Menu
2020-03-08T21:28:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
tombo da siderúrgica

CSN tem queda de 57% no lucro em 2019

A empresa teve queda na receita e no lucro no último trimestre do ano passado, impactada pelo menor volume de vendas no mercado externo

5 de março de 2020
8:32 - atualizado às 21:28
Instalações da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) na cidade de Volta Redonda
Imagem: Marcos Arcoverde/Estadão Conteúdo

O grupo siderúrgico CSN registrou lucro líquido de R$ 2,245 bilhões em 2019, um número 57% menor que o apurado no ano anterior. Analistas ouvidos pela Bloomberg esperavam que a cifra ajustada chegasse a R$ 1,866 bilhão.

No quarto trimestre, houve uma queda de 36% no lucro, para R$ 1,134 bilhão, ao passo que a receita foi de R$ 3,349 milhões — 11% inferior ao mesmo período do ano anterior. O resultado foi em parte consequência do menor volume de vendas no mercado externo e dos preços estáveis nos mercados interno e externo.

Segundo a CSN, em 2019 a receita líquida da área Siderúrgica chegou a R$ 13,949 milhões, 11% inferior ao ano anterior. A companhia foi impactada pela queda nas vendas externas e pela venda da subsidiária em Terra Haute, Indiana.

A receita líquida de vendas da companhia subiu 8% no último trimestre do ano, para R$ 6,524 bilhões, puxada pelo mercado externo, que cresceu 22%. Já as vendas domésticas caíram 7% (para R$ 2,76 bilhões). No ano, as receitas somaram R$ 25,436 bilhões, numa alta de 11%.

Ainda no ano passado, o custo dos produtos vendidos subiu 3% em relação a 2018, devido principalmente à queda momentânea de produtividade com a reforma do Alto Forno 3.

A CSN também foi impactada pela demanda por aço na China e a perspectiva de déficit da balança do minério de ferro — ambos produziram efeito positivo nos preços do produto.

Quanto ao endividamento, a siderúrgica informou que o indicador foi afetado pela variação cambial e pela distribuição de R$ 1,9 bilhão em dividendos.

Veja os principais números da CSN em 2019

  • Lucro líquido ajustado: R$ 2,245 bilhões (↓57%)
  • Receita líquida: R$ 25,436 bilhões (↑11%)
  • Ebitda ajustado: R$ 7,251 bilhões (↑24%)
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Ouça o que bombou na semana

Podcast Touros e Ursos: passado o furacão, é hora de conhecer os estragos

O podcast desta semana fala da primeira leva de dados econômicos a englobar os impactos do coronavírus, além do balanço dos investimentos em março

Pior ainda

‘Estamos em recessão, bem pior do que a crise financeira de 2008’, diz diretora do FMI

Diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva afirmou que a recessão global decorrente do coronavírus já é uma realidade e que será “bem pior” que a crise financeira de 2008/2009

Carta aos cotistas

Gestora Legacy está comprada em ouro e vem aumentando posição em ações americanas

Em carta, gestora diz que acredita que economia americana é a mais apta a se recuperar da crise com rapidez; ouro é alternativa em meio a deterioração fiscal e monetária das moedas

Datafolha

Aprovação de Bolsonaro cai a 33% e do Ministério da Saúde dispara a 76%, diz Datafolha

Pesquisa do Datafolha divulgada nesta sexta-feira, 3, mostra que a aprovação dos brasileiros ao Ministério da Saúde, liderado por Luiz Henrique Mandetta, subiu 21 pontos percentuais (p.p), de 55% na pesquisa anterior

bolso afetado

Para 50%, coronavírus causou impacto na situação financeira pessoal, diz pesquisa

Proporção de pessoas que considera que suas dívidas vão aumentar ou aumentar muito disparou de 25% para 45%

fatia maior para o motorista

Senado eleva rendimento de motorista de aplicativo até outubro

Alteração obriga empresas como Uber, Cabify e 99 a reduzirem em ao menos 15% o valor retido nas corridas

em busca de soluções

Magazine Luiza, GPA e outras empresas promovem movimento #NãoDemita

Grandes bancos, fabricantes de alimentos, empresas de tecnologia, saúde e investimentos estão endossando uma campanha para evitar a demissão

perspectivas

Economia volta à retomada no 2º semestre, diz economista-chefe do Bradesco

Para Fernando Honorato Barbosa, o setor de serviços será o último a se recuperar

Reprovação aumenta

Governo Bolsonaro tem 42% de avaliação ‘ruim’ ou ‘péssima’ em abril, diz pesquisa

É o maior nível de avaliações ruins ou péssimas desde o início do mandato, mas ainda estável no limite da margem de erro

Virada de mão

“Vai faltar real para comprar dólar no preço atual”, diz Márcio Appel, da Adam Capital

Depois de ganhar dinheiro com a desvalorização cambial, gestor deixou de apostar na alta do dólar contra o real e avalia comprar a moeda brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements