Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-09T18:29:00-03:00
Camille Lima
RACHADURAS NAS PAREDES

Mesmo sem confirmação de calote, Fitch declara Evergrande e Kaisa em ‘default’

Temor de rachadura no setor imobiliário da China aumenta, enquanto ações da Kaisa são suspensas da bolsa de Hong Kong

9 de dezembro de 2021
10:48 - atualizado às 18:29
bandeira da China
O setor imobiliário chinês deve seguir pressionando as bolsas, apesar da recuperação do subíndice de Hong Kong - Imagem: Divulgação

Que as grandes incorporadoras chinesas vêm passando por dificuldades nos últimos meses e alimentando temores sobre uma rachadura no setor imobiliário do país, não é novidade para os investidores. Mas, depois do susto com a Evergrande, que levou suas ações a derreterem na bolsa de valores de Hong Kong, os holofotes agora também recaem sobre o Kaisa Group.

No decorrer dos últimos meses, o governo chinês colocou em prática um aperto monetário e regulatório no setor para fazer frente à especulação imobiliária, o que atingiu as incorporadoras em cheio.

No mais recente desdobramento da crise no mercado imobiliário chinês, a Fitch rebaixou o rating dos dois conglomerados. A agência de classificação de risco de crédito considera que tanto a Evergrande quanto a Kaisa deram o calote em seus credores.

O caso da Kaisa

Em relação à Kaisa, apesar de a incorporadora ainda não ter oficialmente anunciado padrões que podem resultar em processos de reestruturação de dívida prolongados, a Fitch se antecipou e rebaixou nesta quinta-feira o rating da companhia para “RD”, ou default restrito, um nome mais discreto para calote.

O rebaixamento acontece depois de a chinesa ter deixado de pagar US$ 400 milhões em títulos vencidos há dois dias, sem período de carência.

O conglomerado, que possui a maior dívida em moeda estrangeira depois da Evergrande entre as empresas chinesas, deu início à reestruturação de um débito no valor de US$ 12 bilhões, informa o Asia Financial.

Diante disso, as ações da Kaisa foram suspensas na bolsa de Hong Kong por conta do calote.

A gigante devedora

No caso da Evergrande, a situação não foi muito diferente. A Fitch também rebaixou a nota de crédito da companhia para default restrito depois de um aparente descumprimento no pagamento de dois cupons.

Como a Fitch não recebeu qualquer resposta da incorporadora referente a questionamentos sobre o pagamento dos passivos, a Fitch considera que eles não foram pagos. Consequentemente, a gigante chinesa passou a ser considerada inadimplente pela primeira vez em sua história.

*Com informações do Asia Financial

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies