Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-11-12T08:24:22-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Energia

Eletrobras tem lucro líquido de R$ 96 milhões no terceiro trimestre, queda de 87%

Resultado foi impactado principalmente pela redução de receita de geração de energia

12 de novembro de 2020
8:24
privatização Eletrobras
Imagem: Shutterstock

A Eletrobras teve lucro líquido de R$ 96 milhões no terceiro trimestre de 2020, queda de 87% na comparação com os R$ 716 milhões apurados no mesmo intervalo de 2019.

De acordo com a estatal de energia, os resultados do trimestre foram impactados, principalmente, pela redução de receita de geração, no valor de R$ 866 milhões.

Essa redução refletiu, sobretudo, a provisão de desvio negativo de energia das Usinas Nucleares de Angra I e Angra II, no valor de R$ 216 milhões, referente à não geração de energia em comparação ao total de garantia física, ocasionada pela extensão da parada das duas usinas além do período previsto, ao ressarcimento por não atendimento de inflexibilidade da Usina Candiota III e ao término de contratos, em 2019, por parte de Furnas e Eletronorte.

O resultado também foi impactado pelo aumento de provisões contingenciais no valor de R$ 941 milhões, com destaque para R$ 377 milhões relativos a contingências judiciais.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 1,957 bilhão, baixa de 29% frente aos R$ 2,766 bilhões reportados no terceiro trimestre de 2019. A margem Ebitda caiu de 38% para 26% em um ano.

Já o Ebitda recorrente da estatal, que exclui custos extraordinários com planos de aposentadoria extraordinária (PAE) e demissão consensual (PDC), despesas com investigação independente, provisões para contingência e perdas em investimentos, contratos onerosos, impairment e outros efeitos, foi de R$ 3,202 bilhões, retração de 18% na mesma base de comparação.

Enquanto isso, a receita operacional líquida passou de R$ 7,320 bilhões no terceiro trimestre de 2019 para R$ 7,431 bilhões no mesmo trimestre deste ano, crescimento de 1,5%.

A receita operacional foi influenciada pelo efeito positivo da receita de transmissão, em razão da nova estimativa de recebimento da RAP (Receita Anual Permitida) RBNI (base incremental), devido à Revisão Tarifária Periódica 2018-2023, ocorrida em julho de 2020, com efeito retroativo a 2018, impactando positivamente o resultado em R$ 819 milhões.

Segundo a empresa, tal resultado em transmissão compensou, parcialmente, o resultado negativo em geração, fortemente impactado pelas inflexibilidades das Usinas Nucleares e de Candiota III e pela queda dos resultados de comercialização, embora tenha havido um aumento de R$ 123 milhões na receita de geração das usinas sob regime de cotas da Lei 12.783/2013, em razão do reajuste anual.

Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Clube do livro

Ajuste fiscal pode ser dolorido no início, mas é necessário; entenda mais no novo livro de Fabio Giambiagi, “Tudo sobre o déficit público”

Nova obra do economista do BNDES evidencia que atingir um equilíbrio orçamentário no país é essencial para o desenvolvimento em termos econômicos e sociais

em busca de recursos

AES Brasil (AESB3) aprova oferta pública e pode captar até R$ 1,8 bilhão

De acordo com a AES Brasil, o objetivo da oferta é acelerar seu plano de crescimento, com foco na diversificação do portfólio por meio de fontes complementares à hídrica, além de potencializar a criação de valor para os acionistas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies