Menu
2020-01-13T19:00:21-03:00
Estadão Conteúdo
Mais um capítulo da crise

Irã admite que ‘acidentalmente’ abateu avião ucraniano

Aeronave caiu no início desta semana, matando todos os 176 a bordo

11 de janeiro de 2020
16:28 - atualizado às 19:00
EUA Estados Unidos Irã tensão Ibovespa dólar
Imagem: Shutterstock

O Irã reconheceu neste sábado que suas forças armadas "involuntariamente" derrubaram o avião ucraniano que caiu no início desta semana, matando todos os 176 a bordo, depois de o governo do país ter negado repetidamente as acusações de que era responsável pela tragédia.

O avião foi abatido na última quarta-feira (08), horas após o Irã lançar um ataque contra duas bases militares que abrigavam tropas dos EUA no Iraque, em retaliação pelo assassinato do general Qassem Soleimani em um ataque aéreo americano em Bagdá. Ninguém foi ferido no ataque às bases.

Uma declaração militar realizada por meio da mídia estatal disse que o avião foi confundido com um "alvo hostil" depois que tomou a direção de um "centro militar sensível" da Guarda Revolucionária. Os militares estavam em seu "nível mais alto de prontidão", segundo o comunicado.

"Em tal condição, por causa de um erro humano e de maneira não intencional, o voo foi atingido", disseram os militares. O governo se desculpou e prometeu atualizar seus sistemas para evitar futuras tragédias. Os responsáveis pelo ataque ao avião serão processados, acrescentou o comunicado.

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, expressou suas "profundas condolências" pelas famílias das vítimas e instou as forças armadas a "apurar prováveis deficiências e culpados no doloroso incidente".

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, emitiu um comunicado dizendo que a investigação do acidente deve continuar e que os "autores" devem ser levados à Justiça. Ele disse que o Irã deveria compensar as famílias das vítimas e requisitou ao país asiático "desculpas oficiais pelos canais diplomáticos".

Não está claro se o avião foi abatido pelas forças convencionais do Irã ou pela poderosa Guarda Revolucionária, que responde diretamente a Khamenei.

*Com informações da Associated Press.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Não vai mais rolar

Iguá Saneamento desiste de oferta inicial de ações

O pedido de abertura de capital havia sido protocolado no dia 1º de setembro e seria uma oferta pública de distribuição primária e secundária.

follow on

Notre Dame Intermédica anuncia oferta em que Bain Capital venderá até R$ 3,7 bi em participação

Tamanho da operação equivale a 44% do total de ações detidas pela empresa de private equity americana na operadora de saúde

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil registra 24.468 casos e 272 mortes em 24 horas

Nas últimas 24 horas foram computados 24.468 novos casos e 272 mortes, segundo Ministério da Saúde

o que vem por aí

Os segredos da bolsa: PIB do Brasil ganha holofotes após rali de novembro

PIB do 3º trimestre pode aumentar ainda mais a euforia dos investidores vista em novembro ou frear os ânimos

Análise

Como ficam as peças do xadrez da política após as eleições municipais

A eleição marcou a conquista de peças importantes, vitórias que serviram apenas para demarcar território e derrotas claras. Mas houve também avanços importantes mesmo de quem perdeu nas urnas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies