Menu
2020-03-07T08:19:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanço

Lucro da Hypera cresce 3% em 2019, para R$ 1,164 bilhão

Empresa que se tornou a maior farmacêutica do Brasil após compra do portfólio de remédios que inclui Neosaldina e Dramin projeta lucro maior em 2020

7 de março de 2020
8:19
remédio
Imagem: Shutterstock

Na semana em que anunciou a aquisição do portfólio de remédios que inclui Neosaldina e Dramin, por US$ 825 milhões (R$ 3,8 bilhões), a Hypera divulgou o resultados do quarto trimestre e de 2019.

No acumulado do ano passado, o lucro líquido da companhia farmacêutica teve alta de 3%, para R$ 1,164 bilhão. Mas nos últimos três meses de 2019, o resultado da Hypera foi de R$ 238,8 milhões, queda de 22,9%.

Com a aquisição anunciada na segunda-feira, a Hypera se tornou a maior empresa farmacêutica do Brasil.

Junto com o balanço, a companhia divulgou as projeções para 2020, com uma estimativa de lucro líquido de R$ 1,275 bilhão, o que representaria um crescimento de 9,5%.

Levando-se em conta somente as operações continuadas, a Hypera teve lucro de R$ 310 milhões no trimestre, queda de 20,4% na comparação anual. Em 2019, o lucro neste critério cresceu 4,7%, a R$ 1,189 bilhão.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas atingiu R$ 224,2 milhões no último trimestre de 2019, o que representa recuo de 31,7% em comparação aos R$ 328,3 milhões de 2018. Já em todo o ano, o indicador teve queda de 8,5%%, a R$ 1,206 bilhão.

A receita líquida da Hypera ficou praticamente estável entre outubro e dezembro, na comparação anual, ficando em R$ 928,6 milhões. No ano, as receitas acumuladas foram de R$ 3,294 bilhões, queda de 11,5% em relação a 2018.

O resultado financeiro da companhia foi positivo em R$ 3,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo o resultado negativo de R$ 1,9 milhão de um ano antes. No ano, o resultado foi positivo em R$ 14,4 milhões, ante número positivo em R$ 100 mil em 2018.

A Hypera fechou o ano passado com caixa líquido de R$ 216,3 milhões. A dívida bruta estava em R$ 1,41 bilhão em dezembro, e as disponibilidades de caixa somam R$ 2,246 bilhões. O caixa líquido já desconta o pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP), de R$ 612,2 milhões, mais um resultado não realizado de hedge de R$ 7,6 milhões.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

em Minas Gerais

Notre Dame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões

Aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais; mais cedo, companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País

forte expansão

Unidas reporta lucro líquido de R$ 124 milhões, alta de 44,4% e melhor da história

Empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação

desinvestimentos

Compass apresenta proposta para adquirir participação da Petrobras na Gaspetro

Empresa, que chegou a desistir de abrir capital, não revelou valor pela fatia; processo é mais um desinvestimento da Petrobras, que desembarca de vez da companhia

Dinheiro na conta

Santander pagará R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

O valor líquido por ação será de R$ 0,10859906709 por ON, com retenção de IR na fonte.

PLANOS

Agora parte do BTG, Necton vai em busca de pequenos investidores

Corretora pretende lançar iniciativas e produtos para a base dos investidores, para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 15 mil aportados no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies