Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-08-05T08:10:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ok do órgão

Venda da Oi para TIM, Vivo e Claro deve ter restrições, diz Cade

Presidente do órgão disse que, caso a operação seja concretizada, será necessário um acordo que inclua medidas como a venda de ativos

5 de agosto de 2020
8:10
oi
Imagem: Shutterstock

A compra da Oi Móvel pelo trio Tim, Vivo e Claro tem "chances mínimas" de ser aprovada sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), disse o presidente do órgão, Alexandre Barreto.

Ontem, depois do fim da exclusividade da Highline - empresa de infraestrutura para telecomunicações - pela Oi, as concorrentes passaram a ficar em pé de igualdade na disputa pela tele.

Barreto disse que, caso a operação seja concretizada, será necessário um acordo que inclua medidas como a venda de ativos. Segundo ele, a compra exigiria uma análise “mais detida” do Cade por se tratar de concorrentes adquirindo outra em um mercado já concentrado.

O Cade considera um domínio de mercado acima de 20% como alto. Hoje, Vivo, Claro e TIM estão acima do patamar mesmo sem a divisão dos ativos da Oi.

Barreto considera o caso complexo. “Quanto maior a complexidade da operação, maior o tempo de análise necessária”, completou. O Cade tem prazo máximo de 330 dias para julgar uma fusão ou aquisição. As empresas dependem de aval do órgão para fechar o negócio com a Oi

A disputa pelos ativos de telefonia móvel e fibra da operadora levou a uma corrida dos investidores pelas ações da Oi, que está em recuperação judicial desde 2016. A alta de OIBR3 é de cerca de 80% só neste ano.

*Com informações de jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

PROMESSA DESCUMPRIDA

Reforma administrativa não sai antes das eleições, admite relator da proposta na Câmara

O deputado Arthur Maia afirmou que faltou empenho do executivo para garantir que o texto fosse aprovado no Congresso

FOGUETE SEM FREIO

Boeing tropeça e SpaceX, de Elon Musk, garante mais três viagens tripuladas com a Nasa

O plano original era alternar missões com as duas empresas, mas o Starliner, foguete da Boeing, deve ficar impedido de voar até 2023

ALÍVIO NO BOLSO

Sem dizer quanto, Bolsonaro promete que Petrobras (PETR4) anunciará redução no preço dos combustíveis nesta semana

O presidente, que é um dos críticos mais ferrenhos da política de preços da estatal, afirmou que a queda deve seguir por algumas semanas

INVESTIDORES ATENTOS

4 fatos que mexem com o Ibovespa na próxima semana — incluindo Copom e IPO do Nubank

O principal índice acionário brasileiro terá um calendário cheio de eventos e dados econômicos para digerir ao longo dos próximos dias

Alívio no Orçamento

Com receita acima do esperado, Economia reduz estimativa de rombo nas contas públicas em 2022

Considerando todo o setor público, o que inclui Estados e Municípios, as novas projeções da pasta preveem até mesmo um saldo positivo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies