2022-05-06T17:14:47-03:00
Camille Lima
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa tenta se firmar em alta com Petrobras (PETR4) e bancos, mas Nova York atrapalha; dólar avança para R$ 5,04

6 de maio de 2022
8:34 - atualizado às 17:14

RESUMO DO DIA: Os mercados renovam o mau humor da última quinta-feira e abrem em queda nesta manhã, à espera do payroll e de falas dos dirigentes do Federal Reserve (Fed) durante o dia. No Brasil, a queda do minério de ferro impede uma melhora do apetite por risco.

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

Sentindo o peso da queda vista em Nova York, o Ibovespa encerrou o dia em queda de 0,16%, aos 105.134 pontos.

FECHAMENTO EM WALL STREET
  • Nasdaq: – 1,40%
    S&P 500: – 0,56%
    Dow Jones: -0,29%

O dólar à vista encerrou o dia em alta de 1,17%

Liderando as perdas do dia desde o início do pregão, as ações da Petz (PETZ3) já são negociadas abaixo do preço do IPO, de R$ 13,75. A companhia apresentou os seus números do primeiro trimestre de 2022 e teve resultados considerados sólidos pelo mercado. Ainda assim,os papéis caem cerca de 15%.

Desempenho de PETZ3 desde o IPO

Com as bolsas americanas nas mínimas, o Ibovespa tem encontrado dificuldade para se manter no azul e voltou a operar em queda.

A bolsa brasileira opera instável nos últimos minutos. Embora o setor de banco e os papéis da Petrobras ajudem o Ibovespa a ter mais fôlego, o desempenho negativo das bolsas americanas dificultam a estabilização do índice.

RECOMPRA DE AÇÕES

Com a queda de mais de 20% no valor das ações desde o IPO, a Eletromidia (ELMD3) anunciou um programa de recompra de até 4.870.419 ações no mercado.

A aquisição acontecerá no prazo máximo de 18 meses, entre 9 de maio a 8 de novembro de 2023, e pode chegar a até 10% das ações da companhia em circulação.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA

Ibovespa caminha na contramão de Nova York e passa a operar em alta de 0,53%, a 105.860 pontos.

Movimento é sustentado pela alta da Petrobras após divulgação de resultado forte no 1T22. As ações preferenciais da petroleira (PETR4) avançam 2,37%, a R$ 32,77, enquanto os papéis ordinários (PETR3) registram valorização de 2,65%, a R$ 35,30.

Bancos também sobem depois do balanço robusto do Bradesco.

Enquanto isso, o dólar à vista desacelerou as altas, com ganhos de 0,42%, cotado a R$ 5,0489.

VISÃO DO CEO

No Bradesco (BBDC4), o aumento das dívidas em atraso há mais de 90 dias não assusta e o banco está relativamente otimista com o cenário para o resto do ano.

De acordo com o CEO do Bradesco, Octávio de Lazari, a expectativa é de que a inadimplência suba mais um pouco no segundo trimestre e, de julho em diante, mantenha-se estável até o fim do ano.

O índice de inadimplência terminou o primeiro trimestre atingindo 3,2% da carteira de crédito. No quarto trimestre, o índice estava em 2,8% e no mesmo período do ano passado em 2,5%.

CONFIRA OS DETALHES NESTA MATÉRIA

Depois de acumular ganhos de mais de 15% no ano, o Ibovespa passou a apresentar desempenho negativo em 2022.

A alta expressiva dos últimos dois dias não inibe a curva de juros, que segue se inclinando com a perspectiva de taxas mais elevadas no Brasil e nos Estados Unidos.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,31% 13,24%
DI1F25 DI Jan/25 12,48% 12,33%
DI1F26 DI Jan/26 12,33% 12,17%
DI1F27 DI Jan/27 12,32% 12,17%
TEMPORADA DE BALANÇOS DOMINA

O cenário macroeconômico é o principal gatilho para a queda do Ibovespa hoje, mas entre as maiores altas e quedas quem domina é a temporada de balanços.

Na primeira hora de negociação, as ações da Alpargatas (ALPA4) lideram os ganhos. Os analistas consideraram os resultados apresentados pela companhia no primeiro trimestre do ano como “resilientes”. A receita líquida cresceu 9% na comparação anual, puxado pelo avanço dos volumes da operação internacional.

O setor bancário, que vem sofrendo nas últimas semanas, tem uma sessão de recuperação após o Bradesco (BDDC4) apresentar um balanço forte. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
ALPA4 Alpargatas PN R$ 20,67 4,61%
COGN3 Cogna ON R$ 2,44 3,83%
LREN3 Lojas Renner ON R$ 23,21 1,49%
SANB11 Santander Brasil units R$ 32,34 1,13%
ITUB4 Itaú Unibanco PN R$ 23,49 0,86%

Na ponta negativa, os investidores repercutem o balanço da Petz, mesmo com resultado sólido e preservação das margens. Confira:

CÓDIGO NOME ULT VAR
PETZ3 Petz ON R$ 13,91 -8,31%
TOTS3 Totvs ON R$ 26,82 -6,22%
ECOR3 Ecorodovias ON R$ 5,90 -5,75%
LWSA3 Locaweb ON R$ 6,44 -5,57%
BIDI11 Banco Inter unit R$ 13,47 -4,74%

A preocupação com a trajetória dos juros americanos segue sendo o principal fator de aversão ao risco nesta sexta-feira, principalmente após o mercado de trabalho dos Estados Unidos mostrar mais força do que o esperado pelos analistas.

Comos números do payroll em mãos, os investidores voltam a apostar em uma alta de 0,75 ponto percentual na próxima reunião do Federal Reserve. O documento divulgado hoje mostra que o consumo das famílias americanas deve seguir avançando, dificultando o controle da inflação.

No Brasil, o setor de commodities pesa sobre o Ibovespa. Durante a madrugada, o minério de ferro apresentou um recuo de 5% após o governo chinês voltar a declarar o seu compromisso com a política de covid-zero, abrindo margem para novas restrições.

O Ibovespa terminou os leilões de abertura em queda de 0,15%, aos 105.147 pontos.

Já o dólar à vista opera em alta, com valorização de 1,23%, negociado a R$ 5,0899.

CURVA DE JUROS FUTUROS ABRE EM ALTA

Os juros futuros (DIs) abriram em alta nesta sexta-feira.

CÓDIGO NOME  TAXA  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,26% 13,04%
DI1F25 DI Jan/25 12,39% 12,32%
DI1F26 DI Jan/26 12,24% 12,17%
DI1F27 DI Jan/27 12,24% 12,19%

Ibovespa futuro abre em queda de 0,24%, aos 106.575 pontos. No mesmo horário, o dólar à vista avança 0,47%, negociado a R$ 5,0399.

BOLSAS NO EXTERIOR

As bolsas asiáticas foram contagiadas pela ressaca de Wall Street e fecharam predominantemente em baixa nesta sexta-feira (06).

Os temores dos investidores sobre a postura do Fed também alcançaram os mercados europeus, que abriram em queda nesta manhã.

E falando da terra do Tio Sam, a situação dos os futuros das bolsas em Nova York hoje cedo indica um dia de renovação de perdas.

  • Euro Stoxx 50: -1,52%
  • Dow Jones futuro: -0,39%
  • S&P 500 futuro: -0,57%
  • Nasdaq futuro: -0,79%
ESQUENTA DOS MERCADOS

Apesar de ser sexta-feira, os investidores não parecem ter motivos para “sextar”. A espera por dados importantes nos Estados Unidos e os efeitos da Super Quarta renovam o mau humor do mercado, que opera majoritariamente em queda nesta manhã.

No último pregão, o Nasdaq tombou 4,99%, o S&P 500 caiu 3,55% e o Dow Jones registrou queda de 3,11%. O Ibovespa fechou o dia em baixa de 2,80%, aos 105.304 pontos.

Por outro lado, o dólar à vista disparou em escala global, com alta de 2,30% frente ao real, a R$ 5,0165.

Sem muitos indicadores relevantes no cenário doméstico, apenas com a publicação do IGP-DI de abril pela FGV, cabe ao mercado aguardar a divulgação do payroll dos Estados Unidos de abril.

Leia o nosso Esquenta dos Mercados completo aqui.

 

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele