Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-25T17:02:36-03:00
Rafael Lara
Rafael Lara
Estudante de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero de São Paulo. Trabalhou em empresas como: TV Gazeta, Suno Research e Portal iG.
Musk em crise?

Ações da Tesla despencam após escassez global de chips e fechamento de fábrica

A equipe de linha de produção do Modelo 3 foi informada de que sua linha ficaria inativa do dia 22 de fevereiro a 7 de março.

25 de fevereiro de 2021
15:54 - atualizado às 17:02
tesla
Imagem: Shutterstock

As ações da Tesla (TSLA34) tem tido fortes quedas após a interrupção da produção de seu sedã, o "Modelo 3", na sua fábrica de Fremont, Califórnia, graças a uma escassez global de chips que está afetando a indústria automobilística mundial.

Leia também:

De acordo com a Bloomberg, a equipe de linha de produção do Modelo 3 foi informada de que sua linha ficaria inativa do dia 22 de fevereiro a 7 de março.

O relatório divulgado aos funcionários não especificou o motivo para a Tesla ter pausado as operações, mas a contínua escassez global de chips pode ter sido um dos motivos, principalmente após uma tempestade de inverno em Austin, Texas, que fez a fábrica da Samsung fechar e os chips para as grandes empresas do automobilismo.

Vale lembrar que a Tesla não é a única montadora fechando lojas recentemente para lidar com a escassez de chips. A General Motors estendeu as paralisações de uma semana em três montadoras no início de fevereiro para mais de um mês até o meio de março. A Ford também fechou sua fábrica em Louiville pelo mesmo motivo.

Além disso, está havendo uma queda generalizada com as big techs em Nasdaq com a opção dos investidores por ativos da renda fixa à ações das grandes empresas na renda variável. Acompanhe a nossa cobertura de mercados.

Por volta das 15h26, as ações da Tesla (TSLA) em Nasdaq estavam caindo 5,48%, cotadas a US$ 701,34. Na semana, as ações da empresa estão em queda acima de 12% e fizeram o patrimônio do bilionário Elon Musk perder mais de US$ 15 bilhões e não conseguir passar Jeff Bezos como o homem mais rico do mundo. O BDR da companhia (TSLA34), negociado na B3, estava em queda de 3,98%, cotado a R$ 120,89.

*Com informações de Bloomberg News.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NA B3

Ações do setor de saúde foram as que menos sofreram em agosto

Levantamento da Teva Índices mostra que os papéis do comércio e da construção foram os mais castigados no mês passado

NÃO AGRADOU

IBP critica mudanças regulatórias na venda de combustíveis

Representante das grandes distribuidoras de combustíveis defende manutenção do modelo de exclusividade no mercado de revenda de derivados de petróleo

Tempo de entrega menor

Randon terá linha férrea própria no interior de SP

Linha férrea partirá de dentro da fábrica e percorrerá 1,5 km transportando vagões, reboques e semirreboques a um ramal principal na mesma cidade; expectativa é de que a obra fique pronta em 2023

Entrevista exclusiva

Após vender Hortifruti para Americanas, Partners Group quer investir US$ 300 milhões e lançar fundo para o varejo no Brasil

Com um total de US$ 120 bilhões sob gestão, responsável pela gestora suíça no Brasil e América Latina fala ao Seu Dinheiro sobre potenciais alvos de aquisição e “concorrência” com IPOs na B3

em busca de recursos

B3 levanta US$ 700 milhões e revisa projeção de alavancagem

Segundo operadora da bolsa brasileira, a emissão faz parte da gestão ordinária dos negócios da companhia e visa diversificar as fontes de captação a condições atrativas de financiamento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies