Menu
2020-07-22T07:06:43-03:00
Estadão Conteúdo
retomada

Latam Brasil vai aumentar operações em 50% em agosto e setembro

De acordo com a aérea, serão 244 voos por dia ao final de setembro, número ainda bem abaixo dos 750 voos diários operados em 2019

22 de julho de 2020
7:06
Avião da Latam
Imagem: Shutterstock

A Latam Brasil pretende aumentar as operações no mercado nacional em 50% em agosto e em setembro. De acordo com a aérea, serão 244 voos por dia ao final de setembro, número ainda bem abaixo dos 750 voos diários operados em 2019, mas acima dos 110 vistos em julho, o que mostra, segundo a empresa, um aumento de demanda, "ainda que tímido".

Serão reforçadas as operações em Guarulhos (SP) e Brasília, principais centros de conexão da Latam no País. Segundo a companhia, serão 300 cidades atendidas através do aeroporto de Guarulhos, com a adição de 37 destinos, e 200 a partir de Brasília, com mais 28 destinos.

"Ao mesmo tempo em que continuamos nossa reestruturação financeira e garantimos o compromisso do acesso a mais de R$ 12 bilhões pelo DIP (debtor-in-possession), sem a ajuda dos governos até o momento, a Latam Brasil volta a acelerar e aumenta sua oferta de voos", comentou através de nota o CEO da empresa no Brasil, Jerome Cadier.

No início de julho, a Latam Brasil entrou no processo de recuperação judicial do Grupo Latam nos Estados Unidos. Isso deu à empresa acesso a um empréstimo de US$ 2,4 bilhões concedido por acionistas da companhia e pela Oaktree Capital Management.

Além de retomar rotas nacionais, a Latam informa que os novos voos conectarão Guarulhos à rede internacional da empresa, com destinos como Lima, Nova York, México, Montevidéu, Buenos Aires e Assunção se somando a Lisboa, Madri, Frankfurt e Londres, entre outros.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Na contramão

Bolsa cai e dólar dispara depois de governo revelar como pretende financiar Renda Cidadã

Ibovespa abriu em alta, mas virou em meio à frustração dos investidores com o financiamento do programa que sucederá o Bolsa Família

em anúncio do renda cidadã

Guedes: Política dá o timing e desoneração está sendo estudada

No anúncio do novo programa social do presidente Jair Bolsonaro, o Renda Cidadã, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a proposta do governo foi feita com a busca da “verdade orçamentária”

oferta adiada

Cosan cancela IPO da subsidiária Compass com piores condições de mercado

Tempo fechado para IPO: Cosan cita deterioração de cenário para suspender oferta, que havia entrado em análise pela CVM em julho

novo programa

Governo anuncia proposta para Renda Cidadã, substituto do Bolsa Família

Proposta é usar os recursos de pagamento de precatórios e parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb)

NOVATA NA BOLSA

Subsidiária da Even, Melnick estreia na B3 com queda de mais de 1%

IPO movimentou R$ 713,6 milhões, com as ações sendo precificadas no piso da faixa indicativa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements