Menu
2021-05-17T11:27:13-03:00
Estadão Conteúdo
Temporada de balanços

Cosan registra lucro líquido pró-forma de R$ 827,7 milhões no 1º trimestre

No primeiro, o número ficou em R$ 2,827 bilhões entre janeiro e março, alta de 11,9% na comparação anual

17 de maio de 2021
11:27
Cosan
Imagem: Shutterstock

A Cosan encerrou o primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 827,7 milhões, 28% acima dos R$ 646,7 milhões apurados no mesmo período do ano passado. O resultado é pró-forma por incluir os resultados da Rumo após a reestruturação societária do grupo, feita em março.

A companhia divulgou, ainda, o lucro ajustado, que no trimestre ficou em R$ 764,6 milhões, avanço de 17,9% na mesma base comparativa. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) também foi apresentado pela empresa nos critérios reportado e ajustado.

O balanço mexeu com as ações das empresas na bolsa. Os papéis da CSAN3 recuavam 1,43%, valendo R$ 22,02.

No primeiro, o número ficou em R$ 2,827 bilhões entre janeiro e março, alta de 11,9% na comparação anual. No critério ajustado, o Ebitda do primeiro trimestre do ano ficou em R$ 2,576 bilhões, alta de 8,1%. A receita líquida da companhia cresceu 14,7% no primeiro trimestre, na comparação anual, para R$ 22,512 bilhões.

A Cosan investiu R$ 1,945 bilhão no primeiro trimestre, contra R$ 1,513 bilhão na mesma base comparativa, um crescimento de 28,5%. A dívida líquida aumentou 14% nos três primeiros meses do ano, para R$ 26,655 bilhões. Assim, a alavancagem da Cosan, medida pela relação dívida líquida/Ebitda, chegou a 3,1 vezes no período, contra 2,4 vezes no primeiro trimestre de 2020.

O CEO da Cosan, Luis Henrique Guimarães, reafirmou em nota que pretende ter todas as subsidiárias do grupo listadas. "Nesse sentido, comunicamos ao mercado que estamos nos preparando para uma eventual oferta inicial de ações na Raízen, no momento oportuno, ainda sujeita a aprovações finais", disse ele.

"Adicionalmente, intensificamos no período um trabalho de gestão de dívidas, com o destaque para a Rumo, com o pagamento antecipado dos sênior notes 2024 e emissão de debêntures vinculadas à sustentabilidade".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies