🔴 TCHAUZINHO, NUBANK: Itaú BBA revela o nome da ação que pode colocar o roxinho para comer poeira; CLIQUE AQUI  e descubra a resposta no nosso Telegram

2022-08-09T17:13:57-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Ibovespa acelera na reta final e volta a subir; dólar também avança

9 de agosto de 2022
9:12 - atualizado às 17:13

RESUMO DO DIA: Os investidores permanecem de olho nos dados de inflação dos Estados Unidos, divulgados na próxima quarta-feira (10). Por aqui, o Ibovespa reage aos dados do IPCA de julho e nas disputas políticas antes do início da campanha eleitoral oficial.

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

O dólar à vista encerrou o dia em alta de 0,32%, a R$ 5,1295

O movimento de realização de lucros também chegou ao mercado de juros, com os principais vencimentos encerrando o dia em alta. Nos últimos dias, os investidores já haviam precificado um possível encerramento do ciclo de aperto monetário.

CÓDIGO NOME  ULT  FEC
DI1F23 DI jan/23 13,72% 13,72%
DI1F25 DI Jan/25 11,91% 11,76%
DI1F26 DI Jan/26 11,72% 11,56%
DI1F27 DI Jan/27 11,76% 11,59%
REBAIXANDO A CVC (CVCB3)

O JP Morgan reduziu a recomendação dos papéis da CVC Brasil (CVCB3) de compra para neutro, com o preço-alvo passando de R$ 21 para R$ 10 em dezembro de 2023 — potencial de valorização de 26% se considerado o fechamento de ontem.

As ações da companhia lideram as quedas do Ibovespa, com um recuo superior a 9%.

CONFIRA OS DETALHES

A terça-feira tem sido de oscilações limitadas no Ibovespa. No inicio desta tarde, o índice tenta voltar a se proximar do campo positivo, mas o movimento de realização de lucros ganha força com o desempenho visto em Nova York.

BOLSONARO VS. BANCOS

A reunião do presidente Jair Bolsonaro com membros da Federação Brasileira de Bancos, a Febraban, ontem (8) ganhou manchetes sobre como ele minimizou a carta pela democracia assinada pela entidade.

Mas, na visão do diretor-presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, o encontro foi tranquilo.

CONFIRA TODOS OS DETALHES

FECHAMENTO NA EUROPA
  • Frankfurt: -1,08%
  • Londres: +0,05%
  • Paris: -0,53%
  • Stoxx-600: -0,59%
REALIZAÇÃO DE LUCROS

O forte recuo dos juros futuros nos últimos dias levou o setor de varejo e consumo a registrar forte alta, mas a terça-feira é de realização de lucro. Com o cenário mais averso ao risco, as mesmas empresas que lideraram os ganhos nas últimas sessões agora caem forte. Confira:

CÓDIGO NOME ULT VAR
CVCB3 CVC ON R$ 7,15 -9,95%
NTCO3 Natura ON R$ 16,78 -7,75%
AMER3 Americanas S.A R$ 13,25 -6,95%
HAPV3 Hapvida ON R$ 6,36 -6,88%
PETZ3 Petz ON R$ 10,94 -5,53%

Depois do dólar, o Ibovespa também mudou o sinal. Em Nova York, o Nasdaq tem forte queda, temendo uma piora no fornecimento de chips e microchips.

Depois de começar o dia em queda, o dólar à vista voltou a subir. Os investidores aguardam atentos pelos dados de inflação nos Estados Unidos.

SOBE E DESCE

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
SUZB3 Suzano ON R$ 49,56 2,02%
BBSE3 BB Seguridade ON R$ 30,08 2,00%
BBAS3 Banco do Brasil ON R$ 39,60 1,59%
CMIG4 Cemig PN R$ 12,09 1,43%
PETR4 Petrobras PN R$ 37,11 1,31%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGO NOME ULT VAR
CVCB3 CVC ON R$ 7,48 -5,79%
NTCO3 Natura ON R$ 17,23 -5,28%
AMER3 Americanas S.A R$ 13,72 -3,65%
HAPV3 Hapvida ON R$ 6,62 -3,07%
PETZ3 Petz ON R$ 11,23 -3,02%
PETROLEIRAS SOBEM EM BLOCO

O avanço das cotações do petróleo nesta terça-feira (09) ajuda um dos principais setores da bolsa brasileira.

O barril do Brent, utilizado como referência internacional, chegou a disparar mais de 1% ao longo da manhã, mas reduziu a queda nas primeiras horas do dia.

Por volta das 10h29, o barril do Brent subia 0,65%, negociado a US$ 97,31.

Confira o desempenho do setor na bolsa hoje:

Ativo Preço Variação
PETR4 R$ 37,21 1,58%
PETR3 R$ 39,84 1,30%
PRIO3 R$ 24,99 1,38%
RRRP3 R$ 34,70 1,23%
ENAT3 R$ 18,31 1,22%
CSAN3 R$ 20,11 0,20%

O Ibovespa encerrou os leilões de abertura em alta de 0,86%, aos 109.331 pontos.

O dólar à vista, por sua vez, recuava 0,25%, negociado a R$ 5,0973.

BALANÇO DO BTG PACTUAL (BPAC11)

O BTG Pactual (BPAC11) soube navegar as águas turbulentas do mercado no segundo trimestre deste ano. O banco registrou lucro líquido recorrente de R$ 2,175 bilhões, o que representa um avanço de 26,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Foi o segundo trimestre consecutivo em que o lucro do BTG bateu recorde. Com o resultado melhor, a rentabilidade sobre o patrimônio líquido (ROAE) subiu de 21% entre abril e junho do ano passado para 21,6%.

Confira os destaques do balanço do banco aqui. 

UM MUNDO TOMADO PELA INFLAÇÃO

O Brasil registrou a maior deflação de preços em mais de 40 anos. O ciclo de aperto monetário dos bancos centrais pelo mundo começa a surtir efeito nos preço.

Mas o que fazer quando o mundo sair do atoleiro inflacionário por completo?

A resposta você encontra na coluna de Matheus Spiess para o Seu Dinheiro de hoje. 

O Ibovespa futuro abriu em queda de 0,41%, aos 108.820 pontos.

No mesmo horário, o dólar à vista é negociado em alta de 0,18%, cotado a R$ 5,1221.

DEFLAÇÃO EM JULHO

O IPCA de julho registrou deflação de 0,68%, uma queda maior do que a mediana das projeções de recuo de 0,66%.

Com isso, o IPCA registrou a menor queda da série histórica, iniciada em janeiro de 1980.

No acumulado do ano, a inflação tem alta de 4,77% e avança 10,07% no ano.

IGP-M TEM QUEDA

O índice geral de preços – mercado (IGP-M), registrou deflação de 0,88% na primeira prévia de agosto, de acordo com a FGV.

A chamada “inflação do aluguel” coloca inda mais expectativa na publicação dos dados do IPCA de julho, divulgados mais tarde.

Com este resultado o índice arrefece a alta do ano para avanço de 7,51%. Em 12 meses, a alta é de 9,20%.

OPORTUNIDADE DE SWING TRADE NA BOLSA

O nosso colunista, Nilson Marcelo, identificou uma oportunidade na bolsa hoje: lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3).

Leia a recomendação completa do analista aqui.

BOLSAS PELO MUNDO
Confira aqui:
  • Dow Jones futuro: +0,03%
  • S&P 500 futuro: -0,19%
  • Nasdaq futuro: -0,42%
  • Euro Stoxx 50: -0,74%
  • Xangai (China): +0,32% (fechado)
  • Nikkei (Japão): -0,88% (fechado)
  • Petróleo Brent: US$ 93,45 (-1,55%)
  • Minério de ferro (Dalian, China): US$ 109,06 (+4,31%)
ESQUENTA DOS MERCADOS

Bom dia! Em meio a tantos ruídos que todos os dias movimentam os mercados financeiros, hoje é dia de prestar atenção aos sons do silêncio.

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, os investidores buscam sinais que justifiquem o recente rali das bolsas, que ontem levou o Ibovespa de volta a seu nível mais elevado em mais de dois meses.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) divulga nesta terça-feira (09) o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referente a julho.

Se as projeções se confirmarem, o indicador marcará a maior deflação já registrada no Brasil desde a implementação do Plano Real, em 1994.

Consequentemente, é esperada uma forte desaceleração da inflação acumulada nos últimos 12 meses. Entretanto, ela ainda deve ficar na casa dos 10%.

Quando esses números saírem, os investidores o juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), também prevista para a manhã de hoje.

A expectativa é que as informações se complementem de modo a esclarecer se a elevação da taxa Selic a 13,75% ao ano foi realmente o último ato do ciclo de aperto monetário iniciado em março de 2021.

Por aqui, todo esse movimento vai ocorrer antes da abertura do Ibovespa.

Vale ressaltar que a bolsa local tem vivido dias de glória nas últimas sessões e fechou o pregão de volta ao patamar de 108 mil pontos, puxado principalmente pelo desempenho da Petrobras (PETR3;PETR4).

Lá fora, as bolsas vivem mais um dia sem força, à espera dos dados de inflação dos Estados Unidos. Confira o que movimenta os mercados nesta terça-feira.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DIVIDENDO E CAPITAL

Localiza (RENT3) vai colocar R$ 346 milhões no bolso dos acionistas, mas pode “tirar” uma parte em outra operação; entenda

26 de setembro de 2022 - 10:34

Localiza (RENT3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP), mas chama acionistas para aumento de capital que pode chegar a R$ 150 milhões

é hora de comprar?

XP inicia cobertura da Eletrobras (ELET3) com recomendação de compra e acredita que o papel pode subir 55%

26 de setembro de 2022 - 10:14

Para a XP, potencial de valorização da Eletrobras (ELET3) tem relação com forte geração de caixa e mudanças trazidas pela privatização

SEM CALMA ANTES DA TORMENTA

Fundador da Terra (LUNA) é procurado em 195 países e bitcoin (BTC) aguarda dados dos EUA: saiba o que movimenta as criptomoedas esta semana

26 de setembro de 2022 - 10:00

Caça ao fundador da Terraform Labs não interfere diretamente nas cotações da Terra (LUNA): o token LUNA salta 5,77% na manhã desta segunda-feira (26)

DÚVIDA CRUEL

Os analistas preferem as ações de shoppings, enquanto os gestores apostam em fundos imobiliários do setor — qual ativo é o ideal para a sua carteira?

26 de setembro de 2022 - 9:34

A retomada do segmento alimenta o otimismo do mercado, mas desperta dúvidas sobre qual é a melhor maneira de aproveitar o bom momento

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Nova York sobe, mas Ibovespa opera em queda acima de 1%; dólar tem forte alta e atinge R$ 5,30

26 de setembro de 2022 - 9:04

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam em tom negativo nesta segunda-feira (26). Com a agenda esvaziada, os investidores mantêm-se cautelosos com a recessão global no radar, além da expectativa da divulgação de importantes dados macroeconômicos ao longo da semana, entre eles o índice de gastos com consumo pessoal (PCE), que mede a inflação nos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies