O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2021-12-08T20:16:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Bateu o martelo

IPO do Nubank sai no topo da faixa indicativa, a US$ 9 por ação; banco ultrapassa Itaú (ITUB4) e é a instituição financeira mais valiosa da América Latina

Com isso, os BDRs, que serão negociados por aqui a partir da próxima quinta-feira (09), saem valendo R$ 8,38

8 de dezembro de 2021
19:07 - atualizado às 20:16
NuBank Comemoração
O roxinho concluiu seu badalado IPO e vai estrear nas bolsas de São Paulo e Nova York. Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Nubank concluiu, nesta quarta-feira (08), sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a um preço de US$ 9 por ação e R$ 8,38 por BDR (Brazilian Depositary Receipt), no topo da faixa indicativa, que ia de US$ 8 a US$ 9 por ação e R$ 7,45 a R$ 8,38 por BDR.

Com isso, o IPO movimentou US$ 2,6 bilhões (R$ 14,38 milhões pelo câmbio de hoje), e o banco digital chega ao mercado valendo US$ 41,4 bilhões, ou R$ 229 bilhões pelo câmbio de hoje. O Nubank também ultrapassa o Itaú Unibanco (ITUB4), até então a maior instituição financeira da América Latina e avaliado em R$ 216 bilhões na bolsa local.

A oferta foi 100% primária, o que significa que todos os recursos captados vão para o caixa da companhia. A intenção do Nubank, inicialmente, era movimentar mais de US$ 3 bilhões e estrear valendo algo na faixa dos US$ 50 bilhões, mas o banco acabou precisando baixar a pedida no fim de novembro, quando reduziu a faixa indicativa de preço das ações em 20%.

Mesmo com a redução, porém, houve quem considerasse o Nubank caro no IPO, ainda que não questionasse a qualidade da empresa.

De fato, o Nubank vem mostrando um crescimento assombroso nos últimos anos, atraindo o capital de grandes investidores, em diversas rodadas bem-sucedidas de captação privada. Até o megainvestidor Warren Buffett aderiu ao roxinho numa delas, por meio da sua empresa Berkshire Hathaway.

Nesta matéria, publicada antes do IPO, você pode saber mais sobre o Nubank e o seu valuation.

Estreia internacional

A fintech fará uma dupla listagem, lançando ações tanto na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) quanto BDRs na B3, que começam a ser negociados amanhã, 9 de dezembro. As ações serão negociadas sob o código NU, e os BDRs, sob o código NUBR33.

Cada BDR do Nubank corresponde a um sexto de uma ação. Os BDRs são recibos de ações negociadas em bolsas estrangeiras, cuja movimentação de preços acompanha o sobe e desce dos papéis de referência.

Assim, esses títulos representam essas ações na bolsa brasileira e permitem aos brasileiros investir em empresas listadas fora do país sem a necessidade de abrir conta em uma corretora gringa.

A visibilidade e as precificações mais altas que podem ser obtidas em Wall Street também estiveram entre as razões, ainda mais porque o Nubank mira se tornar uma empresa global.

Para onde vão os recursos do IPO do Nubank

Segundo o prospecto da sua oferta inicial, o Nubank pretende utilizar os recursos captados para quatro objetivos principais, destinando 25% do valor obtido para cada um:

  • Capital de giro;
  • Despesas operacionais;
  • Despesas de capital;
  • Novos investimentos e aquisições de negócios, produtos, serviços e tecnologias.

Mas aonde o banco pretende chegar exatamente, nos próximos anos? Bem, o que não falta é potencial para crescer.

Segundo o próprio Nubank, o mercado de serviços financeiros da América Latina abarca 650 milhões de pessoas e totalizará US$ 1 trilhão em 2021.

Nos seus mercados de atuação, a população desbancarizada, um dos seus públicos-alvos, ainda é muito elevada, chegando a 30% no Brasil e cerca de 60% no México e na Colômbia.

Quando se trata de cartão de crédito, é menos gente ainda que tem acesso. Atualmente, 61% dos brasileiros não têm cartão de crédito, e esse percentual chega a quase 90% da população no México e na Colômbia.

Até junho deste ano, mais de 5 milhões de pessoas tinham aberto a sua primeira conta bancária ou feito seu primeiro cartão de crédito justamente no Nubank.

Mas além de aumentar a base de clientes, o Nubank pretende também lançar novos produtos para monetizar essa base e aumentar a receita, mantendo os custos baixos.

O fato de ser um banco digital, aliás, faz com que o Nubank tenha uma estrutura de custos muito mais leve que a dos grandes bancos, colocando-o em grande vantagem.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

NOITE CRIPTO

Não deu para o bitcoin (BTC): maior criptomoeda do mundo tenta, mas patamar de US$ 30 mil escapa; confira cotações

Agora, os investidores devem permanecer tentando sustentar esse suporte psicológico importante e entrar na próxima semana no “zero a zero”, antes de tentar buscar novas altas

REVISÃO CUSTOU CARO

B3 (B3SA3) volta a corrigir erro nos dados e revela que 2021 terminou com fluxo estrangeiro negativo após R$ 77,9 bilhões em dinheiro gringo “sumirem” da conta

Vale lembrar que a entrada de capital estrangeiro ajuda na performance do mercado acionário e de câmbio. Por isso, a nova cifra não pinta um quadro positivo para o país

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa ignora tensão em Nova York, os planos de Elon Musk para o Brasil e o salto da GetNet; confira os destaques do dia

Por enquanto, o Ibovespa segue avançando, apesar do desempenho ruim das bolsas pelo mundo

FIQUE DE OLHO

Em semana de ata do Fed, destaque no Brasil fica por conta do IPCA-15; confira a agenda completa de indicadores

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa escapa do mau humor em NY e sobe mais de 1% na semana; dólar fica abaixo dos R$ 5

O S&P 500 chegou a entrar oficialmente em “bear market”, mas os estímulos na China salvaram a semana do Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies