🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
LONGE DOS ESCRITÓRIOS

Na contramão de Elon Musk: Amazon, empresa de Jeff Bezos, não tem planos de retorno ao trabalho presencial

A gigante de tecnologia adotou o modelo de trabalho remoto no ano passado, em que a quantidade de idas ao escritório é determinada pelos gerentes dos setores

Liliane de Lima
8 de setembro de 2022
16:50 - atualizado às 15:12
Fachada de vidro da Amazon com logo à frente
Amazon - Imagem: Sundry Photography/Shutterstock

Voltar ao escritório de forma definitiva não deve ser a realidade dos colaboradores da Amazon, pelo menos por enquanto. Andy Jassy, CEO da gigante de tecnologia, afirmou que a companhia não planeja fazer seus funcionários retornarem às atividades presenciais. 

A empresa, que adotou o modelo remoto de trabalho no início de março de 2020, flexibilizou a jornada de trabalho no ano passado e passou a funcionar no formato híbrido desde então. 

Em outubro de 2021, Jassy disse que a Amazon deixaria para os gerentes decidirem a frequência de idas aos escritórios dos funcionários, após ser criticado por defender o retorno a uma “cultura centrada no escritório”. 

“Acho que há algumas coisas que são mais difíceis de fazer remotamente. Acho que é um pouco mais difícil inventar remotamente", disse o CEO da gigante de tecnologia em uma conferência em Los Angeles. 

Além disso, Jassy disse que a Amazon está “mais aberta” a recrutar profissionais de qualquer local, em vez de concentrar apenas em áreas onde tem escritórios. 

Amazon na contramão das gigantes de tecnologia

A volta integral aos escritórios é alvo de discussões no mundo corporativo, inclusive entre as gigantes de tecnologia como a Amazon. 

A Apple foi uma das primeiras a determinar o retorno aos escritórios, no ano passado, mas ainda no formato híbrido. Desde então, os colaboradores passaram a trabalhar pelo menos três vezes por semana em formato presencial. 

Em abril, o Google exigiu que seus funcionários em vários locais dos EUA retornem ao escritório pelo menos três dias por semana. No mesmo mês, a Meta, dona do Facebook, permitiu a continuidade do modelo remoto integral. 

Contudo, a maior polêmica sobre a volta ou não aos escritórios veio de Elon Musk, dono da Tesla, em junho. Em e-mail enviado aos funcionários, o bilionário exigiu o retorno aos escritórios — caso contrário, os colaboradores deveriam deixar a empresa. 

Por fim, o CEO da Amazon, em janeiro, se manifestou a favor da volta integral aos escritórios, mas deixou nas mãos dos gerentes de departamento a decisão de retorno.

O que os colaboradores realmente querem?

A exigência ao retorno ao trabalho presencial é um dos motivos que encabeçaram o fenômeno “Great Resignation”, ou seja, a onda de demissões voluntárias nos EUA, e que, posteriormente, chegou a outros países, incluindo ao Brasil.

No último mês de março, cerca de 4,5 milhões de americanos saíram ou trocaram os seus empregos. Entre os brasileiros não foi diferente: mais de 600 mil trabalhadores pediram as contas, segundo o Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged), do IBGE.

Isso porque os trabalhadores não querem abrir mão da flexibilidade da jornada de trabalho, conquistada durante a pandemia. 

Hoje, cerca de 77% dos profissionais passaram a considerar a possibilidade de trabalhar em casa como um modelo de trabalho e não mais como um benefício. Já entre os recrutadores, essa visão é compartilhada entre 72% dos entrevistados, segundo o levantamento da Robert Half, divulgado no início do mês.

*Com informações de CNBC e Business Insider

Compartilhe

ESTRADA DO FUTURO

Por que você deveria ter as ações (ou BDRs) da Amazon entre as maiores posições do seu portfólio

4 de agosto de 2022 - 5:57

Muita coisa precisa dar errado para que, em longo prazo, esse seja um ponto de entrada ruim para as ações ou BDRs da Amazon (AMZO34)

JEFF BEZOS RINDO À TOA

Amazon vende mais que o projetado no segundo trimestre e dispara mais de 10% na bolsa

28 de julho de 2022 - 17:12

A Amazon teve prejuízo no trimestre, mas as vendas ficaram acima do que o mercado previa — e, assim, as ações sobem forte no after market

ROTA DO BILHÃO

Jeff Bezos revolucionou o mundo dos livros e disputa o espaço com Elon Musk; saiba como o dono da Amazon se tornou o terceiro homem mais rico do mundo

24 de julho de 2022 - 8:16

O bilionário foi o homem mais rico do planeta por três anos consecutivos, antes de ser desbancado por Elon Musk; Bezos também teve o divórcio mais caro do mundo

SALÁRIOS MILIONÁRIOS

CEOs das maiores empresas do mundo ganham 324 vezes mais do que o salário médio dos funcionários; confira

19 de julho de 2022 - 12:30

Expedia, Amazon e Intel são as empresas, que compõem o S&P 500, que possuem os maiores salários de CEOs; no Brasil, as maiores remunerações são pagas pelo Santander, Vale e Itaú

Amazon

Amazon anuncia dia do ‘Amazon Prime Day’, evento de vendas com promoções; grupo específico de clientes terá ofertas antecipadas

16 de junho de 2022 - 12:13

Amazon tem “black friday fora de época” em mais de 20 países; saiba mais detalhes

TEMPOS DE VAGAS MAGRAS

Elon Musk, Jeff Bezos e Bill Gates perderam US$ 115 bilhões em cinco meses; saiba por quê

29 de maio de 2022 - 16:22

Os homens mais ricos do mundo acumulam perdas em ações das empresas; Elon Musk, por exemplo, vendeu ações da Tesla para comprar o Twitter

ESTRADA DO FUTURO

Resultado da Amazon pode ter decepcionado o mercado, mas a gigante do e-commerce tem a joia da coroa do setor de tecnologia

5 de maio de 2022 - 6:12

Atenções estão voltadas para a AWS, divisão de infraestrutura em nuvem da Amazon, que deve começar a atrair cada vez mais investimentos

BRIGA DE GIGANTES

Corrida das big techs: Google, Apple e Microsoft fizeram a Amazon (AMZO34) comer poeira?

3 de maio de 2022 - 17:58

Saiba como a gigante do comércio eletrônico dos EUA pode dar a volta por cima após um trimestre decepcionante com prejuízo bilionário

Criptomoedas

A “loja de tudo” está de olho no mundo cripto. CEO da Amazon abre portas para empresa vender NFT no futuro

14 de abril de 2022 - 14:21

Andy Jassy aposta em crescimento significativo dos tokens não-fungíveis; ele também falou sobre a possibilidade de a Amazon aceitar pagamentos em criptomoedas no futuro

INFLUÊNCIA

Google (GOGL34) lidera ranking de marcas influentes no Brasil; Americanas (AMER3) e Natura (NTCO3) também estão na lista

12 de abril de 2022 - 18:23

A big tech Google se mantém no topo da lista de marcas mais influentes no Brasil; 8 das 10 empresas no ranking são de tecnologia

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies