Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-05-13T17:04:51-03:00
Camille Lima
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa reduz alta na última hora, mas segue com avanço superior a 1%; dólar recua

13 de maio de 2022
9:06 - atualizado às 17:04

RESUMO DO DIA: Bolsas internacionais ensaiam recuperação hoje após pregão turbulento por conta da cautela com a inflação e aperto monetário; com agenda esvaziada por aqui, Ibovespa acompanha dados nos EUA e participação de dirigentes do Fed e do BCE em eventos

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

O dólar à vista encerrou a sessão em baixa de 1,61%, a R$ 5,0575, queda de 0,35% na semana.

FECHAMENTO EM NOVA YORK
  • Dow Jones: +1,47%
  • Nasdaq: +3,82%
  • S&P 500: 2,93%

Depois de se aproximar de uma valorização de 2%, o Ibovespa desacelera a alta na última hora de pregão. O dólar à vista também reduziu o ritmo de queda.

BRF LIDERA ALTAS

Com queda acumulada superior a 10% no mês, a BRF lidera as altas do dia no Ibovespa.

Embora os analistas e operadores do mercado não enxerguem um motivo claro para o movimento visto nesta tarde, o fluxo comprador – dominado por bancos estrangeiros – sugere que a alta do papel seja uma correção após as quedas recentes, puxada pela injeção de dinheiro gringo na bolsa.

TEMPORADA DE BALANÇOS

Além das incorporadoras, outros balanços também mexem com o Ibovespa nesta sexta-feira (13). É o caso de Yduqs (YDUQ3), B3 (B3SA3) e Americanas (AMER3).

Confira:

  • B3: Os números apresentados pela administradora da bolsa brasileiro vieram em linha com o esperado pelo mercado, mas a revisão do guidance da companhia não agradou. A receita líquida foi de R$ 2,3 bilhões, queda de 5% na comparação anual, com o lucro líquido de R$ 1,1 bilhão, recuo de 12% ante o mesmo período de 2021. A aquisição da Neoway aumentou a projeção de despesas para a faixa de R$ 585 milhões a R$ 665 milhões. Anteriormente a estimativa era de até R$ 440 milhões.
  • Americanas (AMER3): A empresa registrou um crescimento do volume bruto de mercadorias online para R$ 11 bilhões, um crescimento de 20% no comparativo anual, e o GMV consolidado foi de R$ 4,2 bilhões (com uma contribuição de R$ 450 milhões do Hortifruti Natural da Terra na operação offlin). A receita líquida da companhia foi de R$ 6,8 bilhões, uma alta de 28%.
  • BrMalls (BRML3): O lucro líquido da operadora de shoppings foi de R$ 84,223, crescimento de 10,8% comparado ao mesmo período de 2021. O Ebitda ajustado foi de R$ 254,575 milhões, crescimento de 48,8%. A margem Ebitda ajustada também apresentou crescimento, a 74,5%.
  • Locaweb (LWSA3): A empresa de hospedagem digital teve um lucro líquido de R$ 4,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, revertendo o prejuízo de R$ 8,4 milhões no ano passado. O Ebitda atingiu a marca de  R$ 29,5 milhões entre janeiro e março, 75,1% maior do que na comparação com o mesmo período de 2021. A receita líquida foi de R$ 248,8 milhões, avanço de 54,6% na comparação anual.
  • Yduqs (YDUQ3): A companhia viu o seu lucro líquido crescer 75,9% na comparação com o primeiro trimestre do ano anterior, indo a R$ 76 milhões, refletindo a captação de alunos recorde após a reabertura das salas de aulas fechadas durante a pandemia. A captação de alunos entre janeiro e março foi recorde, de 254 mil estudantes, uma sinalização de recuperação após o baque da pandemia. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 396,2 milhões, crescimento anual de 26,5%. A receita líquida foi de R$ 1,193 bilhão, avanço de10,2%.
  • Cogna (CGNA3): A empresa teve um prejuízo líquido de R$ 13,107 milhões, queda de 61,3% ante o prejuízo do ano anterior. O Ebitda foi de R$ 428,576 milhões no período, ganho de 27,2% na comparação anual.
  • Rede D’Or (RDOR3): A Rede D’Or reportou lucro líquido de R$ 225,2 milhões no primeiro trimestre de 2022, queda de 44,1% ante o mesmo período de 2021. O Ebitda recuou 0,6%, a R$ 1,141 bilhão.
INCORPORADORAS EM ALTA

Com a temporada de balanços se aproximando do fim, a sexta-feira (13) é um dia agitado para as incorporadoras e construtoras da B3. Os principais nomes do setor avançam em bloco enquanto o mercado digere os resultados do primeiro trimestre de seis empresas.

O movimento de alta contraria as expectativas dos analistas, que esperavam uma reação negativa das ações aos números considerados fracos. Mas, embalado pelo dia de recuperação no Ibovespa, o setor não se abala e surpreende pela performance positiva dos papéis.

ACUMULO DE FUNÇÕES

Mais uma mudança na gestão do IRB Brasil (IRRB3). A companhia anunciou nesta sexta-feira (13) que o CEO da empresaRaphael de Carvalho, também vai exercer o cargo de diretor de relações com investidores, de forma temporária.

Segundo a empresa, o atual diretor de IR do grupo de ressegurosWilly Otto Jordan Neto, vai se afastar por motivos de saúde.

Essa mudança acontece após três dias da saída de uma das integrantes do conselho de administração do IRB. Regina Nunes, que era membro independente e estava no cargo desde maio de 2020, renunciou na última terça-feira (10).

CONFIRA TODOS OS DETALHES

Na última hora, o Ibovespa acelerou o ritmo de alta, repercutindo positivamente a leitura de que o Federal Reserve pode não precisar acelerar a evolução da sua política monetária.

Nos Estados Unidos, dados econômicos sinalizaram uma desaceleração do consumo.

DESTAQUES POSITIVOS DO DIA
  • A Locaweb (LWSA3), empresa que tem acumulado forte queda nos últimos meses com a forte alta dos juros, reage positivamente ao balanço do primeiro trimestre de 2022.  A companhia viu o seu lucro saltar de R$ 9 milhões no mesmo período do ano passado para R$ 29,7 milhões.
  • A Americanas (AMER3)  também sobe de olho no balanço. A empresa de varejo teve um prejuízo de R$ 137,3 milhões, mas o número indica uma melhora de 38,8% ante o mesmo período de 2021.
  • A Yduqs (YDUQ3) viu o seu lucro líquido crescer 75,9% ante janeiro a março de 2021, alcançando a marca de R$ 76 milhões.
  • Já o Banco Inter (BIDI11) fica em destaque após os acionistas da companhia aprovarem a migração dos papéis para o Nasdaq.

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
LWSA3 Locaweb ON R$ 5,72 8,95%
CASH3 Meliuz ON R$ 1,92 7,26%
YDUQ3 Yduqs ON R$ 16,13 6,75%
AMER3 Americanas S.A R$ 24,19 6,70%
BIDI11 Banco Inter unit R$ 15,16 6,24%
RECUPERAÇÃO EM WALL STREET

Por volta das 10h50, o principais índices em Nova York apresentam recuperação expressiva. Confira:

  • Nasdaq: +2,30%
  • S&P 500: +1,25%
  • Dow Jones: +0,62%

As preocupações com a inflação global parece ter ficado em segundo plano nesta sexta-feira (13). Depois de uma semana de grande cautela, os principais índices globais exibem uma tendência de recuperação.

Com o cenário macroeconômico mais leve, o noticiário corporativo e os últimos resultados trimestrais divulgados é que são repercutidos pelo mercado.

O Ibovespa encerrou os leilões de abertura em valorização de 0,64%, aos 106.360 pontos.

Já o dólar à vista reverteu a baixa da abertura e passou a registrar leve alta de 0,10%, cotado a R$ 5,1392.

A curva de juros está próxima dos ajustes da véspera, com leves oscilações hoje.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,39% 13,33%
DI1F25 DI Jan/25 12,51% 12,44%
DI1F26 DI Jan/26 12,34% 12,29%
DI1F27 DI Jan/27 12,31% 12,30%

Ações do Twitter despencam no pré-mercado após Elon Musk suspender temporariamente a compra da rede social.

Por volta das 09h15 desta manhã, os papéis TWTR despencavam 10,67% na bolsa de valores de Nova York (NYSE), negociados a US$ 40,27.

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

O nosso colunista Nilson Marcelo identificou uma oportunidade de day trade na B3 hoje: a compra dos papéis da Tupy (TUPY3).

Confira a recomendação na íntegra.

O Ibovespa futuro acompanha o otimismo do exterior nesta sexta-feira (13) e avança 0,79%, aos 107.775 pontos, após a abertura.

Já o dólar amanhece em leve queda nas primeiras horas do pré-mercado, com desvalorização de 0,26%, negociado a R$ 5,1210.

BOLSAS NO EXTERIOR

Depois de um pregão marcado pela cautela e incertezas em relação à escalada da inflação e dos juros nos Estados Unidos, as bolsas internacionais tentam se recuperar das perdas da última sessão.

Os mercados asiáticos fecharam em alta nesta sexta-feira, acompanhados pela fome de ganhos dos investidores depois de um dia de maré vermelha nos investimentos.

As bolsas europeias também ensaiam recuperação durante esta manhã e operam em alta.

O mesmo movimento acontece em Wall Street, com os futuros de Nova York indicando uma sessão positiva para os índices norte-americanos hoje.

  • Dow Jones futuro: +0,82%
  • S&P 500 futuro: +1,18%
  • Nasdaq futuro: +1,75%
  • Euro Stoxx 50: +1,56%
  • Xangai (China): +0,96% (fechado)
  • Nikkei (Japão): +2,64% (fechado)

A volatilidade é uma das palavras ideais para representar o momento atual dos mercados.

O medo do dragão da inflação nos Estados Unidos e do aperto monetário pelo Federal Reserve tornou o pregão de ontem (12) extremamente turbulento para as bolsas internacionais.

Mas, depois de uma sessão marcada pela cautela e incertezas em relação aos próximos passos do banco central dos Estados Unidos, os mercados no exterior tentam se recuperar das perdas da última sessão.

Com uma agenda interna esvaziada hoje, os holofotes recaem sobre o exterior, com a divulgação dos dados preliminares de confiança do consumidor de maio nos EUA e a participação de dirigentes do BC americano e do Banco Central Europeu (BCE) em eventos.

Leia o nosso Esquenta dos Mercados completo aqui.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

A PARTIR DE JUNHO

Quer um pedacinho da Eletrobras (ELET3)? O trabalhador poderá usar recursos do FGTS para comprar ações

O trabalhador deverá fazer reserva de aquisições entre 3 e 9 de junho. O governo liberou o uso de até 50% do FGTS para compra de ações da Eletrobras

DESINVESTIMENTO

Em meio à turbulências, Petrobras (PETR4) assina mais um contrato de venda de refinaria

A operação ainda deve passar pelo crivo do Cade. A venda da refinaria Lubnor por US$ 34 milhões faz parte do plano de desinvestimento

DIPLOMACIA RUSSA

Bandeira branca? Putin diz que vai viabilizar comércio de grãos ucranianos e fertilizantes

Em conversa com o presidente da França e o chanceler da Alemanha, Putin afirmou que vai aumentar a oferta de grãos e fertilizantes

NÃO VINGOU

Terra 2.0 derrete mais de 60% no dia do lançamento; saiba por quê

A Terra 2.0 já acumula perdas; o renascimento da criptomoeda sofre com a perda de credibilidade, após falhas no protocolo da antiga moeda

NOVA CRIPTO NA ÁREA

Lançamento da Terra 2.0: vale a pena investir em um projeto criado pelos mesmos desenvolvedores da extinta Terra (LUNA)? Especialistas falam sobre nova criptomoeda

A resposta foi quase unânime: os analistas deixaram de acompanhar a Terra (LUNA) e não acreditam mais no projeto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies