O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-10T09:09:36-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro sobe após IPCA abaixo do esperado, mas inflação é a maior para o mês em 6 anos; dólar cai

Os investidores ainda esperam os dados de inflação dos Estados Unidos e o exterior opera misto pela manhã

10 de dezembro de 2021
9:09
moedas de real empilhadas
Confira os destaques antes da abertura do pregão de hoje (10). - Imagem: Shutterstock

O Ibovespa futuro opera em alta de 0,65% aos 107.095 pontos por volta das 9h desta sexta-feira (10). O dólar à vista abriu em queda de 0,15%, a R$ 5,5655 no mesmo horário.

Nesse cenário, o Ibovespa acumula queda de 0,53% até o fechamento de ontem, quando o principal índice da B3 recuou 1,67%, aos 106.291 pontos. Por sua vez, o dólar à vista avançou 0,70%, a R$ 5,5738. 

Acompanhe a nossa cobertura de mercados: você pode conferir todos os nossos textos de mercados clicando aqui. A cobertura acontece todos os dias da abertura até o fechamento.

Mais cedo, o IBGE divulgou o IPCA de novembro e o índice veio abaixo da mediana das projeções. No mês, o IPCA avançou 0,95%, contra as estimativas de alta de 1,10% em relação a outubro.

Com isso, os preços avançam 10,74% em 12 meses, contra a mediana das projeções de alta de 10,90%. A inflação sobe 9,26% no acumulado de 2021, distante do teto da meta estipulada pelo Banco Central de 5,25%. O índice sobe 10,73% em 12 meses.

Além do Brasil, os Estados Unidos também devem conhecer os dados de inflação ao consumidor (CPI, em inglês) no último pregão da semana. 

A expectativa é de que o índice de preços avance 0,7% na mediana das projeções do Broadcast para a base mensal e 6,7% na comparação anual. 

O núcleo de preços também deve avançar 0,5% na mediana das expectativas e registrar alta de 4,9% na comparação anual. 

Saiba o que esperar da bolsa hoje — Esquenta dos mercados: Dados de inflação devem dominar o último pregão da semana e pressionar Bancos Centrais enquanto bolsa reflete notícias sobre ômicron

Indicadores

Bolsas, commodities e moedas
Dow Jones futuro+0,25%
S&P 500 futuro +0,36%
Nasdaq futuro +0,36%
(Europa) Stoxx 600-0,06%
(China) Xangai - Fechado-0,18%
(Japão) Nikkei - Fechado-1,00%
Petróleo BrentUS$ 74,75 o barril (+0,44%)
Minério de ferro (Qingdao, China)US$ 108,03 por tonelada (-0,46%)
Bitcoin (BTC)US$ 48.428,66 (-1,51%) / R$ 269.950,19 (+0,41%)
Fonte: Coin Market Cap, Investing.com e Broadcast

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

NOITE CRIPTO

Não durou muito: bitcoin (BTC) opera em queda e volta a ficar abaixo do nível de US$ 30 mil; veja a performance das outras criptomoedas

O peso da perda de confiança do mercado é um dos pontos que mais afastam o investidor do mercado de criptomoedas atualmente

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies