Menu
2020-03-07T08:19:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Balanço

Lucro da Hypera cresce 3% em 2019, para R$ 1,164 bilhão

Empresa que se tornou a maior farmacêutica do Brasil após compra do portfólio de remédios que inclui Neosaldina e Dramin projeta lucro maior em 2020

7 de março de 2020
8:19
remédio
Imagem: Shutterstock

Na semana em que anunciou a aquisição do portfólio de remédios que inclui Neosaldina e Dramin, por US$ 825 milhões (R$ 3,8 bilhões), a Hypera divulgou o resultados do quarto trimestre e de 2019.

No acumulado do ano passado, o lucro líquido da companhia farmacêutica teve alta de 3%, para R$ 1,164 bilhão. Mas nos últimos três meses de 2019, o resultado da Hypera foi de R$ 238,8 milhões, queda de 22,9%.

Com a aquisição anunciada na segunda-feira, a Hypera se tornou a maior empresa farmacêutica do Brasil.

Junto com o balanço, a companhia divulgou as projeções para 2020, com uma estimativa de lucro líquido de R$ 1,275 bilhão, o que representaria um crescimento de 9,5%.

Levando-se em conta somente as operações continuadas, a Hypera teve lucro de R$ 310 milhões no trimestre, queda de 20,4% na comparação anual. Em 2019, o lucro neste critério cresceu 4,7%, a R$ 1,189 bilhão.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) das operações continuadas atingiu R$ 224,2 milhões no último trimestre de 2019, o que representa recuo de 31,7% em comparação aos R$ 328,3 milhões de 2018. Já em todo o ano, o indicador teve queda de 8,5%%, a R$ 1,206 bilhão.

A receita líquida da Hypera ficou praticamente estável entre outubro e dezembro, na comparação anual, ficando em R$ 928,6 milhões. No ano, as receitas acumuladas foram de R$ 3,294 bilhões, queda de 11,5% em relação a 2018.

O resultado financeiro da companhia foi positivo em R$ 3,6 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo o resultado negativo de R$ 1,9 milhão de um ano antes. No ano, o resultado foi positivo em R$ 14,4 milhões, ante número positivo em R$ 100 mil em 2018.

A Hypera fechou o ano passado com caixa líquido de R$ 216,3 milhões. A dívida bruta estava em R$ 1,41 bilhão em dezembro, e as disponibilidades de caixa somam R$ 2,246 bilhões. O caixa líquido já desconta o pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP), de R$ 612,2 milhões, mais um resultado não realizado de hedge de R$ 7,6 milhões.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

UM PORTO SEGURO PARA SEUS INVESTIMENTOS

A economia está morrendo… O que você pode fazer para se salvar?

A impressão de dinheiro nunca gerou prosperidade sustentável. A impressão de dinheiro sempre causou pobreza para os que trabalham por dinheiro. É por isso que eu sugiro que você compre…

coronavírus no brasil

Brasil passa da marca de 1,5 milhão de casos confirmados de covid-19

Do total de infectados até o momento, 868.372 já se recuperaram

ministro da Economia

Presidente está determinado a seguir em frente com reformas, diz Guedes

Guedes voltou a traçar um prognóstico positivo para a recuperação da atividade econômica após o momento mais dramático dos efeitos da pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Aqui, ali, em qualquer lugar

Os protestos surgiram logo no primeiro dia da quarentena aqui em casa. O André, meu filho mais velho, reclamou de tédio, e não demorou até ganhar a adesão da Helena. A situação se acalmou depois que a escola adotou as aulas virtuais. Mas com as férias a partir desta semana já começo a temer por novas “manifestações”. […]

gigante estatal

Petrobras aguarda autorização da ANP para avançar com diesel vegetal

A Petrobras está em fase final de desenvolvimento da tecnologia que permitirá a produção de óleo diesel de origem vegetal em suas refinarias, afirmou o diretor de Relacionamento Institucional da estatal, Roberto Ardenghy

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements