Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-04T13:07:44-03:00
Larissa Vitória
Corrida dos bilionários

Após queda nas ações da Amazon, Jeff Bezos não é mais o homem mais rico do mundo; veja quem assume o posto

Menos de duas semanas depois sua viagem ao espaço, o bilionário viu seu patrimônio encolher US$ 13,9 bilhões em apenas um dia

2 de agosto de 2021
17:11 - atualizado às 13:07
Jeff Bezos
Imagem: Divulgação

Jeff Bezos foi, quase literalmente, do céu ao inferno em poucos dias. Após o sucesso do primeiro voo tripulado da Blue Origin, sua empresa de turismo espacial, o bilionário anunciou que já havia vendido US$ 100 milhões em bilhetes para viagens futuras e se preparava para engordar ainda mais a carteira.

Porém, menos de duas semanas depois do feito, o patrimônio de Bezos sofreu um duro revés. Composta em sua maioria por sua participação na Amazon, a fortuna diminuiu US$ 13,9 bilhões em apenas um dia, após as ações da gigante do varejo derraparem mais de 7% na última sexta-feira (2).

A queda — motivada por um balanço trimestral que, apesar de mostrar crescimento, ainda decepcionou os analistas — baixou o patrimônio de Bezos a US$ 192,6 bilhões e permitiu que Bernard Arnault o substituísse no posto de “homem mais rico do planeta”, com US$ 195,8 bilhões. Você pode saber mais sobre o homem que tomou o lugar de Bezos no nosso Instagram, clique na imagem abaixo:

Esta não é a primeira vez que o bilionário francês da moda — presidente do grupo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), que também inclui marcas como Fendi, Christian Dior e Givenchy — toma a coroa do fundador da Amazon neste ano, mas o movimento pôs fim a um reinado de 50 dias consecutivos de Bezos.

Antes de continuar, um convite: nossa colunista Larissa Quaresma fez uma análise completa sobre a Raízen (RAIZ4), na qual calcula um potencial de alta de mais de 50% após o IPO. Assista abaixo e aproveite para se inscrever no nosso canal do YouTube:

Dias de glória

Antes de amargar a queda nas ações da joia de sua coroa, Jeff Bezos fez história em 2020 ao se tornar a primeira pessoa a atingir a marca dos US$ 200 bilhões. Segundo o Bloomberg Billionaires Index, o bilionário possuía um patrimônio de US$ 202 bilhões (cerca de R$ 1,1 trilhão) em agosto do ano passado.

E o crescimento da riqueza do fundador da Amazon não é uma exceção entre os outros membros do clube dos super-ricos. Cerca de 86% dos 2.755 bilionários do mundo aumentaram seu patrimônio em 2020. Somados, os ganhos chegam a US$ 5 trilhões no ano marcado pela pandemia.

Quer investir em empresas dos EUA sem enfrentar a burocracia e taxas de corretoras internacionais? Conheça BDRs para incluir em seu portfólio em 2021 neste vídeo exclusivo no canal do Seu Dinheiro:

*Com informações do Market Watch

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Eletrobras, Correios e mais

Ativos na mesa: nova proposta para precatórios pode incluir ações de estatais em acordos de pagamento

Além das estatais, na lista de ativos que poderiam entrar na negociação estão imóveis, barris de petróleo do pré-sal e concessões de rodovias e ferrovias, por exemplo

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Sob nova direção

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam e ações disparam 9%. Hora de comprar UGPA3?

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

B3 (B3SA3) recua quase 3% com ocupação do MTST; movimentos sociais protestam contra o governo e a desigualdade social na sede da Bolsa

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies