. É hora de abocanhar um pedaço?

14 de junho de 2024 - 13:22

Goldman Sachs prevê que os papéis da Arcos Dorados podem subir mais de 50% na Nyse em um ano; saiba o que fazer com as ações

Dinheiro na conta

Proventos milionários: B3 irá pagar quase meio bilhão de reais em dividendos e juros sobre capital próprio

14 de junho de 2024 - 12:23

Quem quiser receber uma parte dessa bolada tem até dia 18 de junho para comprar ações da companhia

FUSÕES E AQUISIÇÕES

Bom para saúde? Dasa (DASA3) e Amil selam parceria de serviços hospitalares e se tornam o segundo maior grupo de hospitais do país

14 de junho de 2024 - 8:11

O negócio é uma joint venture (empreendimento controlado em conjunto), da qual Amil e Dasa deterão 50% do capital cada

NOVO NEGÓCIO

Braskem (BRKM5) vende controle da Cetrel para GRI de olho no setor de resíduos industriais

13 de junho de 2024 - 19:47

Petroquímica passa a deter 49,9% da empresa de gestão de resíduos

Socorro governamental

Com medida provisória, governo tenta salvar a combalida Amazonas Energia

13 de junho de 2024 - 18:53

Ministério de Minas e Energia avalia que a saúde econômico-financeira da companhia está deteriorada

RECOMENDAÇÃO

Goldman Sachs: Após 1º trimestre fraco, desafio da Arezzo&Co (ARZZ3) é crescer em meio à fusão com o Grupo Soma; é hora de comprar a ação?

13 de junho de 2024 - 15:00

Queda de 22% nas ações da varejista de calçados no ano levantou preocupações dos investidores sobre a criação da nova holding

VÃO DIZER SIM?

Elon Musk afirma que conselho aprovou bônus de US$ 56 bilhões e ações da Tesla saltam na bolsa

13 de junho de 2024 - 12:24

O bônus multibilionário já havia sido aprovado em 2018, mas foi barrado pela Justiça de Delaware. A votação para a reavaliação do pacote salarial de Elon Musk ocorre nesta quinta-feira (13)

Aquisições

Allos desiste de comprar parte do Shopping Rio Sul; mas avisa que ainda está de olho no negócio

13 de junho de 2024 - 10:33

Companhia informou que a Combrascan tem intenção de exercer seu direito de preferência na operação

MUDANÇAS EM FOCO

Americanas contrata ex-Casas Bahia e outros dois executivos; veja quem é o trio que vai compor a equipe da varejista — AMER3 dispara 22% na B3

13 de junho de 2024 - 10:06

Ex-diretor de soluções financeiras da Casas Bahia, Tiago Abate entrará como vice-presidente de clientes e parceiros da companhia

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar