Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-18T07:43:18-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dragão debilitado

China cresce 2,3% em 2020, mas pode desacelerar no começo de 2021

Crescimento da economia no 4º trimestre superou expectativas, mas dados de dezembro foram mistos, diz Commerzbank

18 de janeiro de 2021
7:43
china dragão
Imagem: Shutterstock

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a economia chinesa cresceu 2,3% em 2020 sobre o ano anterior, anunciou o Escritório Nacional de Estatísticas do país nesta segunda-feira (18).

No quarto trimestre do ano, o crescimento foi de 6,5% sobre o mesmo período do ano passado. O resultado veio acima da mediana das projeções coletadas pelo jornal The Wall Street Journal junto a economistas, de alta de 6,0%.

O indicador também aponta para uma aceleração da atividade econômica no país, já que, no trimestre anterior, o crescimento do PIB foi de 4,9% na comparação anual. O crescimento em relação ao trimestre anterior foi de 2,6%.

Risco de baixa

O crescimento da China superou a expectativa no quarto trimestre de 2020, mas os dados de atividade relativos a dezembro foram "mistos", de acordo com relatório do Commerzbank.

O banco destaca que a produção industrial surpreendeu para cima em dezembro, ao crescer 7,3% na comparação anual, ante previsão de alta de 6,8% dos analistas ouvidos pelo Journal.

Já as vendas no varejo tiveram alta de 4,6% em dezembro na mesma comparação, ante previsão de crescimento de 5,5%.

"Em geral, o setor manufatureiro é o salvador óbvio para a economia", diz o banco, que destaca também a força das exportações para apoiar o quadro, porém aponta que o consumo mostra menos fôlego.

"No curto prazo, o viés de baixa permanece, já que a China começou a reportar novos casos locais no novo ano" da covid-19, lembra o Commerzbank.

Expectativas para 2021

O banco aponta que a economia chinesa se tornou o principal impulso para a atividade global ao longo do ano passado, mas adverte que a estrada à frente "permanece acidentada".

Para 2021, o Commerzbank espera avanço de 8,0% no PIB chinês, "o que fica um pouco abaixo do consenso" do mercado.

Medidas de lockdown foram impostas em "algumas poucas cidades" e autoridades devem adotar medidas para limitar viagens no feriado prolongado local do Ano Novo Lunar, em meados de fevereiro, prevê o banco.

"Tudo isso claramente sinaliza para um risco de baixa para o crescimento no 1º trimestre, particularmente já que o setor de serviços deve sofrer um revés", adverte.

* Com informações da Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies