Menu
2020-03-05T16:00:43-03:00
Estadão Conteúdo
Outra visita

Ao lado de Guedes e outros ministros, Bolsonaro faz 2ª visita à Fiesp em um mês

Esta é a segunda visita de Bolsonaro à Fiesp em um intervalo de um mês, em mais um gesto de aproximação ao empresário Paulo Skaf, que preside a entidade

5 de março de 2020
16:00
Presidente da República, Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Economia Paulo Guedes, durante live nas redes sociais
Presidente da República, Jair Bolsonaro ao lado do ministro da Economia Paulo Guedes, durante live nas redes sociais - Imagem: Marcos Corrêa/PR/Flickr Planalo

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, estão reunidos desde as 10h30 (de Brasília) com empresários em encontro promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na sede da entidade, na capital paulista. Há a expectativa de que uma fala do presidente aos empresários seja transmitida a jornalistas, que poderão acompanhá-la por telões instalados em outra sala. Não há previsão de horário para a transmissão.

Esta é a segunda visita de Bolsonaro à Fiesp em um intervalo de um mês, em mais um gesto de aproximação ao empresário Paulo Skaf, que preside a entidade.

O movimento ocorre ao mesmo tempo em que o presidente se distancia cada vez mais do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que fez campanha para Bolsonaro na disputa presidencial de 2018 e foi adversário de Skaf na disputa para o governo do Estado.

Além de Guedes, outros representantes do primeiro escalão do governo acompanham Bolsonaro. São eles: o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, o ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, o secretário-especial de Comunicação Fábio Wajngarten, o advogado-geral da União, André Mendonça e o presidente da Embratur, Gilson Machado.

O encontro, chamado pela Fiesp como a primeira reunião do Conselho Superior Diálogo pelo Brasil, tem a participação de 34 empresários e executivos, entre eles André Bier Gerdau Johannpeter (Gerdau), Luiz Carlos Trabuco Cappi (Bradesco), Flavio Rocha (Riachuelo) e Carlos Alberto de Oliveira Andrade (Caoa).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Disparou

Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB

Endividamento cresceu 20,2 pontos por causa de pandemia.

fechando a conta

Mais um tombo aí? Ibovespa cai 3% e termina outubro no vermelho, com avanço da covid-19

Índice tem novas perdas fortes em semana difícil e fecha mês em queda de 0,7%. Desempenho reflete mau humor de Nova York com coronavírus e a sangria das ‘big techs’, antes das eleições dos Estados Unidos, fator de incerteza adicional. Após intervenção do Banco Central e com a formação da Ptax, dólar tem queda

pandemia

Governo vai comprar vacina desenvolvida na China, diz Mourão

Vice-presidente disse que polêmica em torno da vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan é “briga política” com Doria

DESTAQUE DO DIA

Suzano fecha em leve queda após ficar quase o dia inteiro em alta

Analistas destacam que Ebitda superou estimativas e elogiam fluxo de caixa livre e desalavancagem

sob pressão

Inflação e redução do auxílio emergencial já derrubam vendas nos supermercados

Em outubro, a prévia da inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor-15 (IPCA-15) atingiu 0,94%. O resultado é mais que o dobro da inflação registrada em setembro e a maior alta para o mês em 25 anos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies