Menu
2020-03-05T20:50:33-03:00
Estadão Conteúdo
AVIAÇÃO

Virgin adia início das operações no Brasil por conta do coronavírus

Em comunicado, a Virgin afirma que esta decisão faz parte de uma série de medidas que são tomadas, como a suspensão da rota Londres – Shanghai, e a redução da frequência nos voos Londres – Hong Kong

5 de março de 2020
21:45 - atualizado às 20:50
Virgin Atlantic
Imagem: shutterstock

A Virgin Atlantic Airways resolveu adiar o início das suas operações no Brasil, alegando que monitora a situação do Coronavírus ao redor do mundo. A companhia aérea britânica faria seu voo inaugural na rota Londres/Heathrow - São Paulo no dia 29 de março, e agora, a operação foi adiada para o dia 05 de outubro.

Em comunicado, a Virgin afirma que esta decisão faz parte de uma série de medidas que são tomadas, como a suspensão da rota Londres - Shanghai, e a redução da frequência nos voos Londres - Hong Kong. A empresa orienta os passageiros com reservas a entrarem em contato para negociarem remarcações e reembolsos.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies