Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-02T16:55:14-03:00
Estadão Conteúdo
disputa continua

China afirma que agirá contra deslistagem de empresas chinesas da NYSE

Casa Branca proibiu investimentos em empresas que, segundo ela, sejam controladas pelas Forças Armadas chinesas

2 de janeiro de 2021
19:24 - atualizado às 16:55
Guerra comercial EUA China
Imagem: Shutterstock

O Ministério do Comércio da China afirmou que tomará as "medidas necessárias" para assegurar os direitos e interesses das empresas chinesas após três companhias do País serem removidas da Bolsa de Nova York como consequência de uma ordem executiva do presidente americano, Donald Trump.

O órgão informou que espera trabalhar com os Estados Unidos para criar um ambiente de negócios "justo, estável e previsível".

Na quinta-feira (31), a New York Stock Exchange (Nyse) informou que a China Telecom Corp. Limited, a China Mobile Limited e a China Unicom Hong Kong Limited serão removidas dos pregões já em 7 de janeiro ou até o próximo dia 11. Segundo a bolsa, as companhias poderiam apelar a um comitê do conselho da Nyse.



A retirada é consequência de uma ordem emitida pela Casa Branca em 12 de novembro que proibiu investimentos em empresas de capital aberto que, segundo o governo americano, seriam controladas pelas Forças Armadas da China. De acordo com o Ministério do Comércio chinês, a medida é abusiva.

"Este abuso da segurança nacional e o uso do poder nacional para suprimir empresas chinesas não está em conformidade com as regras e a lógica de mercado", afirmou um porta-voz da pasta. "Isso não apenas fere os legítimos direitos e interesses das empresas chinesas, mas também fere os interesses de investidores de todos os países, inclusive dos Estados Unidos."

O porta-voz afirmou ainda que a medida reduz a confiança de investidores "de todo o mundo" no mercado de capitais americano. Ao mesmo tempo, o representante disse esperar que os dois países encontrem um meio-termo e trabalhem juntos para melhorar o ambiente para empresas e investidores, "trazendo as relações econômicas e comerciais de volta aos trilhos o quanto antes."

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

MERCADOS HOJE

Ibovespa tenta se recuperar do baque fiscal e abre a semana em alta de mais de 2%; dólar recua

Os investidores começam a semana ainda digerindo a confirmação do rompimento do teto de gastos, mas como a situação deixou de ser especulativa, abre espaço para uma recuperação do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies