Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-19T14:24:41-03:00
Larissa Vitória
Um pé em Xangai

Negócio da China: Bradesco Asset lança fundo para investir em empresas do gigante asiático

O produto permite que investidores acessem empresas negociadas nas bolsas chinesas por meio do portfólio de diversos outros fundos

19 de abril de 2021
14:24
Display,Of,Stock,Market,Quotes
Imagem: Shutterstock

Está atento ao crescimento da economia e das empresas chinesas? A Bradesco Asset Management (Bram) também está e anunciou, nesta segunda-feira (19), o lançamento de um fundo com foco em ações do gigante asiático. 

O Bradesco China FI Ações IE é um fundo de fundos (FoF, da sigla em inglês) que permite o investimento em empresas negociadas nas bolsas de valores de Xangai e Shenzen. Por meio dele é possível acessar e se beneficiar do portfólio de diversos outros fundos que investem no país, como JP Morgan, Aberdeen Standard e Ninety One.

“A China é um mercado que chama cada vez mais a atenção do investidor. Essa nova opção de investimento chega para tornar ainda mais completo o nosso portfólio de forma que o cliente possa dispor da diversificação e das oportunidades que ele busca”, destaca Roberto Paris, Diretor Executivo do Bradesco em comunicado. 

Com taxa de administração de 0,5% ao ano, aplicação mínima inicial de R$ 1 mil e movimentações adicionais de R$ 500, o  fundo tem exposição cambial à moeda oficial chinesa (RMB). Além disso, trabalha com a estratégia Long Only, ou seja, busca retornos na alta das ações adquiridas, e não possui taxa de performance.

Outros produtos

Além do fundo chinês, o portfólio da Bram passa a contar com novos fundos internacionais com acesso a mercados competitivos de diversos países e foco em estratégias ativas de renomados gestores como Bridgewater, Wells Fargo e Marshall Wace. 

Para todos os produtos o valor de entrada é de R$ 1 mil e movimentações adicionais são de R$ 500. A taxa de administração é de 0,45% ao ano e não há taxa de performance. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Mais uma na lista

Fila de espera da B3 volta a crescer com registro de pedido de IPO da Ammo Varejo na CVM

A empresa, especializada em produtos de cama, mesa e banho, possui licença de uso da Artex, além de deter as marcas MMartan e Casa Moysés

Olimpíadas da bolsa

Ibovespa acima dos 140 mil pontos? Para a maioria dos assessores da XP, isso deverá ocorrer ainda em 2021

A pesquisa entrevistou profissionais do ramo para obter a visão dos assessores e, principalmente, dos seus clientes sobre os rumos da bolsa brasileira

Um olho no peixe...

EUA: Casa Branca comemora avanço do PIB no 2º trimestre, mas alerta para incertezas econômicas

O governo defendeu sua proposta de investimentos em infraestrutura como instrumento importante para manter o ritmo de crescimento

roxinho com mais crédito

Nubank promete aumentar limite em cartão de crédito de 35 milhões de clientes

Segundo a companhia, até o final de 2021, 10 milhões de clientes serão impactados pela novidade do cartão; três milhões em agosto

A vida depois da pandemia?

Ações da Multiplan sobem 5% após balanço que mostra recuperação dos shoppings

Resultados mostram avanço nas vendas e nas receitas de aluguel, à medida que a vacinação avança e os shoppings reabrem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies