';

🔴 O ‘NOVO PETRÓLEO’ FOI ENCONTRADO E JÁ É MOTIVO DE DISPUTA NO MUNDO — DESCUBRA AQUI

Cotações por TradingView
2021-08-10T13:33:21-03:00
Rafaella Bertolini
Alta nos preços

O dragão continua feroz: IPCA tem maior alta para julho em quase 20 anos – Veja os detalhes

O principal índice de evolução dos preços no país subiu 0,96% em julho, em linha com a estimativa dos economistas de 0,95%, conforme levantamento do Broadcast

10 de agosto de 2021
9:31 - atualizado às 13:33
ibovespa futuro dólar inflação hoje
Os dados do IPCA apontaram um aumento nos preços do próximo mês, e a inflação tem seus vilões segundo o IBGE - Imagem: Shutterstock

Nem mesmo os aumentos na Selic foram capazes de deter o dragão inflacionário, que volta a soltar fogo pela boca. Nesta manhã, o IBGE divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em julho, mostrando uma inflação ainda mais acentuada, embora em linha com as expectativas do mercado

O principal índice de evolução dos preços no país subiu 0,96% em julho, ante a estimativa dos economistas de 0,95%, conforme levantamento do Broadcast. 

O IPCA de julho representa a maior inflação para o mês desde 2002, quando foi registrado aumento de 1,19%.

No acumulado dos últimos 12 meses a inflação está em 8,99%. Em 2021, o índice acumula taxa de 4,76%, ainda mais distante da meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) que vai de 2,25% a 5,25% — o centro da meta para o ano é de 3,75%. 

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, oito tiveram alta de preços em julho, e novamente o maior impacto veio em habitação, que registrou um aumento de 3,10%.

Mais uma vez a energia elétrica 

A atual crise hídrica pesa nos preços da energia elétrica e segue sendo apontada como potencial fator de risco para a economia brasileira em 2021. Em julho o setor elétrico avançou +7,88%, influenciado principalmente pelo reajuste da taxa adicional da bandeira vermelha. 

Além do setor elétrico, outro avanço no grupo de habitação foi o preço do gás de botijão, que subiu +4,77% e do gás encanado +0,48%. Destaca-se também a variação da taxa de água e esgoto de +0,33%. 

Alimentação 

Comer em casa segue saindo salgado ao bolso dos brasileiros, a alimentação no domicílio passou de 0,33% em junho para 0,78% em julho, principalmente por conta das altas do:

  • Tomate (18,65%);
  • Frango em pedaços (4,28%);
  • Leite longa vida (3,71%)  
  • E das Carnes (0,77%). 

No lado das quedas, destacam-se:

  • Cebola (-13,51%);
  • Batata-inglesa (-12,03%)  
  • E Arroz (-2,35%). 

Veja os demais grupos do IPCA em julho

GrupoVariação
Junho (%)
Variação
Julho (%)
IPCA0,530,96
Alimentação e bebidas0,430,6
Habitação1,13,1
Artigos de Residência1,090,78
Vestuário1,210,53
Transporte0,411,52
Saúde e Cuidados Pessoais0,51-0,65
Despesas Pessoais0,290,45
Educação0,050,18
Comunicação-0,120,12

Rumo da Selic

O apetite do dragão faz com que a atenção do mercado se volte ao Banco Central. A expectativa é que o tom duro visto no comunicado da decisão que elevou a taxa Selic em um ponto percentual seja mantido, conforme sinalizado pela própria instituição, que já reconheceu em comunicado na última semana que deve aumentar o juro acima do nível neutro (de 6,50%) para conter os impactos inflacionários. 

O documento deixou aberta a possibilidade para um novo aperto monetário de 1 ponto em setembro, que levaria a Selic dos atuais 5,25% aos 6,25%.

O que dizem os analistas 

Para Étore Sanchez, analista da Ativa Investimentos, o IPCA de julho apresentou variação de 0,96%, apenas 2 bps acima da projeção da casa e 1 bp maior que a mediana do mercado.

No entanto, o economista chama a atenção para núcleos do indicador que mostram uma tendência de aceleração acentuada e salientou que o resultado exige atenção ao rumo da política monetária, ainda que não tenha havido mudança estrutural na estimativa do grupo de 6,8% para este ano. 

“Os núcleos seguiram dinâmica ascendente, e surpreenderam mais do que proporcionalmente nossa perspectiva. A média esperada era de 0,52%, mas o observado foi de 0,59%. Assim, o ritmo da inflação segue muito ruim e demandando atenção dos comandantes da política monetária”, diz Étore Sanchez.

Esta querendo fugir da mordida do leão? A Júlia Wiltgen separou os top 5 investimentos para quem não que pagar imposto, confira no vídeo abaixo:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

DIAS 28 E 29

Lula tem fim de semana com folga na agenda, #TBT e Kid Bengala no site do PT

29 de janeiro de 2023 - 15:09

Única perturbação ao fim de semana de Lula parece ter sido a invasão do site do PT por hackers, na madrugada de domingo

JÁ É RECORDE NA AUSTRÁLIA

Quase bilionário, Djokovic iguala recorde de Rafa Nadal em Grand Slams

29 de janeiro de 2023 - 11:18

Djokovic dá a volta por cima, vence mais uma final na Austrália e chega à marca de 22 conquistas de Grand Slam na carreira

FIM DE SEMANA EM CRIPTO

Bitcoin (BTC) firma-se acima dos US$ 23 mil com investidores de olho no Fed

29 de janeiro de 2023 - 9:32

Depois de passar o sábado sem estabelecer uma direção clara, o bitcoin amanheceu no azul hoje, com alta de quase 2% nas últimas 24 horas

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: a primeira super-quarta do ano trará decisões de juros no Brasil e nos EUA; BCE também se reúne

29 de janeiro de 2023 - 8:11

O Copom, o Fed, o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra (BoE) definem suas novas taxas de juros; dados do mercado de trabalho nos EUA também estarão no radar

LOTERIAS

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 115 milhões; Lotofácil tem 3 ganhadores

29 de janeiro de 2023 - 7:49

Enquanto a Lotofácil segue fazendo a alegria dos apostadores, Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies