Menu
2020-05-14T18:42:06-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
de olho no balanço

Ação da Via Varejo pode dobrar de valor, diz Credit Suisse

Empresa divulgou que teve lucro no primeiro trimestre e acelerou o canal online em meio à crise; movimento é visto com otimismo por analistas

14 de maio de 2020
11:02 - atualizado às 18:42
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via Varejo - Imagem: Shutterstock

As ações da Via Varejo, dona das Casas Bahia, podem mais do que dobrar de valor, segundo analistas do Credit Suisse. O banco estima que os papéis têm potencial para chegar ao valor de R$ 21, em um período de 12 meses.

A estimativa do banco de investimento, acompanhada de uma recomendação de compra das ações, é feita após a companhia divulgar os resultados do primeiro trimestre de 2019. Entre outras coisas, a Via Varejo informou um lucro líquido de R$ 13 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 50 milhões no mesmo período de 2019.

Para os analistas Victor Saragiotto e Pedro Pinto, do Credit Suisse, a Via Varejo apresentou resultados sólidos, considerando as circunstâncias do mercado — que sofre o baque da crise do novo coronavírus. Eles destacam que as vendas em mesmas lojas — linha que mostra ganho de produtividade de uma varejista — aumentaram 4,2% antes da pandemia.

Os especialistas ainda apontam a aceleração de 46% nas vendas online e a margem Ebitda, uma métrica de rentabilidade operacional, a 6,6% (excluindo os efeitos contábeis da norma IFRS16). Eles também destacam os investimentos "mais eficientes" em marketing e melhorias nos aplicativos — que em abril atingiram 11,2 milhões de usuários, segundo a empresa.

"O crescimento das vendas online em abril pode ter chamado a atenção dos investidores, que estariam enxergando a Via Varejo como uma empresa de e-commerce", dizem os analistas do banco.

Os papéis da varejista subiram de R$ 4,65 no final de março para R$ 9,50 no último pregão de abril, mas ensaiaram uma queda no mês seguinte, depois da notícia que a empresa pretende lançar uma oferta de ações de R$ 5 bilhões — o que poderia indicar que a companhia tem pouco dinheiro dinheiro em caixa para enfrentar a crise.

"Reconhecemos que ainda há um longo caminho a percorrer, mas a disposição da empresa em manter intacto seu capex ['capital expenditure', a quantidade de recursos financeiros alocados para a compra de bens de capital] para a transformação digital e os resultados entregues até o momento nos deixam otimistas", diz o Credit Suisse.

Na quarta-feira, a Via Varejo ainda informou uma receita líquida de R$ 6,339 bilhões e volume bruto de vendas (GMV, na sigla em inglês) de R$ 7,8 bilhões — alta de 3%. Segundo a companhia, o canal online respondeu por 27% de participação.

Mesmo após os resultados vistos pelos bancos como otimistas, as ações da empresa caíram 1,31% no pregão de hoje, fechando cotadas a R$ 9,02. Veja a cobertura completa do Seu Dinheiro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Salto

Crédito imobiliário cresce 7,4% em outubro e soma R$ 13,9 bi, diz Abecip

No comparativo anual, foi visto salto de 84%, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

de olho no teto de gastos

Governo busca saída legal se tiver de prorrogar pagamento do auxílio

Se o Congresso resolver aprovar a prorrogação, sem ser via crédito extraordinário, os gastos com o pagamento do auxílio vão concorrer com o teto de gastos no espaço orçamentário

Inovação

Petrobras lança plataforma de soluções finaneiras para fornecedores

A Petrobras informa que lançou o Programa Mais Valor, nova ferramenta de soluções financeiras para fornecedores. Segundo a estatal, o piloto começou na semana passada e, a partir do dia 30 deste mês, a ferramenta estará aberta às empresas interessadas em antecipar faturas com taxas mais competitivas. A expectativa da estatal é de que o […]

HOMEM NEGRO ESPANCADO

Carrefour reitera que está tomando medidas após morte de João Alberto de Freitas

Empresa divulga comunicado um dia após perder quase R$ 2 bilhões em valor de mercado por conta do episódio

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies