Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-09T14:46:40-03:00
Estadão Conteúdo
Inovação

Gol usa inteligência artificial para tentar reduzir perdas por conta da pandemia

Enfrentando uma queda brusca da demanda por voos por conta da pandemia, a Gol aproveitou seu banco de dados para otimizar a ocupação das aeronaves

9 de novembro de 2020
14:46
Avião da companhia aérea, Gol
Imagem: Divulgação/Gol

Quem iria voar, quando havia medo até de abrir a porta de casa e respirar o ar da rua? O setor aéreo está no ranking dos mais prejudicados pela pandemia. As companhias viram a demanda por voos nacionais cair mais de 90% em abril e ainda hoje enfrentam queda de 60% no número de passageiros, na comparação com um ano atrás.

Para contornar o problema, empresas como a Gol tiveram de ser ágeis e buscar soluções imediatas. A empresa colheu frutos de investimentos tecnológicos, que sustentaram a ocupação das aeronaves perto de 80%, mesmo no auge da crise.

Foi com uma ameaça dessa dimensão que o setor aéreo esteve no topo do ranking dos que mais sofreram com a pandemia em todo o mundo. Enfrentando uma queda brusca da demanda por voos, a Gol aproveitou seu banco de dados para otimizar a ocupação das aeronaves.

Seu sistema de inteligência artificial fez com que o uso dos aviões ficasse perto de 80% mesmo em abril, o pior mês enfrentado pelo setor. No mundo, a taxa média de ocupação das aeronaves no segmento doméstico estava em 64,2% em agosto, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo.

Como as concorrentes, a companhia teve de deixar aviões no solo. Mas, os que voavam, estavam praticamente cheios. Mesmo assim, os custos de operação eram altíssimos - a área chegou a queimar R$ 6 milhões por dia, em abril. Porém, em um cenário tão dramático, sua realidade não era dramática.

Esse foi apenas um dos resultados conquistados pelo grupo diante dos investimentos em tecnologia e inovação. Em 2018, a empresa criou o Gol Labs, laboratório de inovações que tem governança separada da equipe de tecnologia da própria companhia.

O objetivo é alavancar a cultura de inovação em todas as áreas. "Os projetos precisam gerar satisfação do cliente, trazer receita ou reduzir custos", explicou Eduardo Bernardes, vice-presidente comercial e de marketing da Gol.

A pandemia acelerou, na prática, inovações que a empresa vinha buscando. Antes, entre 70% e 75% dos check-ins eram feitos pelos canais digitais. Na pandemia, o autoatendimento chegou a 90% em alguns aeroportos. A empresa trouxe ainda novas soluções para o período de crise, como o check-in via WhatsApp.

Monitores

Outra mudança adotada bem antes da pandemia deixou a empresa à frente das concorrentes. Em 2016, a Gol apostou que seus passageiros iriam preferir aproveitar o entretenimento a bordo em aparelhos pessoais, como notebooks, tablets e celulares.

Considerando o custo de manutenção dos equipamentos na aeronave e o peso extra, a aérea optou por não colocar monitores em seus aviões. Quem quisesse se distrair, teria de se conectar ao sistema Gol Online, que conta com canais de TV ao vivo, filmes, séries e pacotes de acesso à internet. Alguns serviços são pagos, outros não.

A companhia não divulga quanto fatura com o sistema, mas o Gol Online já foi acessado por 15 milhões de passageiros. Agora, para diminuir o risco de contaminação pelo coronavírus, as concorrentes tiveram de desligar suas telas. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

RadioCash

Para Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central, crescimento do PIB em 2022 será praticamente zero

Em entrevista ao podcast RadioCash, o economista deu sua opinião sobre a atual política monetária do BC, a situação do câmbio e afirmou que o cenário está difícil para reformas

MERCADOS HOJE

Ibovespa e bolsas globais colocam problemas com Evergrande de lado e buscam recuperação após tombo da véspera; dólar recua

A incerteza em torno dos problemas financeiros da gigante chinesa Evergrande persistem, mas as bolsas globais buscam recuperação após as perdas da véspera. Ibovespa monitora discurso de Bolsonaro na ONU

cautela nas alturas

O que mexe com o bitcoin (BTC) hoje: cautela antes da fala de presidente da CVM americana e Evergrande pressionam mercado de criptomoedas

Além disso, a cautela pré-Fed também deve limitar os ganhos. Enquanto isso, El Salvador segue comprando BTC e já acumula US$ 30 bi em criptomoedas

Acompanhe ao vivo

Moderado ou radical? Acompanhe o discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da 76ª Assembleia-Geral da ONU

Por tradição, discurso inaugural dos ‘debates’ cabe ao representante brasileiro

Novidade nos ares

Gol (GOLL4) assina acordo com Avolon para aquisição de 250 aeronaves eVTOL; previsão de início de operação é em 2025

Documento aponta que o contrato esta em linha com a estratégia da companhia em abrir rotas para mercados domésticos pouco atendidos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies