Menu
2020-03-18T10:04:33-03:00
Estadão Conteúdo
negócio acertado

Hypera fecha acordo de US$ 161 mi para venda à Eurofarma de produtos na AL

Empresa diz que a operação está sujeita à condições precedentes, o que inclui o acordo fechado com a Takeda

18 de março de 2020
10:04
remédio
Imagem: Shutterstock

A Hypera informou que celebrou acordo com o laboratório Eurofarma para a venda de um seleto portfólio de 12 medicamentos isentos e de prescrição na Argentina, Colômbia, Equador, México, Panamá e Peru por US$ 161 milhões.

Em fato relevante divulgado nesta quarta-feira, 18, a Hypera acrescentou que a operação está sujeita à condições precedentes, o que inclui o acordo fechado com a Takeda. No início do mês, a empresa fechou contrato de US$ 825 milhões para adquirir um portfólio de produtos com a companhia japonesa, que inclui remédios como Neosaldina e Dramin.

"A operação está alinhada com a estratégia da companhia de focar no mercado farmacêutico brasileiro", diz o comunicado da Hypera, que não detalha a lista dos medicamentos que serão transferidos à Eurofarma na América Latina.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies