Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-28T15:28:10-03:00
Estadão Conteúdo
Estratégia

Danone converterá participação na Mengniu com intenção de vender ativo

Venda pode ocorrer ainda em 2021

28 de fevereiro de 2021
15:27 - atualizado às 15:28
danone

A Danone anunciou neste domingo que vai converter uma participação indireta de 850 milhões de euros que tem na chinesa Mengniu em direta, passando a deter 9,8% do capital social da empresa. Trata-se de um primeiro passo para desinvestir o ativo, segundo a multinacional francesa.

"A venda pode acontecer em 2021 via uma ou várias transações, dependendo das condições de mercado", diz a Danone, em nota.

A companhia do setor de alimentos e laticínios afirma que, ao completar a venda, o dinheiro levantado será retornado aos seus acionistas via um programa de recompra de ações.

"A China permanece como altamente estratégica para a Danone. A companhia tem um forte compromisso com o país via várias categorias, operações e empregados."

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NÃO AGRADOU

IBP critica mudanças regulatórias na venda de combustíveis

Representante das grandes distribuidoras de combustíveis defende manutenção do modelo de exclusividade no mercado de revenda de derivados de petróleo

Tempo de entrega menor

Randon terá linha férrea própria no interior de SP

Linha férrea partirá de dentro da fábrica e percorrerá 1,5 km transportando vagões, reboques e semirreboques a um ramal principal na mesma cidade; expectativa é de que a obra fique pronta em 2023

Entrevista exclusiva

Após vender Hortifruti para Americanas, Partners Group quer investir US$ 300 milhões e lançar fundo para o varejo no Brasil

Com um total de US$ 120 bilhões sob gestão, responsável pela gestora suíça no Brasil e América Latina fala ao Seu Dinheiro sobre potenciais alvos de aquisição e “concorrência” com IPOs na B3

em busca de recursos

B3 levanta US$ 700 milhões e revisa projeção de alavancagem

Segundo operadora da bolsa brasileira, a emissão faz parte da gestão ordinária dos negócios da companhia e visa diversificar as fontes de captação a condições atrativas de financiamento

BR Malls anuncia programa de recompra de ações; veja condições

Operação visa colocar as ações para manutenção em tesouraria com a finalidade de maximizar a alocação de caixa da companhia, gerando valor aos seus acionistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies