O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-03-24T10:43:23-03:00
Carolina Gama
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
BALANÇO

Lojas Renner (LREN3) lucra R$ 415,8 milhões no quarto trimestre e anuncia pagamento de JCP; veja quem tem direito aos proventos

Mostrando a recuperação da varejista, as vendas mesmas lojas, métrica fundamental para as empresas do setor, avançou 18,9% no período

17 de março de 2022
20:17 - atualizado às 10:43
Fachada de unidade da Lojas Renner (LREN3)
Imagem: Divulgação

Quem é rei nunca perde a majestade. Até a pandemia de covid-19, a Lojas Renner (LREN3) era considerada a grande estrela do varejo de vestuário da bolsa brasileira. Mas as dificuldades impostas pelo isolamento trouxeram o fechamento dos shoppings e junto com ele as dificuldades das vendas on-line. 

Esse cenário, no entanto, parece fazer parte do passado da LREN3. Nesta quinta-feira, a empresa apresentou seus resultados financeiros do quarto trimestre e de 2021. 

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

A Lojas Renner viu seu lucro líquido subir 17,5% entre outubro e dezembro, para R$ 415,8 milhões, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Já a receita líquida do varejo totalizou R$ 3,5 bilhões, o que representa um aumento de 22% na mesma base de comparação. 

As vendas mesmas lojas, uma métrica fundamental para as empresas do setor, avançou 18,9% no quarto trimestre. Segundo a Renner, o fluxo ainda menor que o usual para o período foi compensado pela "maior conversão e aumento de ticket e itens por sacola".

No acumulado anual, no entanto, o resultado não foi tão positivo. O lucro líquido recuou 42,2% em relação a 2020, encerrando o ano em R$ 633,1 milhões. Já a receita líquida do varejo apresentou quase a mesma variação, mas para cima: subiu 43,5%, para R$ 9,5 bilhões em 2021.

Acionistas receberão dividendos

Junto com os resultados, a Renner anunciou a distribuição de R$ 141,4 milhões em juros sobre capital próprio (JCP), ou o equivalente a R$ 0,143910. Vale lembrar que o valor está sujeito à incidência de imposto de renda retido na fonte. 

Os acionistas que estiverem na base da empresa até o próximo dia 22 de março terão direito a receber os proventos. A data do pagamento ainda será definida em assembleia geral.

Mudanças na Renner

Para fazer frente aos desafios, recentemente a Lojas Renner anunciou uma série de mudanças. 

Em janeiro deste ano, a empresa apresentou um programa de recompra que envolve 18 milhões de ações ordinárias e, na época do anúncio, estava avaliado em mais de R$ 400 milhões. 

Além do programa de recompra, o conselho de administração da Lojas Renner elegeu também em janeiro um novo diretor financeiro e de relações com investidores. 

Daniel Martins dos Santos chegou à Lojas Renner depois de mais de 20 anos dedicado à área de finanças da Unilever no Brasil, na Suíça e na Espanha.

Entrando no campo das iniciantes

E as iniciativas da varejista de vestuário não pararam na recompra de ações ou na dança das cadeiras entre seus executivos. 

No início deste mês, a Renner anunciou o lançamento de um fundo de Corporate Venture Capital (CVC) chamado RX Ventures.

Um CVC nada mais é do que um fundo criado por uma empresa já estabelecida para investir em startups e outros negócios.

No caso da Renner, o objetivo é investir no crescimento das empresas mais novas que estejam focadas em criar soluções inovadoras de moda e lifestyle.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies