2021-09-27T14:13:23-03:00
Ricardo Gozzi
NOVO SUSTO

Em crise de liquidez, concorrente da Evergrande esboça pedido de apoio a governo de cidade chinesa

Notícia provocou queda acentuada nas ações da Sunac, que fecharam hoje no nível mais baixo em 4 anos

27 de setembro de 2021
14:13
bandeira da China
O setor imobiliário chinês deve seguir pressionando as bolsas, apesar da recuperação do subíndice de Hong Kong - Imagem: Divulgação

A crise de liquidez no mercado imobiliário chinês acendeu o sinal de alerta em relação à situação de mais uma grande incorporadora chinesa.

Depois de a Evergrande ter chegado à iminência de um calote de sua vida, agora é a vez de a Sunac China Holdings buscar ajuda governamental para fazer frente à falta de liquidez de algumas de suas operações.

Em carta endereçada à prefeitura de Shaoxing, cidade de 5 milhões de habitantes situada ao sul de Xangai mais conhecida por sua aguardente de arroz, a Sunac requisita “apoio especial” do governo municipal para resistir à desaceleração das vendas em seus empreendimentos.

"Solicitamos sinceramente ao governo que nos forneça apoio especial, pois nossas operações em Shaoxing têm sido conduzidas com dificuldade e a situação se deteriora a cada dia", diz a carta atribuída a representantes da unidade local da Sunac e à qual o periódico Nikkei Asia teve acesso.

Governo chinês aperta o cerco contra especulação imobiliária

A carta não especifica o tipo de ajuda do qual a Sunac precisa, mas a circulação de uma cópia do documento pela internet durante o fim de semana desencadeou uma onda de vendas nos papéis da empresa. As ações da Sunac caíram mais de 9% na sessão de hoje em Hong Kong, atingindo o nível mais baixo em quatro anos.

A queda na demanda por imóveis construídos pelas grandes incorporadoras chinesas é atribuída às medidas implementadas pelo governo com o objetivo de fazer frente aos efeitos da especulação imobiliária.

Situação da Sunac é mais sólida que a da Evergrande, afirma Nomura

A Sunac ainda não se manifestou publicamente sobre o documento. Segundo analistas da Nomura Holdings, porém, a Sunac esclareceu que a carta seria “apenas um rascunho interno” para se comunicar com o governo local, e não um documento oficial.

Além disso, prossegue a Nomura, ainda que a Sunac não esteja imune ao aperto regulatório sobre o setor imobiliário, ela encontra-se numa situação mais sólida que a da Evergrande e não há o risco de um calote iminente.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas