Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-28T07:07:22-03:00
Renato Carvalho
Bela herança

Enquanto troca de comando, Santander tem maior lucro da sua história

No segundo trimestre, banco apurou ganhos de R$ 4,171 bilhões, crescimento de 8% na comparação anual, e acima do esperado pelo mercado

28 de julho de 2021
7:07
Sede do Santander Brasil
Sede do Santander Brasil - Imagem: Shutterstock

Sergio Rial vai deixar a presidência do Santander Brasil em dezembro, pouco antes de completar seis anos no cargo. E se os resultados recentes o credenciam a sair do posto para ser presidente do conselho de administração, o segundo trimestre de 2021 reforça a tese.

O Santander teve o maior lucro líquido da sua história, com R$ 4,171 bilhões entre abril e junho. O valor é 8% maior que o registrado no mesmo período de 2020, e 5,4% que no primeiro trimestre deste ano.

O número também veio acima da expectativa dos analistas, que esperavam lucro de R$ 3,881 bilhões, segundo o consenso Bloomberg.

A rentabilidade, medida pelo retorno sobre patrimônio líquido anualizado, que historicamente sempre foi motivo de questionamento pelos investidores, teve entre abril e junho o segundo maior patamar da história, segundo o Santander.

Veja cinco ações que podem se valorizar e turbinar sua carteira:

O ROE fechou em 21,6%, pouco abaixo do apurado no segundo trimestre de 2020, de 21,7%, sem contar a provisão extraordinária. Com a provisão, a rentabilidade um ano atrás foi de 11,8%.

A carteira de crédito do Santander cresceu quase 15% em 12 meses, fechando junho em R$ 439,8 bilhões. O destaque ficou com as linhas para pessoa física, com avanço de quase 21% em um ano.

Enquanto o crédito tem clara tendência de crescimento, a inadimplência não parece sair do lugar. Os atrasos superiores a 90 dias representaram 2,2% da carteira no segundo trimestre, ante 2,1% um ano antes, e 2,4% nos três primeiros meses de 2021.

As receitas com prestação de serviços e tarifas, indicador que, segundo analistas, poderia sentir mais os efeitos da concorrência, continuam com avanços firmes no Santander Brasil.

Foram R$ 4,7 bilhões entre abril e junho deste ano, valor 26,8% maior que o atingido pelo banco um ano antes. Destaque para as comissões com cartões, que subiram quase 40% em um ano.

Já a margem financeira bruta parece ter atingido um patamar de estabilidade. Foram R$ 13,4 bilhões no segundo trimestre, valor praticamente igual ao registrado um ano antes. Mas quando contada somente a margem com clientes, houve aumento de 4% em um ano.

Em termos relativos, a margem do Santander no trimestre foi de 10,2%, ante 10,9% no mesmo período de 2020.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Crise dos chips

Sem carro zero no mercado, preço de usados sobe até 20% e vendas disparam – carro usado chega a custar mais que um novo

Mercado enfrenta escassez de semicondutores, demanda alta por veículos e prazos longos para a entrega

sem escassez

Fábrica da Tesla em Xangai deve terminar setembro com 300 mil carros produzidos em 2021

Marca será atingida mesmo em meio a uma escassez global de semicondutores, disseram duas fontes da montadora à Reuters

Fim da pandemia

CEO da Pfizer prevê que voltaremos à vida normal dentro de um ano, mesmo com novas variantes do coronavírus

Albert Bourla acredita que vacinação contra a covid-19 se tornarão anuais, para cobrir novas variantes, e que vacinas durarão um ano

ainda não acabou

Controladores da Alliar (AALR3) contratam XP para vender o negócio, diz jornal

Empresa de diagnósticos foi alvo, recentemente, de disputa pelo controle pela Rede D’Or e fundos ligados ao empresário Nelson Tanure

Mais recursos

Democratas aprovam pacote de US$ 3,5 tri no Comitê de Orçamento da Câmara dos EUA

Recursos serão destinados à rede de segurança social e programas relacionados a mudanças climáticas. Obtenção de quase unanimidade para aprovação no Congresso é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies