Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-11-04T07:49:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
CORRETORA BILIONÁRIA

Ações da XP disparam em NY com lucro e receitas recordes no terceiro trimestre; veja os destaques da corretora

Por aqui, o mercado deve reagir ao resultado no próximo pregão; os BDRs da corretora negociados na B3 fecharam o dia em queda de 2,99%

3 de novembro de 2021
19:48 - atualizado às 7:49
XP Investimentos Dólar
As ações, que já haviam encerrado a quarta-feira (3) em alta, continuaram subindo nas negociações after hours. Imagem: Montagem / Andrei Morais

A XP (XPBR31) fechou o terceiro trimestre com lucro líquido ajustado de R$ 1 bilhão, um salto de 82% frente ao mesmo intervalo de 2020 e de 1% em relação ao trimestre anterior. As receitas líquidas da corretora avançaram 51% em relação ao terceiro trimestre do ano passado, para R$ 3 bilhões.

Segundo o sócio e diretor financeiro da XP, Bruno Constantino, tanto lucro quanto receitas são recorde. "A despeito de sazonalmente o segundo trimestre ser de receitas maiores, fechamos com receita recorde e também lucro recorde, novamente acima de R$ 1 bilhão", destacou em conversa com jornalistas.

Os números animaram os investidores. As ações, que já haviam encerrado a quarta-feira (3) em alta, continuaram subindo nas negociações after hours em Nova York. Por volta das 19h45, os papéis avançavam 4,98%, a US$ 35,00.

Por aqui, o mercado deve reagir ao resultado no próximo pregão. Os BDRs da corretora negociados na B3 fecharam o dia em queda de 2,99%, a R$ 187,42. Veja outros destaques do balanço na comparação com o terceiro trimestre do ano passado:

  • Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações, da sigla em inglês) ajustado: R$ 1,2 bilhão (+61%);
  • Margem bruta: 71,8% (+5,1 pontos percentuais);
  • Margem líquida ajustada: 32,8% (+5,7 pontos percentuais);

Ativos sob custódia também crescem

A XP também reiterou dados divulgados previamente, mostrando que o total de ativos sob custódia atingiu R$ 789 bilhões em 30 de setembro de 2021, 40% de crescimento na comparação com o terceiro trimestre de 2020 e queda de 3% ante o trimestre anterior.

A expansão em 12 meses reflete captação líquida de R$ 219 bilhões e uma valorização de mercado de R$7 bilhões, por conta da desvalorização do mercado no terceiro trimestre de 2021. No terceiro trimestre, a captação foi de R$ 37 bilhões, uma queda de 50% se comparada aos R$ 75 bilhões captados no segundo trimestre.

Já a base de clientes ativos cresceu 25% no terceiro trimestre frente ao mesmo intervalo de 2020, e 5% se comparado ao segundo trimestre, atingindo 3,296 milhões.

"O juro mais alto não muda o cenário de captação forte, uma vez que a XP tem uma história de disrupção de longo prazo e que não depende do cenário macro. Temos um modelo de negócio resiliente e a transformação que fazemos no mercado está no inicio", afirmou Constantino.

A corretora informou que a média mensal de adições de clientes se manteve relativamente estável em 52 mil no terceiro trimestre, contra 49 mil no segundo trimestre. Por fim, a média de negociações diárias do varejo foi de 2,6 milhões no terceiro trimestre, representando uma queda de 1,5% em base anual e também trimestral.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

VEM LEI POR AÍ?

Bitcoin (BTC) no Congresso: Projeto de lei coloca BC como regulador de exchanges e imposto zero para mineração por fontes renováveis

O relator do projeto enviou parecer para a Comissão de Assuntos Econômicos, que pediu mais tempo para analisar as propostas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies