Menu
2020-10-06T17:49:13-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Resseguradora em crise

UBS rebaixa recomendação de ações do IRB de compra para venda

Analistas do banco suíço cortaram o preço-alvo das ações do IRB de R$ 48,00 para R$ 4,60, o que representa um potencial de queda de 47% em relação ao fechamento de ontem (R$ 8,65)

6 de outubro de 2020
11:22 - atualizado às 17:49
Bolsa em queda
Imagem: Shutterstock

A alta de mais de 20% das ações nos últimos 30 dias representa o fim da crise da empresa de resseguros IRB Brasil (IRBR3)? Para os analistas do UBS BB, a resposta é não.

O banco rebaixou a recomendação das ações do IRB de compra para venda e cortou o preço-alvo de R$ 48,00 (isso mesmo) para R$ 4,60, o que representa um potencial de queda de 47% em relação ao fechamento de ontem. As ações fecharam esta terça-feira em queda de 17.11%, a R$ 7,17. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

Os analistas decidiram retomar a cobertura da empresa de resseguros, que foi suspensa em meio aos questionamentos da gestora Squadra, que levaram à descoberta de uma fraude contábil nos balanços.

A companhia reapresentou os números de 2019 e 2018, que mostraram um lucro R$ 670 milhões menor do que o apresentado originalmente na soma dos dois períodos.

Na análise do UBS, o IRB ainda vai demorar a recuperar os níveis de lucratividade. Os analistas projetam que a rentabilidade (ROE) da companhia seja de apenas 4% em 2021 — contra 9,6% dos pares internacionais.

“Na cotação atual na bolsa, nossa análise sugere que o mercado precifica o ROE em 20% no longo prazo e índices de sinistralidade em 62% (em linha com a média de 2014-2019), o que acreditamos ser muito alto”, escreveram os analistas do UBS BB, em relatório a clientes.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

seu dinheiro na sua noite

No mundo corporativo, quem não diversifica, se trumbica

De uns tempos para cá, uma antiga fala de Warren Buffett tem pipocado nas minhas redes. Nela, o megainvestidor diz que “diversificação não faz sentido para quem sabe o que está fazendo” — e ele, naturalmente, se coloca como um sábio. Longe de mim querer contrariar o oráculo do mercado financeiro, mas é preciso tomar […]

nos ares

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

Empresa vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido firme do 737-10

pix questionado

Procon-SP notifica bancos por brechas exploradas por ladrões de celulares

São requisitados esclarecimentos sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo

FECHAMENTO DA SEMANA

Juros futuros são grandes protagonistas da semana e ainda prometem mais emoção; dólar recua 1% e bolsa fica no vermelho

Com Copom duro e a sinalização de uma possível elevação nas taxas de juros nos EUA, os principais contratos de DI dispararam. Na semana, o dólar recuou com o forte fluxo estrangeiro e a bolsa seguiu o ritmo das commodities (mais uma vez)

Calendário completo

Banco Central: veja as datas das reuniões do Copom em 2022

O Copom é o órgão do BC responsável por definir, a cada 45 dias, a taxa básica de juros da economia brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies