Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-18T17:06:05-03:00
Estadão Conteúdo
Melhor trimestre da história

Lucro líquido ajustado da XP cresce 104% e atinge de R$ 846 milhões no 1º tri

No período encerrado em 31 de março, a companhia atingiu R$ 715 bilhões em ativos sob custódia (AUC na sigla em inglês), avanço de 96% na comparação com igual período de 2020

4 de maio de 2021
19:25 - atualizado às 17:06
XP Investimentos Dólar
Imagem: Montagem / Andrei Morais

A XP Inc. registrou um lucro líquido ajustado de R$ 846 milhões no primeiro trimestre deste ano, representando alta de 104% em relação ao mesmo período do ano anterior e de 17,3% em comparação ao quarto trimestre do ano passado. A receita bruta foi de R$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre de 2021, ante R$ 1,85 bilhão do mesmo trimestre de 2020, alta de 50%.

O Ebtida Ajustado (lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) também registrou avanço no período, chegando a R$ 1 bilhão no trimestre - 75% a mais em relação ao primeiro trimestre de 2020. A margem líquida ajustada avançou para 32,2% no primeiro trimestre, de 23,9% no mesmo intervalo de 2020 e de 30,1% no quarto trimestre de 2020.

"Tivemos o melhor trimestre de nossa história, e reinvestiremos 100% do resultado em nosso crescimento. A escalabilidade e rentabilidade do nosso modelo de negócios permite acelerar investimentos em novas frentes, como o universo de serviços e produtos bancários", afirmou o sócio e diretor financeiro da XP, Bruno Constantino. Segundo ele, a companhia fechou o primeiro trimestre com recorde em todas as métricas operacionais e de resultado.

No período encerrado em 31 de março, a companhia atingiu R$ 715 bilhões em ativos sob custódia (AUC na sigla em inglês), avanço de 96% na comparação com igual período de 2020. A XP Inc. somou um total de 3 milhões de clientes ativos no primeiro trimestre de 2021, um aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano passado.

Embora afirme que a XP irá alcançar R$ 1 trilhão em ativos sob custódia, Constantino frisou que a data é o menos importante. "Isso é o menos relevante, queremos ter garantia de que os nossos 3 milhões de clientes estão sendo bem atendidos", afirmou.

A média mensal de entrada de clientes aumentou de 44 mil no quarto trimestre de 2020 para 72 mil no primeiro trimestre de 2021, refletindo a sazonalidade e a redução das taxas de corretagem para negociação de ações online na Rico e na XP no terceiro trimestre de 2020, além dos esforços contínuos da companhia na atração e retenção de clientes e reconhecimento da marca.

Em termos financeiros, os ingressos líquidos mensais foram de R$ 14,2 bilhões durante o primeiro trimestre, um aumento de 15% frente ao quarto trimestre. O volume diário de transações do varejo com ações, futuros e fundos imobiliários bateu 2,3 milhões, o que é um volume recorde histórico, de acordo com Constantino. A XP encerrou o primeiro trimestre com uma carteira de crédito de R$ 4,7 bilhões, crescimento de 22% frente ao quarto trimestre.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil segue pressionando a curva de juros, mas Ibovespa e dólar conseguem alguma recuperação

O Ibovespa bateu na trave e o Banco Central conseguiu segurar o câmbio, mas a pressão sobre as contas públicas segue castigando a curva de juros

Carros elétricos em alta

Para a Tesla (TSLA34) de Elon Musk, não há crise no setor automotivo: o terceiro trimestre teve lucro recorde

A Tesla (TSLA34) vai na contramão do restante do setor: a empresa de Elon Musk está vendendo mais carros e reportou um balanço forte no 3T21

AULA DE GIGANTES

De Round 6 a Mano Brown e Luiza Trajano, aprenda 5 ensinamentos para multiplicar seu patrimônio

Referências do mercado financeiro podem trazer insights relevantes para os investidores; confira algumas que o ‘Seu Dinheiro’ listou

Contornando o teto

Economistas veem ‘contabilidade criativa’ em negociação do Auxílio Brasil

Parte do benefício, com parcelas de R$ 400, deve ficar de fora da regra que comanda o avanço das despesas públicas brasileiras

De onde virá o dinheiro?

Governo confirma Auxílio Brasil em R$ 400, mas sem revelar de onde vai tirar o dinheiro para bancar o benefício

O ministro da Cidadania não respondeu às perguntas da imprensa nem confirmou a fonte de recursos para o novo programa social, o que é a grande preocupação dos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies