Menu
2021-03-09T06:21:35-03:00
Estadão Conteúdo
balanço 4º tri

Magazine Luiza vê lucro ir a R$ 219 milhões no 4º tri e supera expectativas do mercado

8 de março de 2021
20:35 - atualizado às 6:21
Magazine Luiza
Imagem: Divulgação

A varejista Magazine Luiza encerrou o quarto trimestre de 2020 superando as expectativas do mercado. A companhia divulgou na noite desta segunda-feira (08) o seu resultado trimestral, com uma alta de 30,6% no lucro líquido, para R$ 219,5 milhões. No acumulado do ano passado, o resultado encolheu 57,5%, para R$ 391,7 milhões.

No critério "ajustado", sem considerar as despesas e receitas não recorrentes, o lucro líquido trimestral somou R$ 232,1 milhões, alta de 39,8% sobre outubro a dezembro de 2019. No ano de 2020, o lucro líquido ajustado atingiu R$ 377,8 milhões, queda de 25,1% em relação ao ano anterior.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) apresentou alta de 1,1% entre o último trimestre de 2019 e o mesmo período de 2020, para R$ 504,7 milhões. Na comparação entre os dois exercícios, de 2019 e 2020, houve queda de 14%, para R$ 1,527 bilhão.

Já o Ebitda ajustado do quarto trimestre atingiu R$ 523,8 milhões, alta de 5,6% sobre o mesmo período de 2019. No ano passado, o Ebitda ajustado atingiu R$ 1,506 bilhão, queda de 9,3% em relação a 2019.

A despesa financeira do quarto trimestre melhorou 36,8%, para R$ 118,8 milhões. No acumulado do ano, houve um salto de 483% na despesa financeira, de R$ 70,4 milhões em 2019 para R$ 410,5 milhões em 2020.

No padrão ajustado, seguindo a norma IFRS, a despesa financeira de 2019 foi de R$ 531,1 milhões, fazendo portanto que o indicador de 2020 apresente uma melhora de 22,7%.

A receita líquida da gigante do varejo atingiu R$ 10,065 bilhões no quarto trimestre de 2020, uma alta de 57,6% sobre o mesmo período de 2019. Entre janeiro e dezembro do ano passado, a receita somou R$ 29,177 bilhões, uma alta de 46,7% sobre o ano anterior.

O ano também foi marcado por um crescimento acelerado do e-commerce. Atualmente, cerca de dois terços de tudo o que o Magazine Luiza é pela internet. A participação do e-commerce do Magalu nas vendas totais passou de 45,3% para 65,6%.

'Vários anos em um'

"A maior pandemia em mais de um século nos obrigou a viver muitos anos em apenas um", diz o Magazine Luiza na mensagem da administração que comenta os resultados do quarto trimestre e do acumulado de 2020. Segundo a varejista, três prioridades foram elencadas: a saúde e segurança de todos que se relacionavam com a empresa, a garantia de continuidade das operações e a manutenção dos empregos. "Uma estava diretamente ligada às outras. Se falhássemos em uma, provavelmente falharíamos em todas", diz o texto.

Com todas as suas lojas fechadas em 20 de março de 2020, pela primeira vez em 63 anos de história da companhia, o Magazine Luiza implementou a Medida Provisória 936, para suspender contratos de trabalho e a redução de jornada e salários, reduziu os salários dos diretores e conselheiros e renegociou contratos de aluguel e de prestação de serviços. "O caixa, que já era de R$ 7 bilhões, foi reforçado por uma emissão de R$ 800 milhões, em debêntures", diz a companhia.

A varejista destaca que, no último trimestre do ano, mesmo com a abertura plena das lojas físicas, o e-commerce continuou a crescer em ritmo acelerado e mais do que dobrou em relação ao mesmo período do ano anterior - alta de 120%. As vendas no conceito mesmas lojas, por sua vez, avançaram 11% nos últimos três meses de 2020, mesmo com a redução do auxílio emergencial. "Geramos R$ 2 bilhões de caixa no período (R$ 3 bilhões no ano). E aumentamos em 40% o lucro líquido", afirma.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies