Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-03T20:58:39-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
proteína animal

Minerva reverte prejuízo com lucro de R$ 58,3 milhões e antecipa dividendos

Em valores líquidos, a receita alcançou R$ 5,1 bilhões no terceiro trimestre, crescimento de 14% na comparação anual – superando o esperado pelo mercado

3 de novembro de 2020
19:49 - atualizado às 20:58
Carne bovina em frigorífico
Imagem: Shutterstock

A Minerva Foods anunciou nesta terça-feira (3) um lucro líquido de R$ 58,3 milhões no terceiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 82,7 milhões registrado no mesmo período do ano passado.

A empresa também antecipou o pagamento de dividendos correspondentes a 25% do lucro líquido acumulado no ano, sendo R$ 138,5 milhões ou R$ 0,25783 por ação. Após o fechamento do quarto trimestre, a Minerva diz que complementará o valor.

Em valores líquidos, a receita alcançou R$ 5,1 bilhões no terceiro trimestre, crescimento de 14% na comparação anual. Já a receita bruta chegou a R$ 5,4 bilhões. O resultado é melhor do que o esperado pelo mercado: analistas do BTG Pactual falavam em alta de 7% na receita líquida.

Fontes de receita

Segundo a empresa, a divisão Brasil foi responsável por 48% da receita bruta - R$ 2,6 bilhões - e a Athena Foods contribuiu com R$ 2,4 bilhões - 44% do total.

As exportações atingiram 69% da receita bruta da Minerva, mantendo a companhia como a líder em exportação de carne bovina na América do Sul, com aproximadamente 18% de participação do mercado.

O presidente da Minerva, Fernando Galletti de Queiroz, disse em mensagem aos acionistas que os fundamentos do mercado de carne bovina continuam "bastante atrativos para os exportadores da América do Sul".

"Ainda persistente surto de Peste Suína Africana no continente asiático e parte da Europa, impulsionando a demanda global por proteína bovina e maximizando ainda mais as oportunidades para os players exportadores do nosso continente", disse o executivo.

Outros números

De acordo com a companhia, o Ebitda do terceiro trimestre atingiu R$ 554,2 milhões, crescimento de 22% na base anual, com margem Ebitda de 10,8%.

Já a alavancagem líquida medida através do múltiplo dívida líquida/ebitda dos últimos 12 meses encerrados em setembro, foi de 2,2x, o menor nível desde o início de 2008. Em dólares, a alavancagem líquida encerrou o trimestre em 1,9x.

Ainda no terceiro trimestre, o fluxo de caixa livre da Minerva, após despesas financeiras, capex e capital de giro, foi positivo pelo décimo primeiro trimestre consecutivo, totalizando R$ 595,4 milhões.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DUPLO DOWNGRADE

UBS rebaixa Vale de ‘compra’ para ‘venda’ e corta preço-alvo do ADR

Banco suíço considera que distribuição de dividendos pela mineradora brasileira torna-se muito menos atraente com a cotação do minério de ferro abaixo de US$ 100 por tonelada

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro abre em queda com susto de aumento de imposto e exterior negativo; dólar também recua

A medida pegou os investidores de surpresa e o vencimento de opções em Nova York coloca o exterior sob pressão

O melhor do seu dinheiro

Uma ação para lucrar com a crise hídrica, Bolsonaro eleva IOF, dividendos da Vale e outras notícias do dia

Não é de hoje que o Brasil sofre com risco de apagão e racionamento de energia. Em 2001, o país precisou recorrer a blecautes programados e obrigar famílias e empresas a economizarem energia elétrica sob pena de aumentos pesados na conta de luz. Quem viveu a época lembra bem das trocas de lâmpadas incandescentes por […]

Coluna do jojo

Bolsa hoje: dia de bruxaria nos mercados e um novo IOF para chamar de seu

Novo decreto presidencial aumentou as alíquotas do IOF sobre as operações de crédito para as pessoas físicas e jurídicas de 20 de setembro até 31 de dezembro. Se esta notícia é negativa e pode cair mal na bolsa nacional hoje, temos também a digestão da aprovação da PEC dos Precatórios

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: aumento de IOF pega investidor de surpresa e vencimento de opções no exterior deve movimentar bolsa hoje

O dia deve contar com alta volatilidade nos mercados internacionais, com o quadruple witching e o investidor fica de olho na nova medida do governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies