Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-30T10:00:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Boletim focus semanal

PIB mais enxuto e novo aumento na inflação: confira as perspectivas do mercado para economia brasileira

Economistas ouvidos pelo Banco Central, aumentaram pela 21ª semana a estimativa para o IPCA, que passou de 7,11% para 7,27%

30 de agosto de 2021
9:52 - atualizado às 10:00
Dinheiro
Imagem: Shutterstock

De acordo com o Boletim Focus desta segunda feira (30), o mercado diminuiu a projeção para o crescimento da economia brasileira. A expectativa para o PIB (Produto Interno Bruto), que há uma semana era de 5,27%, passou para 5,22%. Um mês atrás era de 5,30%.

Para 2022, os economistas ouvidos pelo relatório do Banco Central mantiveram a elevação de 2,00% para economia.

  • PIB para 2023: permaneceu em 2,50%
  • PIB para 2024: permaneceu em 2,50%

Novo boletim, novo aumento na inflação...

Na última quarta-feira (25), o IBGE divulgou o resultado do IPCA-15 (Índice de Preço ao Consumidor Amplo -15), - considerado uma prévia da inflação do mês de agosto - que ficou em 0,89%. Acima das expectativas dos economistas, e evidenciando o aumento dos preços no país.

Acompanhando o tom, o mercado aumentou pela 21ª semana a projeção para o índice, que foi de 7,11% para 7,27%, uma elevação de 0,16 ponto percentual.

A projeção já está bem acima da meta perseguida pelo Banco Central para inflação, cuja mediana é de 3,75%, sendo podendo ficar 1,5 ponto percentual para baixo, ou para cima (de 2,25% a 5,25%).

Para 2022, a estimativa passou de 3,93% para 3,95%.

  • IPCA para 2023: permaneceu em 3,25%
  • IPCA para 2024: permaneceu em 3,00%

Taxa básica de juros

Quanto a taxa básica de juros (selic), utilizada como ferramenta para conter a inflação, a projeção se manteve igual na última semana, em 7,50% em 2021.

  • Selic para 2022: permaneceu em 7,50%
  • Selic para 2023: permaneceu em 6,50%
  • Selic para 2024: permaneceu em 6,50%

Câmbio

O mercado estima que a moeda norte-americana fique em R$ 5,15, há uma semana atrás a expectativa era de R$5,10. Para 2022, a projeção para o câmbio permaneceu em R$ 5,20..

A projeção anual de câmbio publicada no Boletim Focus passou a ser calculada com base na média para a taxa no mês de dezembro, e não mais no valor projetado para o último dia útil de cada ano. A mudança foi anunciada em janeiro pelo Banco Central. Com isso, a autarquia espera trazer maior precisão para as projeções cambiais do mercado financeiro.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

Costurando uma saída

Não faz muito tempo que usei este mesmo espaço para lembrá-lo de como o mercado não gosta de incertezas e a falta de uma leitura clara sobre o futuro acaba prejudicando os negócios na B3. O dia de hoje veio para provar que, mesmo em meio às incertezas, ter uma noção mais clara do caminho que […]

carreira e diversidade

Magazine Luiza abre inscrições para 2º programa de trainees exclusivo para pessoas negras

Programa aceita candidatos formados entre dezembro de 2018 e dezembro de 2021, em qualquer curso superior; fluência em língua inglesa e experiência profissional não fazem parte dos pré-requisitos

pós-brumadinho

Vale (VALE3) muda alto escalão e tenta reforçar discurso ESG

Luciano Siani Pires, que desde 2012 ocupa posição de vice-presidente finanças e RI, assumirá a vice-presidência de estratégia e transformação de negócios, cargo criado em março pela mineradora

Troca de comando

Gustavo Raposo renuncia ao cargo de presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras (PETR4); sucessor já foi escolhido

Com a saída de Raposo, o conselho da empresa deverá deliberar sobre a nomeação do atual diretor de Serviços para o comando

atenção, acionista

Dividendos: WEG (WEGE3) paga R$ 86,8 milhões em juros sobre capital próprio

Valor líquido é de R$ 0,017 por ação; terão direito aos proventos acionistas na base em 24 de setembro, segundo a companhia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies