O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-27T18:22:00-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Bola de cristal

Conheça as previsões (provavelmente erradas) do mercado para os principais indicadores da economia em 2022

Depois de errarem praticamente tudo em 2021, analistas preveem inflação menor, Selic perto das máximas, dólar forte e PIB mais fraco no ano que vem

27 de dezembro de 2021
11:13 - atualizado às 18:22
pessoa lendo o futuro na bola de cristão
Imagem: Shutterstock

Como será o amanhã? Essa é a pergunta que o mercado financeiro procura responder a todo momento. Afinal, um acerto nas previsões para o desempenho dos principais indicadores da economia pode valer muito dinheiro.

Mas a bola de cristal da maioria dos economistas não costuma ser bem lustrada. É bem comum que as expectativas para variáveis como o câmbio, inflação e o PIB passem bem longe da realidade. Ainda mais em momentos de crise como a da pandemia da covid-19.

O principal termômetro das previsões do mercado para o desempenho da economia é publicado todas as semanas pelo Banco Central. Trata-se do boletim Focus, que reúne em um relatório as expectativas de dezenas de instituições financeiras.

E o que diz a edição mais recente do relatório, divulgado nesta segunda-feira?

No cenário previsto pelo mercado, a inflação medida pelo IPCA vai desacelerar em 2022 após a disparada neste ano. Ainda assim, ficará levemente acima do teto da meta estipulada para o ano que vem, de 3,5%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

As projeções também indicam que o processo de alta da Selic está perto do fim. Isso porque a taxa básica de juros está atualmente em 9,25% ao ano, e o Banco Central já sinalizou mais uma elevação de 1,5 ponto, que pode levar a Selic para 10,75% em janeiro. Esse percentual é bem próximo dos 11,50% que o mercado espera para a taxa no fim de 2022.

O aperto dos juros deve ajudar a reduzir a inflação, mas também a economia. Pelas estimativas do mercado coletadas no relatório Focus, o PIB do Brasil deve sofrer uma freada brusca e crescer apenas 0,42% no ano que vem.

Confira a seguir as projeções para os principais indicadores da economia em 2022:

IndicadorProjeção
IPCA5,03%
PIB0,42%
DólarR$ 5,60
Selic11,50%
Fonte: Relatório Focus do Banco Central

Previsões erradas

É provável, contudo, que tudo o que você acabou de ler esteja errado. Já virou piada no mercado comparar as projeções de fim de ano do boletim Focus com o que de fato aconteceu. E 2021 se mostrou uma verdadeira cilada para os analistas.

A expectativa da maioria das instituições em dezembro do ano passado era que o repique da inflação fosse temporário. Portanto, não haveria razões para o Banco Central promover um ajuste tão firme da Selic como o que acabou ocorrendo.

Mas tivemos também algumas surpresas positivas em relação às previsões. Foi o caso do PIB, que até o terceiro trimestre deste ano apresentou um resultado melhor que o esperado no fim de 2020.

Ainda faltam alguns dias para 2021 acabar e nem todos os indicadores para o ano fechado são conhecidos. Mas já é possível conferir a diferença (em alguns casos brutal) entre a expectativa e a realidade do mercado:

IndicadorExpectativa (em dezembro de 2020)Realidade
IPCA3,32%10,42% (IPCA-15 de dezembro)
PIB3,40%4,51% (projeção mais recente)
DólarR$ 5,00R$ 5,68 (cotação de hoje)
Selic3,00%9,25%
Fontes: Relatório Focus do Banco Central, IBGE e mercado

O que é o Relatório Focus do Banco Central?

O Relatório Focus é publicado semanalmente pelo Banco Central e reúne as expectativas de mercado para vários indicadores da economia coletadas até a sexta-feira anterior à divulgação.

O boletim traz a evolução e o comportamento semanal das previsões para índices de preços, atividade econômica, câmbio, taxa Selic, entre outros indicadores.

Atualmente, estão habilitadas para participar da coleta de projeções aproximadamente 140 instituições. Entre elas estão bancos, gestores de recursos, distribuidoras e corretoras, além de consultorias e outras empresas não financeiras.

Mesmo que as previsões se mostrem muitas vezes furadas, elas são importantes para balizar as ações do Banco Central. As expectativas de inflação, por exemplo, podem indicar a necessidade de o BC agir para evitar que, no caso de elas estarem muito acima da meta, acabem se tornando uma profecia autorrealizável.

Leia também:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

concorrência no varejo

Magalu ameaçada? Dona da rival Shopee tem salto na receita e lidera aplicativos baixados no Brasil

Papéis da controladora da Shopee subiram 14% na bolsa de Nova York (Nyse) ontem (18) e fecharam o pregão valendo US$ 80,14

EM TEMPO REAL

TCU retoma julgamento da privatização da Eletrobras (ELET3) hoje; acompanhe ao vivo

O governo está otimista com a perspectiva de que o processo seja aprovado pelo tribunal

DE ROUPA NOVA

Com foco em criptomoedas e NFTs, Zuckerberg muda o nome do Facebook Pay para Meta Pay; entenda as alterações

Novo passo em direção ao metaverso inclui na plataforma de pagamentos e negociações usada no WhatsApp as funções de empréstimos e investimentos em ativos digitais

NA SAÚDE E NA DOENÇA

Parceria bilionária entre Dasa (DASA3) e Inspirali, da Ânima (ANIM3), sai do papel com foco em formação médica; confira detalhes do projeto

Iniciativa deve beneficiar os mais de 10 mil estudantes de Medicina da Inspirali assim como os médicos que fazem parte das mais de 900 unidades de medicina diagnóstica e hospitais da Dasa

MEME-STABLECOIN

Shiba Inu (SHIB) quer lançar própria stablecoin depois do fracasso da TerraUSD (UST); entenda porque isso é uma furada

Analistas não enxergam a Shiba Inu como um bom investimento e a crise das stablecoins não deve ajudar o projeto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies