Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-09T16:36:35-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Mercados Hoje

Após cinco altas consecutivas, Ibovespa acelera queda e recua mais de 1% com decisão ‘dura’ do Copom; dólar opera em alta

A agenda mais fraca do dia coloca os investidores em compasso de espera antes da inflação aqui e nos EUA

9 de dezembro de 2021
10:21 - atualizado às 16:36
Palavra IBOV com braços e pernas de desenho escorregando em uma banana e fundo vermelho com gráficos em queda | Ibovespa
O mercado ainda monitora novos dados sobre a variante da covid-19 no mundo. - Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O dia negativo em Nova York e a repercussão da decisão de política monetária do Banco Central brasileiro, divulgada na noite de ontem (08), dão o tom dos negócios nesta quinta-feira (09). 

Conforme já era esperado pelo mercado, o Copom decidiu elevar a taxa de juros em 1,5 ponto percentual, mas mostrou um comunicado mais agressivo do que o imaginado e confirmou que a Selic deve retomar ao clube dos dois dígitos já na primeira reunião de 2022. 

Se nos últimos dias a aprovação da PEC dos precatórios levou os a curva de juros a passar por um alívio, a pressão do discurso contracionista do Copom eleva os DIs de vencimento mais curto. O movimento também é impactado pela expectativa por dados de inflação no Brasil e nos Estados Unidos, e o noticiário misto em relação à covid-19 que afeta o desempenho das principais praças na Europa. 

Depois de cinco altas consecutivas, o Ibovespa volta a ceder. Por volta das 14h30, a queda era de 1,63%, aos 106.338 pontos. O dólar à vista sobe 0,88%, a R$ 5,6171. Em Nova York, as bolsas abriram o dia em queda, mesmo após os números de pedidos de auxílio-desemprego surpreenderem positivamente. O mercado esperava 211 mil novas solicitações, mas foram registradas 184 mil.

“Nu” exterior

Ontem o Nubank precificou suas ações em US$ 9,00 (R$ 49,77 no fechamento de ontem) na abertura de capital na NYSE com 289 ações vendidas, o equivalente a US$ 2,6 bilhões. A “empresa do cartão roxo” se tornou a instituição financeira mais valiosa da América Latina.

As ações na bolsa de Nova York têm o ticker “NU”, enquanto os BDRs terão o símbolo “NUBR33”. Ambos passam a ser negociados hoje na NYSE e na B3. 

Compasso de espera lá fora 

A inflação dos Estados Unidos, medida pelo índice de preços ao consumidor (CPI, em inglês), deve ser divulgada apenas amanhã, mas os investidores já começam a sentir a cautela a partir desta quinta-feira. 

Um dos fatores que preocupa os analistas são os gargalos estruturais para distribuição de mercadorias. Esse problema deve ser resolvido com o pacote de infraestrutura de Joe Biden, que conseguiu apoio do partido republicano para investir US$ 1 trilhão em portos e rodovias. 

Contudo, o teto de gastos americano segue em debate no Congresso. A Secretaria do Tesouro, Janet Yellen, conseguiu fôlego até fevereiro, mas os congressistas e analistas do mercado seguem preocupados com o descontrole das contas públicas, de acordo com o Market Watch.

Sobe e desce do Ibovespa

Poucas ações operam no positivo. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
CASH3Meliuz ONR$ 3,441,78%
WEGE3Weg ONR$ 36,581,50%
EQTL3Equatorial ONR$ 23,660,25%
CSNA3CSN ONR$ 24,130,12%
HYPE3Hypera ONR$ 28,970,00%

Confira também as maiores quedas, dominadas pelas empresas do setor de varejo.

CÓDIGONOMEULTVAR
MGLU3Magazine Luiza ONR$ 6,30-7,49%
LAME4Lojas Americanas PNR$ 5,25-6,75%
AMER3Americanas S.AR$ 28,63-6,41%
VIIA3Via ONR$ 5,41-6,24%
BRKM5Braskem PNAR$ 54,63-5,81%
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

VAGAS ABERTAS

Empiricus e Seu Dinheiro lançam programa de trainee para redatores com alta chance de contratação; veja como participar

A ideia das empresas é atrair e treinar redatores de todo o país para atuar nas diferentes áreas que demandam por conteúdo dentro da maior publicadora de materiais financeiros do Brasil; empresa vai custear moradia em São Paulo para profissionais de outros estados

NOVATA NO PEDAÇO

XP anuncia novo acordo para criação de corretora em sociedade com escritórios de agentes autônomos

Os escritórios BRA e BS Investimentos são especializados no atendimento de clientes focados em renda variável e, juntos, possuem quase 90 mil clientes na rede da XP

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies