🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-25T17:08:51-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS HOJE

Mercado reage com animação à ata do Fed e Ibovespa se firma em alta; dólar fecha em alta

25 de maio de 2022
9:05 - atualizado às 17:08

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam voláteis nesta quarta-feira (25), de olho na ata da reunião mais recente do Federal Reserve. A expectativa é que o banco central americano dê margem para uma alta de juros mais intensa nos próximos encontros. Por aqui, o Ibovespa acompanha o exterior, com a crise política envolvendo a Petrobras (PETR4) no radar mais uma vez.

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

FECHAMENTO EM NOVA YORK
  • Dow Jones: +0,60%
    S&P 500: +0,95%
    Nasdaq: +1,51%

Depois de oscilar no campo negativo, o dólar à vista fechou o dia em alta de 0,18%, a R$ 4,8209

As ações da Via Varejo passaram a apresentar forte alta após a recuperação do Ibovespa, na esteira de uma ata do Fed mais branda do que o esperado pelo mercado.
Na reta final do pregão, os ganhos eram de cerca de 5%.

Ibovespa acompanha melhora em Nova York após ata do Fed e se firma em alta

Ibovespa agora oscila próximo da estabilidade com tendência de alta; dólar ensaia zerar os ganhos do dia

Com resoluções mais brandas do que o esperado, ata do Fed faz com que bolsas de Nova York ganhem tração, enquanto Ibovespa desacelera queda

A falta de indicação de aceleração da alta de juros pelo Fed provocou a desaceleração dos juros futuros brasileiros, principalmente na ponta mais longa.

 

Divulgação da ata do Fed

Há instantes, o Federal Reserve divulgou a ata da sua última reunião e as bolsas globais mantém reações neutras até o momento. As resoluções seguiram o esperado pelo mercado, com expectativa de alta de 0,50 pontos percentuais na taxa de juros.

FECHAMENTO EUROPA
  • Frankfurt:+0,63%
  • Londres: +0,54%
  • Paris: +0,73%
  • Stoxx-600: +0,80%

Momentos antes da divulgação da ata do Fed, as bolsas americanas voltaram a operar em queda, sinalizando a volatilidade que já era esperada para o dia de hoje. O Ibovespa acompanha e acelera a queda.

O FIM DAS MAQUININHAS?

A concorrência com o pagamento instantâneo PIX, que dispensa o uso da maquininha, ajudou a colocar ainda mais pressão sobre as ações de Cielo (CIEL3), Getnet (GETT11), PagSeguro (PAGS34) e Stone (STOC31) na bolsa.

Os analistas afirmam, porém, que o PIX não é um vilão para o mercado de cartões. De acordo com o Itaú BBA, o sistema está ganhando espaço principalmente das transações em dinheiro vivo e transferências bancárias tradicionais (TED, DOC).

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA

MERCADO DE JUROS ESTÁVEL

Antes da publicação da ata do Fed, o mercado de juros opera estável na ponta mais curta, aguardando o documento. Nos vecimentos mais longos a tendência é de alta.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,42% 13,42%
DI1F25 DI Jan/25 12,31% 12,30%
DI1F26 DI Jan/26 12,14% 12,10%
DI1F27 DI Jan/27 12,13% 12,06%
REDE D'OR E SULAMÉRICA

As ações da Rede D’Or (RDOR3) e da SulAmérica (SULA11) aparecem entre os melhores desempenhos do dia.

As empresas, que estão em processo de fusão, repercutem o aumento da participação da rede de hospitais na operadora de saúde, anunciada ontem. Agora, a Rede D’Or detém cerca de 12% do capital. Confira:

CÓDIGO NOME ULT VAR
RDOR3 Rede D’Or ON R$ 35,39 4,64%
SULA11 SulAmérica units R$ 25,95 3,97%

Após abrir o dia no vermelho, o Ibovespa ensaia uma recuperação, seguindo os ganhos das bolsas americanas.

O dia deve ser de alta volatilidade até a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, que acontece nesta tarde.

CRISE EM SEGUNDO PLANO

Depois de repercutir negativamente a troca de comando na sessão anterior, as ações da Petrobras (PETR4) voltam a operar no campo positivo. A leve alta do petróleo no mercado internacional contribui para o movimento da estatal.

Por volta das 11h, a alta era de cerca de 1,5%.

SOBE E DESCE

Confira as maiores altas desta manhã:

CÓDIGO NOME VALOR VAR
MRVE3 MRV ON R$ 9,57 1,81%
ENBR3 Energias do Brasil ON R$ 22,91 1,91%
IRBR3 IRB ON R$ 2,92 2,10%
ENEV3 Eneva ON R$ 15,01 1,62%
RRRP3 3R Petroleum ON R$ 45,98 1,73%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGO NOME VALOR VAR
ALPA4 Alpargatas PN R$ 20,32 -2,45%
AMER3 Americanas S.A R$ 22,34 -2,36%
BPAN4 Banco Pan PN R$ 7,95 -2,33%
POSI3 Positivo Tecnologia ON R$ 7,48 -2,09%
PETZ3 Petz ON R$ 11,60 -2,03%

As bolsas globais operam voláteis nesta manhã, em antecipação à agenda cheia do dia.

O principal destaque é a divulgação da ata do Federal Reserve, que deve trazer mais informações sobre o que pensam os dirigentes da instituição sobre os riscos de recessão.

No Brasil, a alta do minério de ferro é insuficiente para deixar o Ibovespa no campo positivo. Os investidores locais olham para as dúvidas que ainda cercam o novo comando da Petrobras e as discussões em torno do ICMS.

O Ibovespa encerrou os leilões de abertura em queda de 0,34%, aos 110.204 pontos.

O dólar à vista avança 0,41%, aos R$ 4,8373.

JUROS FUTUROS SOBEM E SE AJUSTAM AO IPCA-15

A curva de juros futuros (DIs) reage à inflação divulgada ontem (24). O índice veio acima do esperado pelo mercado, o que deve resultar em uma alta da Selic por parte do Banco Central nas próximas reuniões.

CÓDIGO NOME ULT FEC
DI1F23 DI jan/23 13,41% 13,41%
DI1F25 DI Jan/25 12,31% 12,25%
DI1F26 DI Jan/26 12,11% 12,03%
DI1F27 DI Jan/27 12,07% 12,00%

 

Ibovespa futuro abriu em queda de 0,59%, aos 110.730 pontos.

Por sua vez, o dólar à vista começou o dia em alta de 0,61%, cotado a R$ 4,8418.

OPORTUNIDADE DE SWING TRADE

Leia a coluna de Nilson Marcelo, analista técnico da Vitreo, e descubra a oportunidade do dia na bolsa brasileira.

Entenda os motivos por trás da recomendação de swing trade com os papéis do IRB Brasil (IRBR3). 

BOLSAS PELO MUNDO

“Cautela” é a palavra do dia. Os investidores sentem a aversão ao risco antes da publicação da ata da reunião do Federal Reserve do início deste mês.

Se o Banco Central americano der espaço para uma alta de juros mais intensa, visando conter a inflação descontrolada, as bolsas podem aprofundar as perdas nesta quarta-feira.

Os índices iniciaram o dia em alta, mas perderam força nas primeiras horas da manhã.

  • Dow Jones futuro: -0,18%
  • S&P 500 futuro: -0,13%
  • Nasdaq futuro: -0,08%
  • Euro Stoxx 50: -0,27%
  • Xangai (China): +1,19% (fechado)
  • Nikkei (Japão): -0,26% (fechado)
  • Petróleo Brent: US$ 111,69 (+0,94%)
  • Minério de ferro (Dalian, China): US$ 127,67 (+0,35%)
ESQUENTA DOS MERCADOS

Os mercados financeiros do Brasil e dos Estados Unidos ensaiam alguma recuperação para a abertura da sessão desta quarta-feira em um dia no qual as atenções estarão concentradas na ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

Os índices futuros da bolsa de Nova York oscilam perto da estabilidade e as bolsas de valores europeias iniciaram o dia em leve alta.

Não se trata de nada muito marcante, mas o movimento pode ajudar o Ibovespa durante a manhã. Ontem, depois de começar o dia em forte queda, a bolsa brasileira recuperou-se no fim da sessão e fechou no azul.

Leia o nosso esquenta dos mercados completo aqui. 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

FRUTOS DO CASAMENTO

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) apresentam relação de troca final de ações; veja quanto os acionistas receberão

Mais cedo, a Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda de parte da frota da Unidas para o Grupo Brookfield, dono da locadora Ouro Verde

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) faz malabarismo para enfrentar volatilidade e seguir acima de US$ 20 mil; confira cotações

O cenário macroeconômico pesou no universo cripto e se juntou à falta de liquidez, exercendo importante fonte de pressão

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies