Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-10T18:08:26-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
que crise?

Klabin mais que dobra lucro no 4º trimestre, mas fecha 2020 com prejuízo

Apesar de pandemia, empresa registra crescimento de vendas, mas desvalorização do real acaba pesando na marcação da dívida

10 de fevereiro de 2021
9:59 - atualizado às 18:08
klabin
Imagem: Shutterstock

A Klabin (KLBN11) fechou o quarto trimestre com um desempenho operacional positivo, com crescimento de vendas e se beneficiando da melhora na cotação da celulose e a desvalorização do real, fazendo o lucro líquido mais que dobrar

Mas o resultado no acumulado de 2020 foi negativo, prejudicado justamente pela cotação do dólar.

A maior produtora de embalagens do país registrou um lucro líquido de R$ 1,3 bilhão nos últimos três meses de 2020, acima dos R$ 631 milhões registrados no mesmo período de 2019.  O desempenho veio em linha com o que esperava a maioria dos analistas, de acordo com estimativas levantadas pela agência de notícias “Bloomberg”.

Segundo a companhia, todas as linhas de negócios registraram crescimento no fim de 2020, resultando em um aumento de 22% da receita líquida, para R$ 3,3 bilhões. Excluindo o efeito da incorporação da International Paper, cujos ativos foram incorporados no trimestre, a receita cresceu 12%.

“Além do aumento no volume de vendas totais e o impacto positivo da desvalorização do real no período, ocorreram novos aumentos de preços em celulose, papéis e embalagens, em decorrência da forte demanda tanto no mercado local quanto no externo”, diz trecho do balanço da Klabin.

Este cenário, combinado com uma “disciplina de custos”, foi a justificativa dada pela companhia para o crescimento de 36% do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado no quarto trimestre, a R$ 1,3 bilhão, com a margem alcançando 40%, acima dos 36% de 2019.

Excluindo itens não recorrentes, o Ebitda ajustado avançou 15%, para R$ 1,1 bilhão, mas a margem recuou de 36% para 34%.

Dólar bom e ruim

O dólar teve efeitos positivos no desempenho operacional do quarto trimestre da Klabin, mas ele foi o responsável pelo prejuízo de R$ 2,4 bilhões no acumulado de 2020. Em 2019, ela teve um lucro de R$ 715 milhões.

Segundo a empresa, a alta de 29% do dólar em relação ao registrado no final de 2019 teve um efeito negativo de R$ 3,6 bilhões na linha de variação cambial líquida e no valor de marcação a mercado de swap de taxas de juros em R$ 2 bilhões, gerando um efeito negativo total de R$ 5,6 bilhões no resultado anual.

O prejuízo acabou ofuscando o bom desempenho operacional da Klabin em 2020. A empresa registrou uma receita líquida de R$ 12 bilhões no ano passado, alta de 16%, e o Ebitda ajustado cresceu 14%, para R$ 5 bilhões.

Caixa e dívida

A Klabin encerrou 2020 com um endividamento líquido de R$ 19,8 bilhões, redução de 6%, fazendo a alavancagem financeira – medida pela relação entre a dívida líquida e o Ebitda – recuar de 4,6 vezes para 4,0 vezes. Em dólar, a alavancagem permaneceu estável, em 4,0 vezes.

O fluxo de caixa livre ajustado, que desconsidera fatores discricionários e projetos de expansão, foi de R$ 1,1 bilhão no quarto trimestre, acima dos R$ 679 milhões do mesmo período de 2019. Segundo a Klabin, além do desempenho operacional, a geração de caixa do período também foi beneficiada pela variação positiva do capital de giro da Companhia de R$ 926 milhões.

Em 2020, o fluxo de caixa livre ajustado somou R$ 4,4 bilhões, acima dos R$ 1,4 bilhão de 2019.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Ele está de volta?

Setores fazem pressão por volta do horário de verão

Criado com a finalidade de aproveitar o maior período de luz solar durante a época mais quente do ano, o horário de verão foi instituído no Brasil em 1931 pelo então presidente Getúlio Vargas e adotado em caráter permanente a partir de 2008.

MANOBRAS

Juiz põe no banco dos réus ex-gestores do banco Máxima por gestão fraudulenta

O Banco Máxima S.A. informa que seus atuais acionistas assumiram a administração do banco em 2018, após aprovação pelo Banco Central, e que os integrantes da antiga gestão não têm mais qualquer relação com a instituição financeira

Foguete? Tô fora!

Warren Buffet: o bilionário que não quer conhecer as estrelas

Enquanto Bezos, Musk e Branson protagonizam a nova corrida especial, o Oráculo de Omaha prefere apenas observar

O melhor do Seu Dinheiro

O seu momento Sherlock Holmes

Na adolescência, ouvia que quem buscasse por romance policial brasileiro deveria ler algo do Rubem Fonseca. Era uma vontade minha achar uma história desse gênero que fosse mais próxima da minha realidade — e o filtro nacionalidade me pareceu o mais adequado.  A ideia surgiu depois de ter conhecido parte das histórias criadas por Agatha […]

Mesa Quadrada

Comentarista da ESPN Paulo Antunes fala da sua paixão por futebol americano e experiência no mercado financeiro

Ele conta sobre suas aventuras na cobertura de futebol americano e basquete e ainda revela seus investimentos na Bolsa em novo episódio do podcast Mesa Quadrada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies